Cafeinado

Na corrida para a vacinação contra a covid-19, o Brasil ainda nem largou – veja o ranking

08/01/2021_

Café com Jornalista – Uma boa e uma má notícia. A boa: Levantamento do site Our World in Data, divulgado na manhã desta sexta (8), informa que 17,3 milhões de vacinas contra a covid-19 já foram aplicadas em todo o mundo. A má-notícia: nessa corrida pela vida, o Brasil nem sequer largou.

Infográfico do site Bem Estar, com dados do Our World in Data

Líder

Os Estados Unidos são o primeiro do ranking, com 5,9 milhões de vacinados, menos de 2% de toda sua população. Considerando a proporção, o verdadeiro líder na corrida pela imunização é Israel, com quase 1,7 milhão de pessoas vacinadas, o que equivale a 19,6% da população. O pódio da vida também tem Emirados Árabes (9%) e Barein (4,3%).

Brasil

Segundo o levantamento, ao menos 47 países já iniciaram a vacinação, mas o país verde-amarelo, governado por um presidente negacionaista, não vacinou um único cidadão, num cenário de centenas de novas mortes por covid-19 a cada 24 horas. Os poucos brasileiros vacinados, de que se tem notícia, são profissionais da saúde morando em...

Continue lendo...


Esta coluna é assinada pelo jornalista Luiz Fernando Cardoso, editor do Café com Jornalista. Clique aqui ou na imagem acima para ler mais publicações da coluna Cafeinado. Leia ainda publicações com algumas das tags mais populares do blog: Bolsonaro, Dilma, Doria, Ulisses Maia, Câmara, Eleições 2020, covid-19, vacina.



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição.


Um comentário:

  1. Muito sugestiva a frase do escritor e jornalista inglês Eric Arthur Blair, mais conhecido pelo pseudônimo George Orwell, que é inserida na abertura deste blog “Café com Jornalista”: “Jornalismo é publicar aquilo que alguém não quer que publique. Todo o resto é publicidade”.
    Sugestiva para analisarmos que o Jornalismo se transformou.
    Quando meu saudoso pai, o jornalista Baddini Netto, chegou em Maringá, no início dos anos 70, para ser o editor-chefe do jornal O Diário do Norte do Paraná (que funcionava na avenida Tuiuti onde atualmente está instalada a rodoviária), a cidade afora jornalismo e política, com nomes como Renato Bernardi, Walter Guimarães, Adriano Valente, João Paulino Vieira Filho.
    A redação de O Diário era cotidianamente visitada por políticos, intelectuais de todos os pensamentos ideológicos, que iam literalmente tomar café com jornalista. As notícias chegavam de forma tête-à-tête. Naquele tempo as redações de jornais eram ponto de encontro onde a notícia fervilhava.
    Muito cedo, em 1978, com então 14 anos de idade, já presenciei esse período de um jornalismo maringaense forte, ético e respeitado, onde a notícia era tratada mesmo como matéria-prima e não como mercadoria.
    E não é no O Diário que esse verdadeiro jornalismo existiu, mas também no O Jornal, hoje Jornal do Povo, nas emissoras de TV, nos programas de rádio AM, com programas de sensacional repercussão.
    Mas, infelizmente, meu caro Fernando, as coisas mudaram, e o Jornalismo se tornou no “todo resto” da frase de George Orwell. Por isso, espero que os bons tempos voltem e todos desejem tomar “Café com Jornalista”. Mas com verdadeiros jornalista, como você. Siga em frente!

    ResponderExcluir