Cafeinado

Quarta-feira quente em Maringá

16/09/2020_

A quarta-feira (16) foi quente em Maringá. Segundo os principais institutos de meteorologia, as máximas foram de: 30°C (Climatempo), 34°C (Simepar), 33,5°C (Inmet), 33°C (Weather Channel). No entanto, o clima esquentou também no meio político, com o mandado de busca e apreensão no escritório do deputado federal Ricardo Barros (PP), no centro da cidade.

Deputado federal Ricardo Barros – Foto: Reprodução/Jornal Hoje/TV Globo
O mandado foi cumprido pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público, em ação apoiada pela Polícia Civil. A investigação apura denúncias de lavagem de dinheiro e corrupção no ramo de energia eólica, com operação desencadeada com base em colaboração premiada da Operação Lava Jato – entenda o motivo da operação aqui

Para o meio político, a maior pergunta não é se Ricardo Barros cometeu ou não algum ilícito, mas se a operação tem potencial ou não para prejudicar candidatos apoiados pelo ex-ministro da Saúde e atual líder do governo Bolsonaro na Câmara. Não é demais lembrar que as eleições ocorrerão daqui a apenas 60 dias. Perdas eleitorais ou não dependerão dos...

Continue lendo...



Clique na imagem acima para ler mais publicações da coluna Cafeinado. Leia ainda publicações com as tags: Bolsonaro, Dilma, Doria, Ulisses Maia.



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição.


Um comentário:

  1. Muito sugestiva a frase do escritor e jornalista inglês Eric Arthur Blair, mais conhecido pelo pseudônimo George Orwell, que é inserida na abertura deste blog “Café com Jornalista”: “Jornalismo é publicar aquilo que alguém não quer que publique. Todo o resto é publicidade”.
    Sugestiva para analisarmos que o Jornalismo se transformou.
    Quando meu saudoso pai, o jornalista Baddini Netto, chegou em Maringá, no início dos anos 70, para ser o editor-chefe do jornal O Diário do Norte do Paraná (que funcionava na avenida Tuiuti onde atualmente está instalada a rodoviária), a cidade afora jornalismo e política, com nomes como Renato Bernardi, Walter Guimarães, Adriano Valente, João Paulino Vieira Filho.
    A redação de O Diário era cotidianamente visitada por políticos, intelectuais de todos os pensamentos ideológicos, que iam literalmente tomar café com jornalista. As notícias chegavam de forma tête-à-tête. Naquele tempo as redações de jornais eram ponto de encontro onde a notícia fervilhava.
    Muito cedo, em 1978, com então 14 anos de idade, já presenciei esse período de um jornalismo maringaense forte, ético e respeitado, onde a notícia era tratada mesmo como matéria-prima e não como mercadoria.
    E não é no O Diário que esse verdadeiro jornalismo existiu, mas também no O Jornal, hoje Jornal do Povo, nas emissoras de TV, nos programas de rádio AM, com programas de sensacional repercussão.
    Mas, infelizmente, meu caro Fernando, as coisas mudaram, e o Jornalismo se tornou no “todo resto” da frase de George Orwell. Por isso, espero que os bons tempos voltem e todos desejem tomar “Café com Jornalista”. Mas com verdadeiros jornalista, como você. Siga em frente!

    ResponderExcluir