"Jornalismo é publicar aquilo que alguém não quer que se publique. Todo o resto é publicidade" George Orwell

sexta-feira, 8 de janeiro de 2021

Cafeinado: Na corrida para a vacinação contra a covid-19, o Brasil ainda nem largou – veja o ranking

08/01/2021_

Café com Jornalista – Uma boa e uma má notícia. A boa: Levantamento do site Our World in Data, divulgado na manhã desta sexta (8), informa que 17,3 milhões de vacinas contra a covid-19 já foram aplicadas em todo o mundo. A má-notícia: nessa corrida pela vida, o Brasil nem sequer largou.

Infográfico do site Bem Estar, com dados do Our World in Data

Líder

Os Estados Unidos são o primeiro do ranking, com 5,9 milhões de vacinados, menos de 2% de toda sua população. Considerando a proporção, o verdadeiro líder na corrida pela imunização é Israel, com quase 1,7 milhão de pessoas vacinadas, o que equivale a 19,6% da população. O pódio da vida também tem Emirados Árabes (9%) e Barein (4,3%).

Brasil

Segundo o levantamento, ao menos 47 países já iniciaram a vacinação, mas o país verde-amarelo, governado por um presidente negacionaista, não vacinou um único cidadão, num cenário de centenas de novas mortes por covid-19 a cada 24 horas. Os poucos brasileiros vacinados, de que se tem notícia, são profissionais da saúde morando em outros países, como o Reino Unido.


Vergonha

Os países da América Latina que já estão vacinando são Argentina, Chile, Costa Rica e México, todos governados por presidentes que – por pressuposto – estão conseguindo governar. Por aqui, não se surpreenda se a vacina chegar sem que tenhamos seringas e agulhas suficientes.   

Ciro Gomes

Do ex-ministro, presidenciável em 2018, no Twitter: "Governo Bolsonaro teve pressa em comprar cloroquina superfaturada, levou quase 6 meses para publicar edital para aquisição de seringas e agora suspendeu a compra "até que os preços voltem à normalidade". Seringas e vacinas salvarão vidas que Bolsonaro insiste em condenar à morte!"  

Meme

Dispensa comentários

Perdas

O coronavírus "trabalha" 24 horas por dia. Sem a vacina, as perdas para a covid-19 prosseguem. Entre as vítimas, morreram nesta sexta (8) da doença a ex-primeira-dama Yvone Pimentel, 89 anos, esposa do ex-governador Paulo Pimentel; e o ex-vereador de Maringá José Maria Bernardelli, 78. Em todo o país, foram registrados 1.379 óbitos pela covid-19 em 24 horas, o maior número desde 8 de agosto.

Vacina

O consolo, em meio a tantas notícias desanimadoras, são as informações recentes de que as vacinas produzidas pelo Butantan e pela Fiocruz avançaram. Até mesmo a Bolsa de Valores teve alta recorde esta semana. Motivo: a volta à normalidade e o fim da crise dependem da vacina.


Novidades

Nos próximos dias, os leitores vão começar a ver algumas novidades aqui no Café, entre elas alterações na identidade visual do blog. A charge do colunista (abaixo), adotada na assinatura da coluna, é apenas um exemplo. Que tal?


Apoie o Café

Para ajudar o blog a crescer, não deixe de dar uma olhadinha no Café todo dia. Curta a página no Face, siga o blog no Twitter, compartilhe as postagens que gostar com amigos e se inscreva para receber notícias no WhatsApp. Parece pouco, mas pode ter certeza, ajuda muito!

Mais lida

A matéria sobre a condenção da vereadora Cris Lauer (PSD) foi a mais lida do Café, esta semana. Pelas ofensas a uma funcionária da Prefeitura de Maringá, o juiz do caso ordenou o pagamento de R$ 2.000 por danos morais. Cris informou que vai recorrer (entenda o caso aqui). 


Leia também



Esta coluna é assinada pelo jornalista Luiz Fernando Cardoso, editor do Café com Jornalista. Clique aqui ou na imagem acima para ler mais publicações da coluna Cafeinado. Leia ainda publicações com algumas das tags mais populares do blog: Bolsonaro, Dilma, Doria, Ulisses Maia, Câmara, Eleições 2020, covid-19, vacina.

>>> Eleições 2020

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição. 


Anvisa recebe pedido do Butantan para uso emergencial da Coronavac

08/01/2021_

Café com Jornalista – O avanço das vacinas contra a covid-19 tem elevado as expectativas pela volta à normalidade. Nesta sexta (8), mais uma etapa importante rumo ao início da imunização em massa da população foi superada, com o recebimento pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) do pedido de autorização para uso emergencial da Coronavac.

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
A solicitação foi feita pelo Instituto Butantan, que produz a vacina no Brasil em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac. O resultado dos estudos clínicos, divulgado na quinta (7), revelou que a Coronavac tem eficácia de 78% a 100%

A meta da Anvisa é fazer a análise do uso emergencial em até dez dias, descontando eventual tempo que o processo possa ficar pendente de informações, a serem apresentadas pelo laboratório. Todos esperam por uma celeridade no processo, pois a covid-19 segue causando centenas de mortes por dia no Brasil.

Segundo a Agência Brasil, o Ministério da Saúde anunciou a assinatura de contrato com o Instituto Butantan para adquirir até 100 milhões de doses da CoronaVac para este ano. O governo federal já anunciou esforços para a aquisição de outras vacinas.


>>> Eleições 2020

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição. 

De R$ 3.657 a quase R$ 14 mil, saiba quanto ganham os CCs da Prefeitura de Maringá

 08/01/2021_

Café com Jornalista – Depois de definir praticamente todo o primeiro escalão, o prefeito Ulisses Maia (PSD) segue, agora, nomeando o segundo e o terceiro escalão. Há a expectativa de que, nesses cargos, o número de mulheres seja um pouco maior que o do secretariado – por conta de uma promessa feita na campanha.

Secretários municipais de Maringá recebem R$ 13.966,08
Secretários municipais de Maringá recebem R$ 13.966,08 – Imagem: Freepik
Em meio às notícias sobre fulano que entra e ciclano que deixa o governo, muitas pessoas se perguntam: quanto ganham os cargos comissionados (CCs) da Prefeitura de Maringá? E o gasto com esses profissionais não concursados, vai aumentar no segundo mandato de Ulisses?


Sobre os subsídios (popularmente chamados de salários), os secretários municipais recebem mensalmente o valor bruto de R$ 13.966,08 – mesmo valor do vice-prefeito. O subsídio foi reajustado em 4,3% em março de 2020, na data-base dos servidores municipais.

Os demais CCs recebem, por mês, os seguintes vencimentos, conforme divulgado primeiramente pelo blog do Rigon:

I – SUP 1: R$ 8.881,68;
II – DAS1: R$ 8.301,19;
III – DAS2: R$ 7.256,28;
IV – DAS3: R$ 6.211,38;
V – GAS1: R$ 5.282,56;
VI – GAS2: R$ 4.469,87;
VII – GAS3: R$ 3.657,16.  

Para quem não está familiarizado com as diglas, "SUP1" é o cargo e superintendente. Com a reforma administrativa de Ulisses, aprovada em dezembro pela Câmara, todo secretário terá um superintendente em sua equipe.


Esse superintendente das secretarias não deve ser confundido com os superintendentes da administração indireta (aeroporto, por exemplo), que nesses casos têm status de secretário. 

A sigla DAS corresponde a cargos de diretoria e a GAS, de gerência. São três níveis salariais para diretores e para gerentes. Há ainda as funções gratificadas (FGs) – também de chefia, equivalente aos CCs –, as quais são ocupadas por servidores de carreira (veja aqui os valores pagos).

Compromisso

Nas campanhas eleitorais, Ulisses se comprometeu a não aumentar o número de CCs nem os gastos com os comissionados. Recentemente, em entrevista à rádio CBN, o prefeito reafirmou esse compromisso. 


Segundo Ulisses, apesar de o primeiro escalão ter sido ampliado, a reforma administrativa não representará aumento de gastos com CCs. O líder do Executivo lembrou que, ao assumir como prefeito, em 2017, reduziu o número de CCs de 450 para no máximo 150. Os FGs não entram nessa conta. 


 Ulisses assina compromisso de destinar 50% dos cargos do 1º e 2º escalão às mulheres

>>> Eleições 2020

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição.