segunda-feira, 8 de março de 2021

Artigo: Amo ser mulher

08/03/2021_

Por Vera Nogueira* – O 8 de março, Dia Internacional da Mulher, foi instituído nos Estados Unidos, em 1975. Para se chegar a esse dia, muitas lutas e greves ocorreram. Um desses fatos foi a greve das trabalhadoras de uma indústria têxtil nos EUA. Elas morreram trancadas e queimadas em uma fábrica.

Mensagem do Sindaen no Dia Internacional da Mulher
Mensagem do Sindaen no Dia Internacional da Mulher
As lutas seguiram, no século 20, por direitos trabalhistas e direito ao voto. Em pleno século 21, a luta continuou por respeito à dignidade feminina, igualdade de direitos, fim da violência contra a mulher, presença da mulher na política e onde ela quiser.

No auge da pandemia, a mulher levanta a voz por "vacina já para todos e todas, auxílio emergencial no mínimo R$ 600, solidariedade,  empregos, defesa das estatais, redução dos preços dos combustíveis, gás de cozinha e dos alimentos...". É a defesa da vida! Este é o mais triste 8 de março. Luta e luto. 

Consagramos as conquistas das mulheres e buscamos, juntas, muitas forças para avançar, vencer tantas mortes, que conscientes, precisa a luta fazer "cair" o atual presidente do Brasil.

Viva as mulheres: indígenas, mães solos, negras, brancas, amarelas, pobres, LGBTI+, de todas as idades,  raças, condições sociais, do campo e da cidade.

Orfeu & Violeta: E outras histórias lá de Pato Branco. Autor: Luiz Fernando Cardoso
Orfeu & Violeta: E outras histórias lá de Pato Branco – clique para ler! 
Formada em Administração de Empresas pela Unipar e Especialista em Políticas Públicas pela Unicamp, Vera Lucia Pedroso Nogueira é concursada na Sanepar e secretária geral da CUT Paraná. Ela está na coordenação da Frente Brasil Popular Regional Maringá.



>>> Sobre o Café
>>> Sobre o Jornalista
>>> Cafeinado
>>> Maringá
>>> Política
>>> Economia
>>> Geral
>>> Entrevistas
>>> Artigos
>>> Imprensa

* Os artigos não refletem, necessariamente, a opinião do Café com Jornalista, que os reproduz em exercício da atividade jornalística e amparado pela liberdade de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição. 

0 comentário(s):

Postar um comentário

Editor

Minha foto
Graduado em Jornalismo e pós-graduado em Jornalismo Digital, o editor do Café com Jornalista tem 20 anos de experiência na profissão. Especialista na cobertura de política, o jornalista trabalhou nos jornais Diário do Sudoeste, Jornal de Beltrão, Diário do Norte, O Diário de Maringá e Notícias do Dia, onde foi editor-chefe. Foi estagiário na Deutsche Welle (DW), em Bonn (Alemanha), e colaborador da Folha de S.Paulo e Gazeta do Povo. É escritor autor de três e-books: Orfeu e Violeta, Quero Café! e Nas Curvas de Maringá (pesquise na Amazon). Siga no Twitter: @LF_jornalista