segunda-feira, 1 de fevereiro de 2021

Sinttromar insiste em reunião com Ulisses Maia sobre transporte coletivo

01/02/2021_

Das assessorias – Dirigentes do Sindicato dos Motoristas Rodoviários de Maringá (Sinttromar) protocolaram no Paço Municipal, sexta-feira (29), mais um pedido de reunião com o prefeito Ulisses Maia (PSD). O objetivo é dar continuidade à negociação coletiva dos trabalhadores do transporte público de Maringá, urbano e metropolitano.

A data-base de 2021 se aproxima e a de 2020 ainda não foi concluída. Segundo a entidade, essa situação expõe os funcionários das empresas TCCC (transporte urbano) e Cidade Verde (metropolitano) a uma situação trabalhista de insegurança.

Reunião do prefeito Ulisses Maia com o Sinttromar e as empresas TCCC e Cidade Verde, em outubro de 2020 – Foto: Arquivo/Sinttromar
O documento lembra que a categoria, apesar do risco de contágio pela covid-19, "não se furtou de operar o sistema de transporte público". A categoria, acrescenta o ofício, contribuiu para o equilíbrio do sistema empresarial ao aderir às medidas de flexibilização instituídas pelo Programa de Proteção do Emprego e Renda do governo federal.


Assinado pelo presidente Ronaldo José da Silva, o ofício lembra que, em setembro de 2020, uma greve foi necessária para cobrar a reposição do reajuste salarial e a renovação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT). A reivindicação principal é a manutenção de direitos, entre os quais está a renovação da Participação nos Lucros e Resultados (PLR).

"Os trabalhadores decidiram em conjunto com o sindicato, como voto de confiança nas empresas e no poder público, para que se alcance uma solução ao litígio sem a necessidade de paralisação como protesto da categoria", diz trecho do documento.
Na reunião, o sindicato buscará uma posição do prefeito diante do cenário atual. Por um lado, TCCC e Cidade Verde apontam um desequilíbrio contratual, solicitando ajuda emergencial frente à queda no número de passageiros. Por outro lado, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) informou não ser viável a antecipação de bilhetes de passagens, proposta esta sugerida pelas empresas como forma de solucionar o dissídio. Também há o anseio por novidades sobre uma possível ajuda do governo do Estado, que já ajuda no subsídio do transporte coletivo de Curitiba.


Segundo o Sinttromar, a reunião é necessária para se discutir saídas que levem ao fim do processo negocial da data-base de 2020, assegurando os direitos dos trabalhadores. "É importante afinarmos nossa conversa em prol de uma solução. Os trabalhadores andam ansiosos e preocupados", comentou o vice-presidente do Sinttromar,  Emerson Viana Silva, em mensagem a Ulisses.

A mensagem de Viana foi enviada após o sindicato tomar conhecimento, via Jornal do Povo, de que o prefeito havia se reunido com os empresários do transporte coletivo. Ulisses confirmou o recebimento do ofício e disse que, nesta semana que se inicia, a reunião será agendada.




>>> Eleições 2020

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição. 

Merece:

0 comentário(s):

Postar um comentário

Editor

Minha foto
Graduado em Jornalismo e pós-graduado em Jornalismo Digital, o editor do Café com Jornalista tem 20 anos de experiência na profissão. Especialista na cobertura de política, o jornalista trabalhou nos jornais Diário do Sudoeste, Jornal de Beltrão, Diário do Norte, O Diário de Maringá e Notícias do Dia, onde foi editor-chefe. Foi estagiário na Deutsche Welle (DW), em Bonn (Alemanha), e colaborador da Folha de S.Paulo e Gazeta do Povo. É escritor autor de três e-books: Orfeu e Violeta, Quero Café! e Nas Curvas de Maringá (pesquise na Amazon). Siga no Twitter: @LF_jornalista