segunda-feira, 8 de fevereiro de 2021

Motoristas paralisam transporte coletivo por atraso salarial; prefeito fala em rescisão de contrato

08/02/2021_

Café com Jornalista – O atraso no pagamento dos salários levou os funcionários do transporte coletivo a cruzarem os braços e o prefeito Ulisses Maia (PSD) a falar em rescisão de contrato com a TCCC, empresa que opera o serviço na cidade. A mensagem do prefeito foi publicada nas redes sociais, no domingo (7).

"Faremos notificação para rescisão do contrato de concessão. Entendo que dificuldades financeiras por conta da pandemia muitas empresas têm (...). Porém, nem por isso deixaram de pagar salário ou pressionaram os trabalhadores para pedir que a Prefeitura resolva, quando a obrigação é da empresa", comentou Ulisses, em dois tuítes.
Nesta segunda (8), o Terminal Intermodal de Maringá amanheceu vazio, com 100% do transporte urbano e metropolitano parado. Os trabalhadores não aceitaram efetuar o serviço sem o pagamento integral do salário de janeiro. A informação é de que apenas 50% do vencimento caiu na conta dos funcionários. A empresa fala em parcelar o restante.

Entrevista coletiva no Paço Municipal – Foto: PMM
Gerente administrativo da TCCC, Roberto Jacomelli diz que a empresa formalizou junto à Prefeitura, em 1º de fevereiro, pedido de ressarcimento das perdas decorrentes da pandemia, sob a alegação de um prejuízo de R$ 24 milhões. "As empresas não têm responsabilidade sobre isso e o poder concedente [Prefeitura], sim. Ele é o dono do serviço. Existe uma obrigatoriedade do poder concedente de fazer essa recomposição", disse Jacomelli, em entrevista à rádio CBN.

Ulisses convocou entrevista coletiva para a manhã de hoje (8), no Paço Municipal, para discutir o assunto. No entendimento da Procuradoria Geral do Município, a Prefeitura não tem compromisso com a indenização cobrada pela TCCC.  

"É um serviço de longa duração. A empresa já tem dez anos de operação na cidade, e tem outros dez anos pela frente. Então, entendemos que uma boa gestão financeira pode resolver um ano de grande excepcionalidade como este", disse o secretário de Inovação, Aceleração Econômica, Turismo e Comunicação, Marcos Cordiolli, em entrevista à CBN.
Cordiolli acrescentou que a rescisão ainda "não está no nosso horizonte". Segundo ele, a empresa foi notificada a justificar a situação financeira atual, comprovando ter capacidade de honrar o contrato firmado com o município. A administração também cobrou a manutenção de ao menos 30% da frota em circulação.

Ulisses não participou da entrevista coletiva. Ele está em Curitiba, onde se reuniu com o governador Ratinho Juniior (PSD). Em abril de 2020, o prefeito disse que o município contrataria outra empresa para operar o transporte coletivo, caso a TCCC não tivesse condições de manter o serviço.




>>> Eleições 2020

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição. 


0 comentário(s):

Postar um comentário

Editor

Minha foto
Graduado em Jornalismo e pós-graduado em Jornalismo Digital, o editor do Café com Jornalista tem 20 anos de experiência na profissão. Especialista na cobertura de política, o jornalista trabalhou nos jornais Diário do Sudoeste, Jornal de Beltrão, Diário do Norte, O Diário de Maringá e Notícias do Dia, onde foi editor-chefe. Foi estagiário na Deutsche Welle (DW), em Bonn (Alemanha), e colaborador da Folha de S.Paulo e Gazeta do Povo. É escritor autor de três e-books: Orfeu e Violeta, Quero Café! e Nas Curvas de Maringá (pesquise na Amazon). Siga no Twitter: @LF_jornalista