segunda-feira, 1 de fevereiro de 2021

Manifestações contra o desgoverno federal pedem impeachment e 'vacina já'

01/02/2021_

Café com Jornalista – O último dia de janeiro foi marcado por carreatas, buzinaços e bicicletaços (evitando-se as aglomerações das passeatas) pelo impeachment do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). As manifestações de domingo (31) também pediram pela vacina para todos e pela prorrogação do auxílio emergencial. 

Manifestação em Brasília criticou a postura do governo federal na pandemia. Em Manaus, pacientes morreram asfixiados por falta de oxigênio – Foto: Ricardo Stuckert/Brasil de Fato
O negacionismo de Bolsonaro, o descaso do governo federal frente aos impactos da pandemia – que já causou mais de 220 mil mortes no Brasil – e o atraso no plano nacional de vacinação pautaram as manifestações deste domingo. As mortes por asfixia em Manaus, por falta de oxigênio foram lembradas. 


Em Curitiba, segundo o Brasil de Fato, mais de mil carros estiveram nas ruas da cidade a partir das 16h. Cartazes pedindo "Vacina Já" e "Fora Bolsonaro" também ganharam as ruas de Fortaleza e Salvador. Em São Paulo, a manifestação reuniu milhares de carros e bicicletas na região do Estágio do Pacaembu.


Em Brasília (DF), um grupo realizou uma performance artística na Praça dos Três Poderes, segundo relato do Brasil de Fato. "Com jalecos e sacos de plásticos cobrindo as cabeças, a apresentação fez referências às vítimas de covid-19 que faleceram em Manaus, devido à falta de oxigênio nos hospitais públicos", diz trecho da matéria.

Levantamento da Frente Brasil Popular e da Frente Povo Sem Medo, manifestações ocorreram em pelo menos 26 cidades do país. Os atos pró-impeachment ganharam as ruas de 17 capitais: Belém, Porto Velho, Maceió, Salvador, Fortaleza, São Luís, João Pessoa, Teresina, Natal, Aracaju, Campo Grande, Brasília, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo, Curitiba e Porto Alegre.

Em Maringá, o buzinaço contra o governo Bolsonaro teve faixas pró-vacina e pelo impeachment. Segundo o Hoje Mais, a carreata, que partiu do antigo aeroporto e passou por vários bairros da cidade, chegou a formar uma fila de mais de dois quilômetros. 


 De R$ 3.657 a quase R$ 14 mil, saiba quanto ganham os CCs da Prefeitura


>>> Eleições 2020

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição. 
Merece:

0 comentário(s):

Postar um comentário

Editor

Minha foto
Graduado em Jornalismo e pós-graduado em Jornalismo Digital, o editor do Café com Jornalista tem 20 anos de experiência na profissão. Especialista na cobertura de política, o jornalista trabalhou nos jornais Diário do Sudoeste, Jornal de Beltrão, Diário do Norte, O Diário de Maringá e Notícias do Dia, onde foi editor-chefe. Foi estagiário na Deutsche Welle (DW), em Bonn (Alemanha), e colaborador da Folha de S.Paulo e Gazeta do Povo. É escritor autor de três e-books: Orfeu e Violeta, Quero Café! e Nas Curvas de Maringá (pesquise na Amazon). Siga no Twitter: @LF_jornalista