sexta-feira, 1 de janeiro de 2021

Ulisses Maia na posse: 'reeleição credencia a população a exigir ainda mais de seu governante'

01/01/2021_

Café com Jornalista – Há quem diga que a população deu um "cheque em branco" a Ulisses Maia (PSD), ao reelegê-lo com folga no primeiro turno. Para o prefeito de Maringá, no entanto, "a reeleição credencia a população a exigir ainda mais de seu governante". 

O prefeito Ulisses Maia com o vereador Mário Hossokawa no momento do juramento – Fotos: Marquinhos Oliveira/CMM
A frase foi dita por Ulisses em seu discurso de posse, na solenidade que também empossou o vice-prefeito reeleito Edson Scabora (MDB). Realizada na tarde desta sexta-feira (1º), a sessão foi conduzida pelo vereador Mário Hossokawa (PP) – que, horas antes, havia sido reeleito presidente da Câmara de Maringá.


O prefeito disse que se dedicará para atender às expectativas dos maringaenses. Uma expectativa que, aliás, foi elevada. Nas eleições de novembro, Ulisses obteve 103.010 votos (56,9% dos válidos), um aumento de 83,4% na comparação com o primeiro turno de 2016.

"Para quem busca a reeleição, o voto depositado nas urnas é devido ao que fizemos até aqui. Quase 60% dos eleitores entenderam que nosso compromisso com a transparência é modelo a ser seguido e mantido", disse Ulisses.
Na fala acima, Ulisses apresentou vários números e conquistas de sua gestão. Uma das ações destacadas pelo líder do Executivo foi a criação do Programa Juro Zero, que ajudará pequenos e microempreendedores a partir deste ano, num difícil momento de retomada da economia após a crise causada pela pandemia do novo coronavírus (covid-19).


Sobre a pandemia, Hossokawa parabenizou Ulisses pelo equilíbrio entre a preservação da vida – o que incluiu medidas impopulares, como o fechamento do comércio – e a manutenção da economia local. Segundo o vereador, as decisões tomadas por Ulisses foram vistas como acertadas pelo maringaense, em vista do resultado das urnas.

"Vossa excelência teve o reconhecimento da população, tendo ampla margem de votos na eleição em primeiro turno. Isso foi sinal de reconhecimento", disse Hossokawa. 
Em razão da pandemia, a sessão solene foi acompanhada in loco apenas por profissionais de imprensa que haviam se cadastrado previamente e por um pequeno número de convidados. No plenário, foi disponibilizado apenas lugar a cada três assentos e, mesmo assim, sobraram lugares.


A testagem da temperatura dos convidados foi realizada e álcool em gel foi disponibilizado. Todos usaram máscara. Agendada para as 17 horas, a sessão solene teve um pequeno atraso, durando pouco mais de uma hora. O Café esteve presente.

Livro Orfeu & Violeta. Amazon. Luiz Fernando Cardoso. Café com Jornalista

>>> Eleições 2020

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição. 


0 comentário(s):

Postar um comentário

Editor

Minha foto
Graduado em Jornalismo e pós-graduado em Jornalismo Digital, o editor do Café com Jornalista tem 20 anos de experiência na profissão. Especialista na cobertura de política, o jornalista trabalhou nos jornais Diário do Sudoeste, Jornal de Beltrão, Diário do Norte, O Diário de Maringá e Notícias do Dia, onde foi editor-chefe. Foi estagiário na Deutsche Welle (DW), em Bonn (Alemanha), e colaborador da Folha de S.Paulo e Gazeta do Povo. É escritor autor de três e-books: Orfeu e Violeta, Quero Café! e Nas Curvas de Maringá (pesquise na Amazon). Siga no Twitter: @LF_jornalista