quinta-feira, 14 de janeiro de 2021

Pazuello define 'Dia D' e 'Hora H' do início da vacinação contra covid-19: será em 20 de janeiro, às 10h

14/01/2021_

Café com Jornalista – Em reunião com prefeitos de todo o país, na manhã desta quinta (14), o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, informou que a vacinação contra a covid-19 começará na próxima quarta (20), às 10 horas. A afirmação foi feita em encontro virtual com a Frente Nacional de Prefeitos.

Ulisses Maia na reunião com o ministro Pazuello
Ulisses Maia na reunião com o ministro Pazuello – Fotos: Divulgação
Segundo apurou a Folha de S.Paulo, cerca de 130 prefeitos participaram da reunião. A previsão do governo federal é de que a imunização comece com 8 milhões de doses importadas, sendo 6 milhões pelo Instituto Butantan e 2 milhões pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) que, respectivamente, trabalham com as vacinas Coronavac e Astrazeneca.


A confirmação da data apresentada por Pazuello, no entanto, depende da aprovação do uso emergencial das duas vacinas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Segundo o ministro, essa decisão deve sair até domingo (17). 


A data e o horário ainda não foram confirmadas oficialmente pelo governo federal, mas detalhes da reunião foram divulgados por prefeitos de várias cidades, entre eles o de Maringá, Ulisses Maia (PSD). 

"Pessoal, a vacinação contra o coronavírus vai começar na próxima quarta, 20, em todo Brasil de forma simultânea. A confirmação foi feita agora, em reunião on-line com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, e a Frente Nacional de Prefeitos (FNP)", escreveu Ulisses nas redes sociais.
Segundo Ulisses, as primeiras doses serão destinadas a profissionais da saúde, idosos de asilos e indígenas aldeados. Na reunião, o prefeito de Maringá soliciou a inclusão dos profissionais da educação na primeira fase da vacinação – o pedido havia sido feito ao prefeito pela Fessmuc, na terça (12), por meio de ofício.

Prefeitos também reivindicaram a possibilidade de os municípios adquirirem vacinas, o que por enquanto não está permitido. Em entrevistas à imprensa local, Ulisses reafirmou que Maringá tem "R$100 milhões reservados [para a compra dos imunizantes] e toda estrutura pública preparada".


Dia D

Recentemente, Pazuello foi alvo de críticas e virou motivo de piada nas redes sociais ao dizer que a imunização contra a covid-19 no Brasil começaria "no dia D" e "na hora H". Não faltaram memes sobre o assunto. Abaixo, alguns deles:





 Novo decreto: cinemas reabrem em Maringá após quase dez meses

>>> Eleições 2020

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição. 

Merece:

0 comentário(s):

Postar um comentário