terça-feira, 19 de janeiro de 2021

No histórico dia do início da vacinação, Paraná supera marca de 9.000 mortes por covid-19

19/01/2021_

Café com Jornalista – Num dia histórico, marcado pelo início da vacinação contra a covid-19, nem tudo foi alegria. De acordo com o boletim da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), divulgado nesta terça-feira (19), o Paraná ultrapassou a marca de 9.000 mortes decorrentes da doença causada pelo novo coronavírus.

Casos (amarelo) e óbitos (vermelho) pela covid-19 no Paraná. Quando mais escuro o mapa, pior o cenário
Casos (amarelo) e óbitos (vermelho) pela covid-19 no Paraná. Quando mais escuro o mapa, pior o cenário – Imagem: Boletim da Sesa em 19/01/2021
Dos 504.605 diagnósticos confirmados da covid-19 desde o início da pandemia, 9.060 pessoas morreram. São vítimas que viveram a expectativa pelo início da vacinação, mas que não tiveram a sorte de serem imunizadas antes do contato com o vírus.


De acordo com a Agência Estadual de Notícias, o boletim desta terça da Sesa traz o registro de 87 novos óbitos pela covid-19, sendo 56 homens e 31 mulheres. Apenas em Curitiba foram 16 mortes. 

O Estado tem 1.284 pacientes com covid-19 em leitos SUS (607 em UTI e 677 em enfermaria) e  317 em na rede particular (130 em UTI e 187  em enfermaria). Outros 1.242 pacientes internados (490 em UTI e 752 em enfermaria), que aguardam resultados de exames, com suspeita de covid-19.

Primeira vacina

A enfermeira Lucimar Josiane de Oliveira, 44 anos, foi a primeira pessoa vacinada contra a covid-19 no Paraná. A cerimônia, realizada na noite de segunda-feira (18), ocorreu no Complexo Hospitalar do Trabalhador, em Curitiba. Leia mais aqui.

Em Maringá, nesta terça (19), a técnica de enfermagem Ana Paula de Oliveira Machado foi a primeira pessoa vacinada na cidade. No primeiro dia de campanha, outras 155 pessoas foram imunizadas, segundo informação da Secretaria Municipal de Saúde. Maringá teve três novos óbitos pela covid-19.  




>>> Eleições 2020

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição. 

Merece:

0 comentário(s):

Postar um comentário

Editor

Minha foto
Graduado em Jornalismo e pós-graduado em Jornalismo Digital, o editor do Café com Jornalista tem 20 anos de experiência na profissão. Especialista na cobertura de política, o jornalista trabalhou nos jornais Diário do Sudoeste, Jornal de Beltrão, Diário do Norte, O Diário de Maringá e Notícias do Dia, onde foi editor-chefe. Foi estagiário na Deutsche Welle (DW), em Bonn (Alemanha), e colaborador da Folha de S.Paulo e Gazeta do Povo. É escritor autor de três e-books: Orfeu e Violeta, Quero Café! e Nas Curvas de Maringá (pesquise na Amazon). Siga no Twitter: @LF_jornalista