terça-feira, 12 de janeiro de 2021

Fessmuc pede vacinação dos profissionais da Educação antes da volta às aulas na rede municipal

12/01/2021_

Café com Jornalista – A Federação dos Sindicados dos Servidores Municipais Cutistas do Paraná (Fessmuc) requer que trabalhadores das escolas municipais e dos centros municipais de educação infantil (CMEIs) de Maringá sejam vacinados contra a covid-19 antes da volta às aulas. O ofício foi protocolado pela entidade, nesta terça (12), no Paço Municipal.

O chefe de Gabinete, Domingos Trevisan, com a representante da Fessmuc Iraídes Baptistoni – Foto: Valter Baptistoni/Divulgação
Além do protocolo, a secretária de Finanças da Fessmuc, Iraídes Baptistoni, reuniu-se com o chefe de Gabinete, Domingos Trevisan, para tratar do assunto. Uma cópia do documento também foi entregue à Secretaria de Educação de Maringá (Seduc). No entendimento da federação, os profissionais da educação devem ser incluídos no grupo prioritário na campanha de imunização, ao lado dos servidores da saúde. 

"Não há meios de retorno de qualquer atividade presencial, mesmo que parcialmente e de forma gradativa, sem que todos os profissionais da educação estejam completamente imunes ao covid-19", diz trecho do documento da Fessmuc, assinado por Iraídes.
A inclusão dos servidores da educação no grupo prioritário ocorreu em alguns países que já iniciaram a vacinação contra a covid-19, como é o caso da Alemanha. Essa medida permitiria, diz o ofício da Fessmuc, "o retorno às aulas presenciais de forma segura e efetiva".


Segundo matéria publicada no site da Prefeitura, a rede municipal deve acompanhar o calendário estadual, retomando as aulas em 18 de fevereiro. Ainda não está claro, porém, se o município seguirá as mesmas regras do Estado. Reuniões têm sido realizadas pela Seduc para tratar dos protocolos de prevenção a serem adotados.


Após a definião dos protocolos, os planos da Seduc passarão por análise da Secretaria de Saúde. "A capacidade da sala de aula será de no máximo 50% da ocupação normal", informou a comunicação da Prefeitura. 

Ainda segundo a matéria, a decisão pela volta ou não dos alunos às atividades será dos pais ou responsáveis. "Caso a opção seja que os alunos não retornem às aulas presenciais, não receberão falta e poderão continuar acompanhando os conteúdos de forma remota, ou seja, permanecendo em suas casas", informa o governo municipal.


Para a Fessmuc, essas tratativas – com a possibilidade de retomada das aulas antes mesmo do início da vacinação – são temerárias. A preocupação é pertinente. O número de casos segue em alta e pessoas continuam morrendo de covid-19. 

De acordo com o boletim divulgado nesta terça, Maringá teve 350 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas. Foram registrados mais dos óbitos, sendo as vítimas duas mulheres, de 66 e 69 anos, ambas com comorbidades. Leia mais no Rigon.




>>> Eleições 2020

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição. 


0 comentário(s):

Postar um comentário

Editor

Minha foto
Graduado em Jornalismo e pós-graduado em Jornalismo Digital, o editor do Café com Jornalista tem 20 anos de experiência na profissão. Especialista na cobertura de política, o jornalista trabalhou nos jornais Diário do Sudoeste, Jornal de Beltrão, Diário do Norte, O Diário de Maringá e Notícias do Dia, onde foi editor-chefe. Foi estagiário na Deutsche Welle (DW), em Bonn (Alemanha), e colaborador da Folha de S.Paulo e Gazeta do Povo. É escritor autor de três e-books: Orfeu e Violeta, Quero Café! e Nas Curvas de Maringá (pesquise na Amazon). Siga no Twitter: @LF_jornalista