quinta-feira, 7 de janeiro de 2021

Temos vacina! Coronavac tem eficácia de 78% a 100%, aponta estudo clínico

07/01/2021_

Café com Jornalista – Produzida pelo Instituto Butantan, em parceria com a biofarmacêutica chinesa Sinovac, a Coronavac atingiu índice de eficácia de 100% para casos graves e moderados da covid-19 e de 78% contra casos leves da doença respiratória causada pelo coronavírus. É o que aponta estudo clínico divulgado pelo governo de São Paulo, nesta quita (7).

O governador de São Paulo, João Doria, e o diretor do Butantan, Dimas Covas, no anúncio a eficácia de até 100% da Coronavac
O governador de São Paulo, João Doria, e o diretor do Butantan, Dimas Covas, no anúncio a eficácia de até 100% da Coronavac – Reprodução
Realizado pelo Butantan em oito Estados brasileiros, o estudo clínico contou com a participação de 12,4 mil profissionais da saúde, todos voluntários, em 16 centros de pesquisa. Entre os imunizados que, ao longo dos testes, contraíram o vírus, nenhum apresentou caso grave ou moderado da doença nem precisou de internação.


Ou seja, a cada cem vacinados com a Coronavac, 78 ficaram imunes ao vírus e 22 tiveram – aí sim – não mais que "uma gripezinha!". Essa é a vacina que vários Estados e cidades do país, entre as quais está Maringá, preparam-se para adquirir, em caso de inércia do governo federal.  

"Hoje é um dia muito importante para o Brasil, os brasileiros, a saúde e a vida. A vacina do Instituto Butantan tem eficácia de 78% a 100% contra a Covid-19, apontam os estudos no Brasil. Quero agradecer os pesquisadores, médicos e cientistas que ajudaram e contribuíram para encontrarmos este grande resultado", comentou o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), em coletiva de imprensa.
Com a conclusão do estudo clínico e a divulgação dos resultados, o Butantan deu início, nesta quinta, à solicitação do registro emergencial da vacina junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Segundo Doria, o objetivo é iniciar a vacinação em São Paulo no dia 25 de janeiro.

"A vacina mostrou 100% de eficácia contra casos graves e moderados. Não houve nenhum caso grave de covid-19 entre os voluntários imunizados com a vacina do Butantan", explicou o diretor do instituto, Dimas Tadeu Covas.
Em novembro, a renomada revista científica Lancet publicou os resultados de segurança da Coronavac nas fases 1 e 2, realizados na China, com 744 voluntários. A publicação mostrou que a vacina é segura e tem capacidade de produzir resposta imune em 97% dos casos, no prazo de até 28 dias após a aplicação.


Até a publicação desta matéria, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ainda não havia se manifestado sobre o resultado dos estudos clínicos da Coronavac.


>>> Eleições 2020

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição. 

Merece:

0 comentário(s):

Postar um comentário