segunda-feira, 11 de janeiro de 2021

Com 'desastre financeiro grande', cinemas reabrem em Maringá após quase dez meses

11/01/2021_

Café com Jornalista – A Prefeitura de Maringá publicou, nesta segunda (11), novo decreto com medidas referentes à pandemia do novo coronavírus (covid-19). A principal delas é a permissão para que os cinemas retomem as atividades, com restrições. O Decreto 195/2021 – válido até 26 de janeiro – entrou em vigor com a publicação das novas regras no Órgão Oficial do Município (OOM).

Cineflix no Shopping Maringá Park
A reabertura dos cinemas ocorre após quase dez meses de fechamento ininterrupto das salas. "Ficamos fechados desde 19 de março", lembra Gilmar Leal Santos, principal empresário do ramo em Maringá. "Foi um desastre financeiro bem grande", acrescenta.

Para a alegria dos cinéfilos, o funcionamento está autorizado das 10h às 22h30. No entanto, o novo decreto limita em 50% a capacidade de público nas salas, além de estabelecer critérios como o distanciamento entre poltronas e escala de saída em casa sessão. Maringá possui salas de cinema nos principais shopping centers.


"Felizmente, nós mantivemos o nosso quadro de funcionários graças a ações do governo federal, que nos permitiu suspender os contratos de trabalho, o que foi muito importante. De qualquer maneira, tínhamos e temos outros compromissos que são os custos fixos", conta Leal Santos.
O empresário diz que a decisão pelo lockdown, no início da pandemia, era compreensível, pois não se sabia ao certo os riscos envolvidos. No entanto, Leal reclama da ampla espera pela reabertura dos cinemas, enquanto outros segmentos – com risco de contágio pela covid-19 igual ou maior – já haviam retomado as atividades. 

"O cinema é praticamente o último setor da economia que está sendo liberado, isso depois de permitir jogos de futebol e outros esportes coletivos, e eventos com mais de 150 pessoas. Então, não concordamos com isso", diz o empresário.
Segundo Leal, Maringá foi uma das últimas cidades do país a autorizar a volta dos telões. Há casos de em que a atividade foi retomada, como ocorreu em Manaus, sendo novamente suspensa com o novo pico da covid-19.


Outras medidas

O novo decreto libera também as visitações aos parques do Ingá, do Japão e Alfredo Nyfeller. Segundo o prefeito Ulisses Maia (PSD, "as decisões são baseadas nas recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e seguem o Decreto Estadual 6.599/2021". O decreto considerou ainda os indicadores locais da pandemia e o diálogo com representantes de entidades.

Pelas novas regras, ficam proibidas as realizações de festas, eventos, confraternizações, churrascos e afins com mais de 25 pessoas, excluindo-se da soma as crianças com menos de 14 anos, de acordo com o Decreto Estadual 6.599/2021. A duração das festas será de, no máximo, 8 horas consecutivas, de segunda a domingo, de 8h às 22h30.

Nas atividades comerciais, valem os seguintes horários:

  • Comércio de rua, galerias e centros comerciais: segunda a sexta, das 8h às 18h, e aos sábados das 9h às 13h;
  • Shopping centers: segunda a sábado, das 10h às 22h, e aos domingos das 14h às 20h;
  • Bares, restaurantes, lanchonetes, carrinhos de cachorro quente e food trucks: segunda a domingo, das 6h às 22h30, inclusive atendimento de buffets no sistema self service (sem restrição de venda e consumo de bebidas alcoólicas no local);
  • Serviços de delivery: diariamente, até as 22h30;
  • Padarias e panificadoras: segunda a domingo, das 6h às 22h30;
  • Supermercados, mercados, mercearias, açougues, quitandas e lojas de conveniências: segunda a domingo, das 8h às 22h (sem restrição de venda de bebidas alcoólicas).
Ficam proibidas as colocações de mesas, cadeiras, banquetas e similares ou atendimento de clientes nas calcadas de todos os estabelecimentos, sendo permitido, porém, som ambiente, TVs e música ao vivo. Pistas de dança seguem restritas. 


Na prestação de serviços, valem os seguintes horários:

Prestadores de serviços: segunda a sábado, das 8h às 18h;
Academias de ginástica, escolas de natação, pilates, lutas, dança, crossfit e similares: segunda a sexta, das 6h às 22h, e aos sábados das 6h às 18h; 
Salões de beleza e barbearias: segunda a sábado, das 8h às 19h;

Os templos religiosos podem realizar cerimônias presenciais de segunda a domingo, com até 50% da capacidade do local. Ficam liberados os serviços de alimentação presencial nas feiras livres, seguindo protocolos de prevenção. Ficam liberadas as atividades com brinquedos em espaços infantis desde que garantida a higienização após cada uso.

 Leia notícias sobre Fake News no Café

>>> Eleições 2020

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição. 

Merece:

0 comentário(s):

Postar um comentário