"Jornalismo é publicar aquilo que alguém não quer que se publique. Todo o resto é publicidade" George Orwell

segunda-feira, 28 de dezembro de 2020

Repasses do Nota Paraná a entidades da Região Metropolitana de Maringá somam R$ 18 milhões

28/12/2020_

Café com Jornalista – O programa Nota Paraná já repassou R$ 17.994.129,21 a entidades beneficentes da Região Metropolitana de Maringá (RMM). A soma corresponde ao período de junho de 2016 a dezembro de 2020, segundo dados da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefa).

O levantamento exclusivo foi publicado no jornal O Maringá, no domingo (27), em matéria assinada pelo editor do Café.

Clique para ampliar – Infográfico: Luiz Fernando Cardoso
Criado para incentivar o consumidor a pedir nota fiscal e para combater a sonegação, o Nota Paraná tem sido importante fonte de recursos para entidades beneficentes, em meio à maior crise econômica em um século. Apenas entre janeiro e dezembro, as 101 instituições da RMM cadastradas no Nota Paraná receberam – entre créditos e prêmios – R$ 3,8 milhões.




O valor de 2020 corresponde a 21% do total de R$ 18 milhões destinados às entidades. Coordenadora do programa, a auditora fiscal Marta Gambini explica que parte dos repasses às entidades é proveniente das notas fiscais doadas pelos consumidores. 

"A conscientização da população da importância de pedir a nota fiscal tem feito grande diferente para as entidades. Neste ano de pandemia, de grandes dificuldades com a redução de doações financeiras, a doação da nota fiscal tem colaborado muito com as entidades", diz Marta. 



O programa já devolveu aos consumidores paranaenses (e visitantes cadastrados de outros Estados) R$ 2,23 bilhões. De acordo com a Sefa, apenas em 2020 foram liberados R$ 187,7 milhões. Desse total, R$ 132 milhões correspondem a créditos e R$ 55,7 milhões, a prêmios. 

Além dos sorteios mensais de R$ 5 milhões – divididos entre R$ 2,8 milhões para consumidores e R$ 2,2 milhões para entidades sem fins lucrativos –, outro benefício do programa é a devolução de crédito pelo cálculo de até 30% do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) recolhido por algumas empresas. Esse recurso é dividido entre o consumidor que coloca o CPF na nota e as entidades que recebem doações de notas.

 Crônica: Um novo jornal impresso para Maringá

Fim de Ano com Café

Uma série de matérias do Café com Jornalista, com votos de um feliz 2021, sem coronavírus e com muita alegria, paz, amor e dinheiro no bolso. Com agradecimento especial aos apoiadores do Café, os quais têm suas mensagens de fim de ano publicadas nas matérias.  

>>> Eleições 2020

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição.