"Jornalismo é publicar aquilo que alguém não quer que se publique. Todo o resto é publicidade" George Orwell

domingo, 20 de dezembro de 2020

Em eleição atrasada por apagão, Dr. Furlan é eleito prefeito de Macapá

 20/12/2020_

Café com Jornalista, com Agência Brasil – Estão concluídas as eleições municipais 2020. Neste domingo (20), Dr. Furlan (Cidadania) foi eleito prefeito de Macapá com 55,67% dos votos válidos. No segundo turno, ele venceu Josiel Alcolumbre (DEM) – irmão do presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM) –, que conquistou 44,33%.

Dr. Furlan é eleito prefeito de Macapá
Apuração do segundo turno em Macapá
De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Furlan somou 101.091 votos, 20.592 a mais que seu adversário. Candidato da pela coligação "De Coração por Macapá" (Cidadania / MDB / PMN), o prefeito eleito tem 47 anos de idade e é médico. Ele declarou um total de R$ 2,3 milhões em bens.
 
O segundo turno das eleições em Macapá ocorre com atraso por causa do apagão de energia elétrica ocorrido no Amapá, em novembro. O primeiro turno havia sido realizado em 6 de dezembro. A cidade é a última do país a escolher o seu prefeito nas Eleições 2020.


Livro Orfeu & Violeta. Amazon. Luiz Fernando Cardoso. Café com Jornalista

>>> Eleições 2020

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição. 

Câmara de Maringá aprova adequações no orçamento e reformas da Previdência e administrativa na última sessão de 2020

 20/12/2020_

Café com Jornalista, com CMM – Em clima de despedida – alguns vereadores não estarão na próxima legislatura –, a Câmara de Maringá votou no sábado (19), em sessão extraordinária, três projetos de lei em segunda discussão e dois em terceira discussão. De autoria do Executivo, os itens da pauta precisavam ser votados antes da virada do ano. 

Vereadores de Maringá na última sessão do ano.
Vereadores de Maringá na última sessão do ano – Foto: Marquinhos Oliveira/CMM
Em segunda discussão, foram aprovados os projetos que adequam a Lei Orçamentária Anual (LOA) 2021, o Plano Plurianual (PPA) 2018/2021 e a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) 2021 à reforma administrativa enviada ao Legislativo pelo prefeito reeleito Ulisses Maia (PSD). As adequações orçamentárias foram aprovadas por unanimidade. 


Em terceira discussão, também por unanimidade, foram aprovados os projetos da reforma da Previdência dos servidores da Prefeitura de Maringá e das alterações no Estatuto dos Servidores Públicos Municipais. A principal alteração é o aumento da alíquota da contribuição previdenciária dos servidores de 11% para 14%, incluindo inativos e pensionistas. 

Segundo matéria da Câmara, também em terceira discussão, foi aprovado, com 10 votos favoráveis, o projeto de lei complementar 2031/2020, que dispõe sobre a estrutura administrativa da administração direta do poder Executivo do município de Maringá. Dos 15 vereadores, 13 participaram da sessão.

"Entre as mudanças está a criação da Secretaria Municipal de Compliance e Controle (Compliance), Secretaria Municipal de Assuntos Metropolitanos e Institucionais (Ametro), Secretaria Municipal de Inovação, Aceleração Econômica, Turismo e Comunicação (Siacom) e Secretaria Municipal da Juventude e Cidadania (Sejuc)", diz trecho da matéria da Câmara. 


A atual Semusp será dividida em Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinfra) e Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Selurb). A próxima atividade oficial dos vereadores será a posse, a ser realizada no primeiro dia do ano.

Livro Orfeu & Violeta. Amazon. Luiz Fernando Cardoso. Café com Jornalista

>>> Eleições 2020

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição. 

Mais Mulheres No Poder: Eleição para Semulher tem seis candidatas

20/12/2020_

Café com Jornalista – O Movimento Mais Mulheres No Poder (MMNP) apresentou o nome das candidatas que disputarão, em eleição interna, o cargo de secretária municipal de Políticas Públicas para as Mulheres (Semulher). A lista foi divulgada no blog do movimento, na noite deste sábado (19).

Candidatas do MMNP para o comando da Semulher
Candidatas do MMNP para o comando da Semulher – Fotos: Divulgação
São seis candidatas ao cargo, com remuneração mensal de R$ 13.966,08: Alana Marquezini (PSD), Cristiane Tazinafo (PTC), Evelin Cavalini (Pode), Rose Leonel (Pode), Terezinha Pereira (PP) e Vera Lopes (PSD). Eleição será nesta segunda (21), em reunião do movimento.


Todas foram candidatas nas eleições deste ano. Cristiane concorreu como vice de Annibal Bianchini (PTC), que somou 1.005 votos (0,55% dos válidos na majoritária). As demais concorreram a vereadora, sendo Evelin e Vera as mais votadas entre as cinco, com 760 e 753 votos, respectivamente. A menos votada foi Terezinha, com 159 apoios nas urnas.

O MMNP ganhou do prefeito Ulisses Maia (PSD), recentemente, o direito de indicar a secretária da pasta. Para a escolha, foi estabelecido um colégio eleitoral formado por cinco voluntárias e pelas 72 candidatas a vereadora ligadas ao movimento – que, juntas, somaram 27.695 votos nas eleições municipais deste ano.


A esse colegiado caberá a decisão de escolher o nome a ser indicado ao prefeito para comandar a Semulher. "Ninguém falou em lista em nenhum momento. Nos foi pedido a indicação de um nome, que será escolhido pelo movimento pelo maior número de votos", disse a vereadora eleita Professora Ana Lucia (PDT), sobre rumores de que Ulisses poderia escolher a partir de uma lista tríplice.

Só o começo

Uma das principais lideranças do MMNP, Ana Lucia classifica a indicação para a Semulher como um avanço. Contudo, para a professora da Universidade Estadual de Maringá (UEM), isso ainda não é o suficiente.


Na campanha, Ulisses assinou uma Carta Compromisso do MMNP, comprometendo-se a nomear mulheres para 50% dos cargos do primeiro e segundo escalão da Prefeitura de Maringá. Outro compromisso assumido pelo prefeito, sem ressalvas, foi a destinação de 4% do orçamento do município para políticas públicas de enfrentamento à violência contra a mulher.

A carta foi entregue a todos os prefeituráveis, sendo que a maioria se comprometeu com as reivindicações. Agora, segundo Ana Lucia, o MMNP não abrirá mão do cumprimento daquilo que foi acordado na campanha. A Semulher, diz ela, entrará para o cálculo dos 50%. 


Livro Orfeu & Violeta. Amazon. Luiz Fernando Cardoso. Café com Jornalista

>>> Eleições 2020

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição.