"Jornalismo é publicar aquilo que alguém não quer que se publique. Todo o resto é publicidade" George Orwell

sexta-feira, 18 de dezembro de 2020

'Não abriremos mão dos 50% de mulheres no 1º e 2º escalão do governo Ulisses', diz Professora Ana Lucia

18/12/2020_

Café com Jornalista – O Movimento Mais Mulheres No Poder (MMNP) conquistou, recentemente, o direito de indicar a nova secretária municipal de Políticas Públicas para as Mulheres (Semulher). A decisão do prefeito Ulisses Maia (PSD) é considerada um avanço pela vereadora eleita Professora Ana Lucia (PDT). Contudo, segundo ela, isso ainda não é o suficiente.

Ulisses Maia na assinatura da Carta Compromisso do Movimento Mais Mulheres No Poder, durante a campanha eleitoral – Foto: Divulgação
Uma das principais lideranças do MMNP, Ana Lucia disse ao Café que o movimento seguirá cobrando do prefeito de Maringá a ocupação de 50% dos cargos do primeiro e segundo escalão por mulheres. Outra reivindicação é a destinação de 4% do orçamento do município para políticas públicas de enfrentamento à violência contra a mulher.


Durante a campanha eleitoral, essas duas pautas constaram da Carta Compromisso do Movimento Mais Mulheres no Poder, que foi entregue a todos os prefeituráveis. Ulisses assinou o documento, em 13 de outubro, sem fazer qualquer ressalva às reivindicações do movimento. 

"Essa é a nossa pauta da qual não abriremos mão enquanto não se cumprir. Ter dado a indicação de uma secretaria ao movimento significa o reconhecimento do movimento, e essa secretária entrará na estatística dos 50%. Estamos no caminho certo", disse Ana Lucia.

Semulher

Em reunião virtual, realizada na quarta (16), articuladoras do MMNP, representantes de partido e voluntárias deliberaram sobre os critérios de indicação para a Semulher. O movimento decidiu que a escolha será resultado de uma votação interna, a ser realizada na segunda (21).

Em Maringá, secretários municipais recebem subsídio mensal de R$ 13.966,08 (mesmo valor pago ao vice-prefeito). A remuneração do secretário(a) é quase 13 vezes maior do que o salário mínimo aprovado para 2021. Para esse cargo muito bem remunerado poderão ser votadas:

  1. Integrantes do Movimento MMNP que tenham sido candidatas nas eleições 2020;
  2. Aquelas que tiverem histórico/engajamento/vivência em políticas públicas para mulheres (seja governamental ou de sociedade civil);
  3. Aquelas que tenham vivência/conhecimento em gestão pública;
  4. Aquelas que estiverem presentes na votação virtual a ser realizada em 21 de dezembro, às 20h30, via GoogleMeet.
Em seu blog, o MMNP divulgou pormenores sobre a eleição. Veja os detalhes aqui

Candidatas

Segundo apuração do jornalista Angelo Rigon, oito integrantes do MMNP estariam na disputa pelo cargo: Terezinha Pereira (PP), ex-secretária da Mulher; Alana Marquezini (PSD); Vera Lopes (PSD); Latife Ammar (Rede); Rose Leonel (Podemos); Cris Tazinato (PTC); Evelin Cavalini (Podemos); e Diretora Ednéia (PTB). 


Livro Orfeu & Violeta. Amazon. Luiz Fernando Cardoso. Café com Jornalista

>>> Eleições 2020

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição. 

Agência do Trabalhador de Maringá oferece 373 vagas de emprego

18/12/2020_

Café com Jornalista – A partir desta semana, o Café passa a publicar as ofertas de emprego divulgadas pela Agência do Trabalhador de Maringá. As vagas também podem ser consultadas, a qualquer momento, no site Emprega Brasil.

Foto: Freepik
No relatório divulgado nesta sexta (18), são ao todo 373 vagas, entre regulares e para pessoas com deficiência (PCD).

Vagas regulares

  • Montador de equipamentos elétricos    30
  • Auxiliar de limpeza 27
  • Analista de desenvolvimento de sistemas 26
  • Soldador 25
  • Enfermeiro 23
  • Ajudante de carga e descarga de mercadoria 20
  • Eletricista de instalações 20
  • Empacotador, a mão 20
  • Operador de processo de produção 16
  • Vendedor pracista 12
  • Operador de máquina de dobrar chapas 11
  • Mecânico de manutenção de máquina industrial 10
  • Pintor de alvenaria 10
  • Técnico de enfermagem 09
  • Caldeireiro montador 07
  • Costureira em geral 06
  • Montador 06
  • Motorista de caminhão 05
  • Eletricista de instalações de veículos automotores 04
  • Farmacêutico 04
  • Vendedor interno 04
  • Auxiliar de pizzaiolo 03
  • Assistente de compras 02
  • Auxiliar contábil 02
  • Auxiliar de escritório 02
  • Auxiliar de linha de produção 02
  • Comprador 02
  • Conferente de carga e descarga 02
  • Conferente mercadoria (exceto carga e descarga) 02
  • Contador 02
  • Cozinheiro industrial 02
  • Mecânico de manutenção de caminhão a diesel 02
  • Oficial de manutenção predial 02
  • Operador de empilhadeira 02
  • Operador de pá carregadeira 02
  • Padeiro 02
  • Pintor industrial 02
  • Serralheiro 02
  • Técnico de refrigeração (instalação) 02
  • Ajudante de serralheiro 01
  • Analista contábil 01
  • Analista de marketing 01
  • Auxiliar de escrituração fiscal 01
  • Auxiliar de mecânico de autos 01
  • Auxiliar financeiro 01
  • Auxiliar técnico de montagem 01
  • Auxiliar técnico de refrigeração 01
  • Caldeireiro (chapas de ferro e aço) 01
  • Caseiro 01
  • Chefe de serviço de limpeza 01
  • Eletricista 01
  • Ferramenteiro 01
  • Leiturista 01
  • Mecânico de auto em geral 01
  • Mecânico de bicicletas 01
  • Mecânico de manutenção de máquinas de costura 01
  • Mecânico de suspensão 01
  • Montador de estruturas metálicas 01
  • Motorista carreteiro 01
  • Motorista entregador 01
  • Operador de centro de usinagem com comando numérico 01
  • Operador de ponte rolante 01
  • Pintor de automóveis 01
  • Recepcionista atendente 01
  • Técnico de impressora 01
  • Técnico eletrônico 01
  • Técnico em eletromecânica 01
  • Técnico em saúde bucal 01
  • Vendedor de serviços 01
  • Vigia noturno 01
  • Zelador 01
Total: 364 vagas

Vagas para PCD

  • Analista de sistemas junior (php ou java) 01
  • Assistente administrativo 01
  • Assistente de vendas 01
  • Auxiliar de crédito 01
  • Professor de engenharia 01
  • Professor de prática de ensino superior – gastronomia 01
  • Servente de obras 01
  • Supervisor pedagógico – farmácia ou biomedicina 01
  • Supervisor pedagógico – pedagogia 01
Total: 9 vagas


>>> Eleições 2020

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição. 

Câmara de Maringá vota em segunda discussão Programa Juro Zero para microempresas

18/12/2020_

Café com Jornalista, com CMM – A Câmara Municipal vota em segunda discussão, às 18 horas desta sexta (18), projeto de lei que institui o Programa Maringá Juro Zero. Na sessão extraordinária de quinta (17), os vereadores haviam aprovado a proposta com 13 votos favoráveis.

O líder do prefeito na Câmara, Alex Chaves (MDB)
Líder do prefeito na Câmara, Alex Chaves (MDB) fez a defesa dos projetos de autoria do Executivo – Foto: Marquinhos Oliveira/CMM
De autoria do Executivo, o Projeto de Lei 15.787/2020 o projeto visa a possibilitar que "microempreendedores individuais, empreendedores de micro e pequenas empresas, bem como empreendedores pessoas físicas (que serão incentivados à formalização de seus negócios)" tenham acesso a crédito municipal para geração de emprego e renda. 


O projeto também tem por objetivo apoiar os empreendimentos de Maringá que passaram por momentos de dificuldade por causa da crise econômica causada pelo novo coronavírus (covid-19). O benefício seria, portanto, uma espécie de compensação à baixa atividade econômica decorrente das necessárias medidas adotadas para combater a covid-19.

A lei definida como responsabilidade do município, segundo informações da Câmara, "negociar e disciplinar o público-alvo, os limites de taxas de juros e condições de financiamento como valor, prazo e carência e requisitos de atuação das instituições".

O município fica autorizado a direcionar ao Programa Maringá Juro Zero a soma de até R$ 4 milhões por ano. Em 2021, os recursos para o programa virão das sobras do orçamento corrente da Câmara Municipal.


Há algumas sessões, o presidente da Casa, Mário Hossokawa (PP), informou sobre um entendimento entre os vereadores para destinar as sobras deste ano para o Juro Zero. A economia feita pela Câmara deve ficar próxima dos R$ 4 milhões. A lei entrará em vigor na data de sua publicação, com efeitos financeiros a partir de 1º de janeiro de 2021.

Pauta

Na sessão extraordinária desta sexta, também serão votados, em segunda discussão, outros três projetos de lei: a reforma da previdência dos servidores municipais, a reforma administrativa da Prefeitura de Maringá – que receberá emenda –; e a extinção da Diretoria Técnica da Agência Maringaense de Regulação.

No caso dos servidores, a alíquota previdenciária subirá de 11% para 14%, em alteração que leva em conta uma emenda constitucional. Por causa das emendas, está prevista para este sábado, às 9h30, mais uma sessão extraordinária.



Livro Orfeu & Violeta. Amazon. Luiz Fernando Cardoso. Café com Jornalista

>>> Eleições 2020

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição. 

Cafeinado: Em dia de gala dos Lewandowski, Bolsonaro se irrita com vacinação compulsória

18/12/2020_

Café com Jornalista – A quinta-feira (17) foi um dia especial para os dois Lewandowski mais conhecidos dos brasileiros: o jogador de futebol e o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). Também foi dia de o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), criticar a vacinação compulsória contra o novo coronavírus (covid-19).

Os Lewandowski ministro e jogador e o presidente Jair Bolsonaro
Os Lewandowski ministro e jogador e o presidente Jair Bolsonaro
Vamos primeiro falar dos feitos dos Lewandowski e, na sequência, do posicionamento do presidente – que se firma, cada vez mais, como a principal voz negacionista contra a vacinação em massa da população.

No futebol

Em cerimônia virtual, o polonês Robert Lewandowski foi eleito o melhor jogador do mundo, recebendo o prêmio Fifa The Best pela primeira vez. Os adversários tornaram o prêmio ainda mais significativo. O atacante do Bayern de Munique superou na final "apenas" duas lendas dos gramados na atualidade: o argentino Lionel Messi (Barcelona) e o português Cristiano Ronaldo (Juventus).

Merecido

Para superar o craque Messi e o robozão CR7 tem de jogar muita bola, e Lewandowski jogou. O atacante marcou 59 gols na última temporada (na soma do clube e seleção), sendo peça fundamental na campanha do Bayern que culminou na conquista da última edição da Liga dos Campeões. Veja aqui outros vencedores na premiação da Fifa

No Judiciário

O STF decidiu em sessão plenária, na quinta (17), que o Estado pode determinar aos cidadãos que se submetam, compulsoriamente, à vacinação contra a covid-19, conforme previsto em lei. De acordo com a decisão, quem recusar a vacinação pode ser penalizado com medidas restritivas, como multa, impedimento de tirar passaporte etc, mas não pode ser obrigado a se imunizar à força.

Ministro

Ricardo Lewandowski foi o ministro relator das duas Ações Diretas de Inconstitucionalidade (ADIs) que trataram diretamente da vacinação contra a covid-19. O entendimento de Lewandowski, de que os Estados, o Distrito Federal e os municípios têm autonomia para realizar campanhas locais de vacinação (e não apenas o governo federal) foi seguido por outros nove ministros. Apenas o bolsonarista Kassio Nunes Marques apresentou voto divergente.

ADI

Uma das ADIs partiu do PDT, que questionou o STF sobre a possibilidade de Estados e municípios poderem determinar a vacinação obrigatória da covid-19. O partido reclama da inércia do governo federal na pandemia. Bolsonaro já declarou que não vai tomar a vacina, atitude lamentável que acaba estimulando seguidores negacionistas a fazerem o mesmo. 

Bolsonaro 1

Numa de suas habituais lives, Bolsonaro se mostrou irritado com a decisão do STF, xingou jornalistas de "canalhas", disse que não vai impor nenhuma medida restritiva e falou que a decisão do Supremo pode ser inócua. "Nem vacina tem. Não vai ter pra todo mundo", comentou. Veja aqui um trecho da live.

Bolsonaro 2

O presidente reclamou do posicionamento do STF, alegando que decisões sobre campanhas de vacinação são atribuições do governo federal. "O que o ministro Kassio falou? Que medidas retritivas poderiam ser impostas apenas pelo governo federal, que sou eu. Nada mais justo. Quando se fala em vacinação em saúde, tem de ter uma hierarquia", disse.

Charge

Exceto pelos negacionistas de capacidade intelectual limitada, TODO MUNDO já sabe que o fim da pandemia, com a tão esperada volta à normalidade, passa pela imunização da população. Então, que venha logo 2021... com vacina!

Charge pró-vacinação viralizou nas redes sociais
Charge pró-vacinação viralizou nas redes sociais

Previdência

Em sessão extraordinária, a Câmara Municipal aprovou, em primeira discussão, projeto de lei que altera o regime próprio de previdência dos servidores, que terão a alíquota de contribuição alterada de 11% para 14%, incluindo inativos e pensionistas.

Extraordinárias

O projeto da Previdência dos servidores de Maringá será votado em segunda discussão nesta sexta (18), às 18 horas. O Café deu matéria sobre o assunto, saiba mais aqui. A pauta tem ainda outros três projetos. Como há emenda prevista, uma terceira extraordinária será realizada no sábado, às 9h30.

Novo jornal

Verdelírio deu em sua coluna, no Jornal do Povo, que Maringá ganhará em breve um novo jornal, de início com circulação semanal. O projeto inclui vários profissionais que trabalharam no extinto O Diário. O Café confirmou a informação. Vai ser um grande jornal, com equipe gabaritada na área.

Salário mínimo

Pelo segundo ano consecutivo, o salário mínimo (de fome) do Brasil será reajustado apenas pela inflação. Passará dos atuais R$ 1.045 para R$ 1.088 em 2021, ou seja, se pesquisar bem os preços, dá para comprar um pacote de arroz a mais por mês. Vale lembrar que no tão criticado governo Dilma, o salário mínimo tinha sempre ganho real.  

>>> Eleições 2020

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição.