"Jornalismo é publicar aquilo que alguém não quer que se publique. Todo o resto é publicidade" George Orwell

terça-feira, 8 de dezembro de 2020

Ulisses anuncia parceria com governador de SP para compra da Coronavac para Maringá

08/12/2020_

Café com Jornalista – Vinte e quatro horas após anunciar – com exclusividade a este blog – que Maringá se prepara para comprar a vacina da covid-19, o prefeito Ulisses Maia (PSD) manifestou ao governador de São Paulo, João Doria (PSDB), o interesse da Cidade Canção pelo imunizante. Desta vez, o canal utilizado para o anúncio foi o Twitter

O prefeito de Maringá, Ulisses Maia, e o governador de São Paulo, João Doria. Café com Jornalista
O prefeito de Maringá, Ulisses Maia, e o governador de São Paulo, João Doria
Em um tuíte com vídeo, Ulisses conta que recebeu um telefonema de Doria, na noite desta terça (8), para tratar da vacina. Sem dar detalhes, o prefeito informou que ele e o governador já firmaram parceria para a compra da vacina, que segundo Doria terá ao menos quatro milhões de doses destinadas a outros Estados.



"O governador [de SP] me passou também o telefone do diretor do Butantan, Dimas Covas, com quem também falei, reafirmando nosso interesse em adquirir as vacinas para garantir a imunidade à nossa gente", disse Ulisses.

Coronavac

O Instituto Butantan, de São Paulo, produzirá a vacina Coronavac por meio de uma parceria com a empresa chinesa Sinovac. É essa vacina que será utilizada na imunização da população de São Paulo, a partir do mês que vem. 


Na linha do que havia sido anunciado ontem pelo prefeito de Curitiba, Rafael Greca (DEM), Ulisses confirmou a parceria sem especificar quantas doses do imunizante seriam destinadas aos maringaenses. Contudo, o prefeito disse que trabalhará para que a chegada da vacina "ocorra o mais rápido possível".

Para Ulisses, o foco precisa ser a saúde da população, sem discussões ideológicas e políticas sobre a covid-19 e quem fabrica a vacina. O prefeito acrescentou que o município está "trabalhando em mais frentes", dando a entender que Maringá buscará adquirir outras vacinas além da Coronavac.



Livro Orfeu & Violeta. Amazon. Luiz Fernando Cardoso. Café com Jornalista

>>> Eleições 2020

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição. 

Fórum Eleitoral de Maringá fará diplomação dos candidatos eleitos por edital

08/12/2020_

Café com Jornalista – Para evitar aglomerações em meio à pandemia do novo coronavírus (covid-19), de forma excepcional, a diplomação do prefeito, do vice-prefeito e dos vereadores eleitos em Maringá será feita por edital. O mesmo vale para os municípios atendidos pelo Fórum Eleitoral de Maringá. A informação é da Justiça Eleitoral.  

Desta vez, nada de diplomação presencial
Chefe de cartório da 137ª Zona Eleitoral (ZE), Elaine Berberte explica que a portaria 598/2020 do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) autoriza essa nova forma de diplomação. Por edital, não há nem sequer um evento virtual.


"Os juízes eleitorais têm a prerrogativa de optar por esta forma de diplomação. No caso dos municípios atendidos pelo Fórum Eleitoral de Maringá será assim. Essas são as informações dos chefes de cartório da 66ª ZE e da 192ª ZE, responsáveis pela diplomação nesta eleição municipal", informa Elaine.
A chefe de cartório acrescenta que os eleitos devem prestar contas finais à Justiça Eleitoral com toda a documentação exigida. Só então estarão aptos a emitir seus diplomas no site do TRE-PR. 


De acordo com o Blog do Rigon, a vereadora eleita Professora Ana Lúcia (PDT) havia encaminhado correspondência à juíza da 66ª ZE, Roberta Carmen Scramin de Freitas, pedindo que a Justiça Eleitoral considerasse a possibilidade de a diplomação ocorrer de forma virtual, por conta da pandemia.

O Café não conseguiu apurar se o pedido de Ana Lúcia motivou ou não a decisão da Justiça Eleitoral informada nesta matéria.



>>> Eleições 2020

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição. 

Sarandi e Paiçandu seguem com a realização de cultos presenciais

08/12/2020_

Café com Jornalista – Para algumas pessoas, a participação in loco em cultos, missas e outras celebrações religiosas é item de extrema necessidade num momento de crise econômica e sanitária causada pelo novo coronavírus. Para elas, trata-se de questão de saúde mental e espiritual.

É desses fiéis – e também de alguns líderes religiosos da cidade – que têm partido grande parte das críticas ao decreto que suspendeu em Maringá as missas e cultos religiosos de forma presencial. 

Decretos de Sarandi e Paiçandu não proíbem cultos religiosos presenciais. Café com Jornalista
Decretos de Sarandi e Paiçandu não proíbem cultos religiosos presenciais – Imagem: Freepik
Como as denominações religiosas costumam ter templos em várias cidades, uma alternativa para o maringaense que não aceita exercer a fé de forma virtual são as igrejas das vizinhas Sarandi e Paiçandu. Os prefeitos de ambas as cidades também baixaram decretos em prevenção à covid-19, porém, cultos e missas presenciais seguem permitidos.


Em Sarandi, o Decreto 1.716/2020 permite a realização dos cultos religiosos sem limitar público, mas com a advertência para que sejam respeitadas "todas as regras sanitárias, de distanciamento e demais medidas impostas nos decretos anteriores". Isso inclui o uso de máscara e álcool em gel, por exemplo.

Em Paiçandu, o Decreto 466/2020 impôs restrição de público, mas preservou o direito à realização de missas e cultos de forma presencial. Por lá, as celebrações religiosas podem ter no máximo 30 pessoas.


No entanto, ainda que as cidades vizinhas ofereçam essa alternativa à probição dos cultos presenciais em Maringá, o teólogo e filósofo Rubem Mariano explica que a questão é delicada. Segundo ele, a grande maioria dos fiéis desenvolve o costume de ir à sua própria igreja, não se sentindo à vontade em outra comunidade, ainda que essa seja da mesma denominação. 

"Sugiro aos pastores, aos padres e aos líderes religiosos terem o bom senso de olhar e cuidar espiritualmente dessas pessoas ou em visita domiciliares, como já é prática pastoral, ou com horário marcado na secretária ou espaço na igreja, acolher por família ou grupos muito reduzidos e tomar todos os cuidados possíveis", diz Mariano.
O teólogo luterano lembra que o decreto de Maringá permite que as igrejas e suas secretarias poderão permanecer abertas para atendimento individualizado.

Errata

O Café informou no título, de forma equivocada, que Sarandi e Paiçandu seguiam com missas presenciais. Apesar de os decretos municipais de ambas as cidades permitirem as celebrações religiosas, as missas foram suspensas pela Arquidiocese de Maringá também nas cidades da região. A suspensão vai até sexta (11).

A pertinente correção, que já resultou na retirada da palavra título do título da matéria, foi gentilmente sugerida pelo jornalista Rafael Soares. A seguir, o comunicado do arcebispo sobre essa decisão:

Em Maringá, Missas ficam suspensas até 13 de dezembro

Em respeito ao decreto publicado pela Prefeitura de Maringá nesta segunda-feira (30 de novembro), as celebrações da Santa Missa com a presença de fieis, nas paróquias da cidade de Maringá, serão suspensas de 01 a 13 de dezembro. 

Estão permitidas Missas privadas transmitidas pelos meios de comunicação e a celebração de casamentos. 

A ordenação presbiteral do frei Fernando Ferreira, da Ordem dos Agostinianos Recoletos, marcada para o dia 05 de dezembro na paróquia São Miguel Arcanjo, será mantida, apenas com a presença de familiares.
  
No sábado, 28 de novembro, o Arcebispo de Maringá, Dom Frei Severino Clasen, após deliberar coletivamente com a sociedade civil organizada de Maringá pela criação do #PactoPelaVida e ouvir todo o Clero, decidiu suspender as celebrações com a presença de fiéis entre 01 e 11 de dezembro. 

Portanto, agora, com a publicação do decreto municipal, a Igreja Católica em Maringá retomará as celebrações eucarísticas dia 14 de dezembro, e não mais dia 12 de dezembro. 

Nos demais municípios da Arquidiocese de Maringá, fica estabelecida a suspensão das celebrações entre 01 e 11 de dezembro, desde que não haja decretos municipais com outras medidas restritivas.


Livro Orfeu & Violeta. Amazon. Luiz Fernando Cardoso. Café com Jornalista

>>> Eleições 2020

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição. 

Câmara Municipal vota orçamento de R$ 1,8 bilhão de Maringá para 2021

08/12/2020_

Café com Jornalista – A Câmara Municipal vota na sessão desta terça (8), em primeira discussão, a Lei Orçamentária Anual (LOA) 2021 (projeto de lei 15.735/2020) – que estima as receitas e fixa as despesas do município para o próximo exercício financeiro.

Os vereadores Sidnei Telles, Doutor Jamal e Mário Verri – Foto: Marquinhos Oliveira/CMM. Café com Jornalista
Os vereadores Sidnei Telles, Doutor Jamal e Mário Verri – Foto: Marquinhos Oliveira/CMM
O orçamento de Maringá previsto para o ano que vem é de R$ 1,833 bilhão. Apenas com os tributos (impostos, taxas e contribuições de melhoria), a Prefeitura de Maringá estima uma arrecadação de R$ 608,4 milhões.


Entre as secretarias, a maior fatia do bolo ficará com a Saúde, que irá dispor de R$ 485 milhões. A Educação ficará com R$ 350 milhões, seguida dos Serviços Públicos, com R$ 129,2 milhões. A previdência dos servidores consumirá R$ 311 milhões em 2021. 

"O texto ficou bastante tempo na Casa para apreciação dos vereadores. Está bem conservador [o projeto do orçamento]", comenta o vereador Alex Chaves (MDB), que é líder do prefeito na Câmara.

 'Véio da Havan' peita decreto em Maringá e tem loja interditada

A LDO 2021 precisa ser aprovada ainda este ano. Caso não seja, explica o vereador Jean Marques (Pode), "o prefeito deve seguir o orçamento de 2020".

Na sessão, também em primeira discussão, os vereadores votarão alterações no Plano Plurianual de 2018 a 2021 e também em dispositivos da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) 2020. A sessão ordinária da Câmara de Maringá tem início às 9h30.



Matéria atualizada com a informação de Jean Marques!


>>> Eleições 2020

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição.