"Jornalismo é publicar aquilo que alguém não quer que se publique. Todo o resto é publicidade" George Orwell

terça-feira, 20 de outubro de 2020

Às vésperas da prestação de contas parcial, receitas declaradas pelos candidatos a prefeito de Maringá somam R$ 1,96 milhão

20/10/2020_

Café com Jornalista – As receitas de campanha declaradas pelos candidatos a prefeito de Maringá somam, até o momento, R$ 1.958.313,20. Os valores recebidos constam do sistema de Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais (DivulgaCandContas) do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Os dados foram compilados pelo Café na segunda-feira (19).

Receitas declaradas pelos candidatos a prefeito de Maringá. Café com Jornalista
Clique aqui para ver o infográfico em alta resolução – Arte: Luiz Fernando Cardoso/Café com Jornalista
A candidata Akemi Nishimori (PL) lidera o ranking das receitas com R$ 490 mil, seguida de Bovo (Povemos), com 486,8 mil; e de Coronel Audilene (PP), com 473,6 mil. O menor valor declarado é do Professor Edmilson (Psol), com R$ 3.715 em caixa. Annibal Bianchini (PTC) é o único que ainda não tem receitas declaradas entre os 13 prefeituráveis.

 Sinttromar cobra manutenção de empregos no transporte coletivo

Apenas cinco candidatos investiram do próprio bolso nas suas campanhas (barras em azul no infográfico), com valores entre R$ 90 e R$ 100 mil. A maior soma nessa categoria é Bovo, ex-secretário da Fazenda de Maringá. Apenas Professor Edmilson informou ter recebido recursos oriundos de financiamento coletivo. 

Os valores informados à Justiça Eleitoral ainda são baixos, mas tendem a aumentar nos próximos dias. De acordo com o calendário do TSE, terá início nesta quarta (21) o prazo para candidatos e partidos políticos enviarem à Justiça Eleitoral a prestação de contas parcial, com demonstrativos de toda a movimentação financeira ocorrida entre o início da campanha e esta terça (20). 


O prazo limite para o envio da prestação de contas parcial é 25 de outubro. A declaração deve ser feita por meio do Sistema de Prestação de Contas Eleitorais (SPCE). A não entrega das contas é considerada infração grave, podendo resultar na desaprovação das contas no julgamento da Prestação de Contas Final.

Segundo o TSE, os dados das prestações de contas parciais serão divulgados em 27 de outubro, por meio do DivulgaCandContas.






>>> Sobre o Café
>>> Sobre o Jornalista
>>> Cafeinado
>>> Maringá
>>> Política
>>> Economia
>>> Geral
>>> Entrevistas
>>> Artigos
>>> Imprensa

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição. 

Sinttromar cobra manutenção de empregos no transporte coletivo em reunião com Ulisses e TCCC

20/10/2020_

Das assessorias – Dirigentes do Sindicato dos Motoristas Rodoviários de Maringá (Sinttromar) participaram de reunião, nesta terça (20), com o prefeito Ulisses Maia (PSD) e com representantes da TCCC e da Cidade Verde, concessionárias do transporte coletivo urbano e metropolitano. A reunião ocorreu na sala de reuniões do Gabinete do Prefeito, no Paço Municipal.

Reunião entre Sinttromar, TCCC e o prefeito Ulisses Maia. Café com Jornalista
Reunião foi realizada no Gabinete do prefeito – Foto: Luiz Fernando Cardoso/Sinttromar
Representado pelo presidente Ronaldo José da Silva e pelos dirigentes Alessandro Derenzo, Jean Carlo Silveira e José Carlos Eugênio "Bagre", o Sinttromar cobrou a manutenção dos empregos na TCCC. Ronaldo lembrou que, no início da pandemia, os trabalhadores abriram mão de direitos em troca da garantia de manutenção de direitos.

Ronaldo também lembrou que a renovação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) segue pendente, motivo pelo qual a categoria deliberou pela greve, que segue suspensa por tempo indeterminado. "Não houve avanço nenhum", disse o presidente.

Segundo o diretor administrativo da TCCC, Roberto Jacomelli, até 150 demissões estão previstas, caso a empresa não receba algum tipo de socorro do poder público. Jacomelli disse que a situação financeira "é pior do que o povo está imaginando" e que a empresa estaria perto do colapso. Não foram apresentados – na reunião – dados a respeito.

Secretário de Mobilidade Urbana, Gilberto Purpur diz que há recursos disponíveis para um eventual repasse emergencial à empresa, mas que sem um respaldo do Tribunal de Contas do Estado (TCE) o repasse seria "temerário". Ulisses disse que esse a administração ainda não teve retorno do TCE sobre a consulta feita pelo município.

O clima entre os representantes da administração, do sindicato e da empresa foi amistoso. Na busca por uma solução para o passivo, ficou decidido que as partes pesquisarão exemplos de municípios que conseguiram resolver o problema do transporte público na pandemia.

O objetivo é encontrar modelos que deram certo e que possam ser adotados em Maringá. Por conta disso, Ulisses pediu para que a TCCC segure as demissões, já que uma solução está sendo buscada. Uma nova reunião será realizada na semana que vem.

Apesar da suspensão da paralisação, os trabalhadores da TCCC seguem em estado de greve.

Livro Orfeu & Violeta. Amazon. Luiz Fernando Cardoso. Café com Jornalista


>>> Sobre o Café
>>> Sobre o Jornalista
>>> Cafeinado
>>> Maringá
>>> Política
>>> Economia
>>> Geral
>>> Entrevistas
>>> Artigos
>>> Imprensa

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição. 

Cientista político palestra a rotarianos sobre cenário político nas Eleições 2020

20/10/2020_

Café com Jornalista – Por que Maringá tem um número recorde de candidatos a prefeito? Qual o perfil de cada prefeiturável? Perguntas como essa são respondidas na palestra que o cientista político Tiago Valenciano tem feito em clubes de Rotary de Maringá.

Valenciano na Casa da Amizade – Foto: Hiroaki Kimura/Kimura Foto Imagem
Na quarta (14), Valenciano proferiu palestra durante a reunião do Rotary Club Maringá Leste. Anteriormente, ele havia falado aos membros do Rotary Club Maringá. O tema da palestra é o cenário político em Maringá nas Eleições 2020.


A palestra iniciou com a apresentação do número recorde de 13 prefeituráveis e de 418 candidatos a vereador homologados na Justiça Eleitoral. Na análise de Valenciano, o grande número de candidatos já mira na Eleição de 2022, quando serão eleitos deputados estaduais e federais, senadores, governadores e presidente (e os respectivos vices para o Executivo).

Segundo Valenciano, os partidos optaram por candidaturas próprias para colocar em evidência seus candidatos a prefeito, com o objetivo de elevar as chances de eleger deputados federais daqui dois anos. De acordo com a legislação vigente, a divisão do fundo eleitoral leva em conta o tamanho da bancada de cada partido no Congresso Nacional (saiba mais aqui).

"Há quem diga que o principal motivo do grande número de candidatos a prefeito foi o fim da coligação na eleição proporcional [de vereadores]. Na prática, acredito que o principal motivo é o fundo eleitoral", disse Valenciano.
A palestra incluiu também a apresentação dos prefeituráveis, com uma leitura apartidária sobre as credenciais de cada candidato. Valenciano apresentou curiosidades, entre elas o recorde de Dr. Batista (DEM), que disputa o pleito a prefeito pela quinta vez. "É a pessoa que mais disputou esse cargo na história de Maringá", informou.

Outra curiosidade vem do PSDB do prefeiturável Evando Oliveira. Segundo Valenciano, os tucanos não tinham candidatura própria desde 2000, quando Jairo Gianoto disputou o pleito municipal.


Valenciano também apresentou cards sobre a campanha, entre os quais um que aponta quantos candidatos a vereador cada prefeiturável tem. Em tese, um grande número de candidatos pode ajudar a capilarizar a campanha nos bairros e distritos. Na prática, nem sempre os candidatos a vereador se mantêm fiéis ao prefeiturável, especialmente quando este não decola nas pesquisas. 

Card de Valenciano sobre o número os candidatos a vereador associados a cada candidato a prefeito de Maringá
O palestrante também destacou que, em vista do grande número de prefeituráveis, provavelmente o debate da TV Maringá (Band) tenha sido o único neste primeiro turno. A dica de Valenciano aos eleitores é se informar sobre os candidatos nos planos de governo, no horário eleitoral e nas sabatinas realizadas pelos veículos de comunicação.



>>> Sobre o Café
>>> Sobre o Jornalista
>>> Cafeinado
>>> Maringá
>>> Política
>>> Economia
>>> Geral
>>> Entrevistas
>>> Artigos
>>> Imprensa

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição.