"Jornalismo é publicar aquilo que alguém não quer que se publique. Todo o resto é publicidade" George Orwell

sábado, 31 de outubro de 2020

Vereadores aprimoram penalidade às infrações de leis ambientais em Maringá

31/10/2020_

Café com Jornalista, com CMM – A Câmara Municipal aprovou na sessão ordinária de quinta (29), em primeira discussão, projeto de lei que aprimora a penalidade de leis ambientais em Maringá. O objetivo é reduzir a burocracia em questões envolvendo multas de pequena monta.

Projeto de lei é de autoria do vereador Flávio Mantovani. Café com Jornalista
Projeto de lei é de autoria do vereador Flávio Mantovani – Foto: Marquinhos Oliveira/CMM
O projeto dispõe sobre a Política de Proteção, Preservação, Controle, Conservação e Recuperação do Meio Ambiente. A nova lei altera o parágrafo 4º do artigo 62 da Lei Complementar 1.093/2017.


De acordo com a legislação vigente, multas ambientais de no máximo R$ 1.000 podem ser convertidas em curso de educação e sensibilização ambiental. No entanto, a celebração de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) para a reparação do dano precisa passar pelo crivo Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente de Maringá (Comdema), o que muitas vezes sobrecarrega os conselheiros. 

Autor do projeto de lei, o vereador Flávio Mantovani (Rede) explica que, atualmente, questões de R$ 1.000 (valor considerado baixo para multas ambientais) tomam muito tempo do corpo altamente qualificado do Comdema. Na maioria dos casos, as infrações são decorrentes de poda irregular.


 "A lei permite que o TAC seja firmado independemente de passar pelo conselho. Então, vai ficar menos burocrático na verdade", explica Mantovani.

A proposta em trâmite não altera as regras para penalidades acima dos R$ 1.000, que continuarão passando pelo Comdema antes da celebração dos TACs. O segundo turno da votação está previsto para a primeira sessão de novembro, na terça-feira (3).





>>> Sobre o Café
>>> Sobre o Jornalista
>>> Cafeinado
>>> Maringá
>>> Política
>>> Economia
>>> Geral
>>> Entrevistas
>>> Artigos
>>> Imprensa

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição. 

Outubro fecha com dólar em alta pelo terceiro mês seguido e com Bolsa em queda livre

 31/10/2020_

Wellton Máximo, Agência Brasil – Graças a uma intervenção do Banco Central (BC), o dólar encerrou a sexta-feira (30) em queda, porém, acumulando em outubro alta pelo terceiro mês seguido. A bolsa de valores caiu pela quarta vez na semana e encerrou o mês com o pior desempenho semanal desde o início da pandemia do novo coronavírus, em março.

Dólar fecha outubro de 2020 com terceiro mês seguido de alta. Café com Jornalista
Alta do dólar forçou o BC a intervir no câmbio, vendendo US$ 787 milhões das reservas internacionais à vista
O dólar comercial fechou esta sexta-feira vendido a R$ 5,737, com recuo de R$ 0,027 (-0,47%). A divisa ultrapassou a barreira de R$ 5,80 perto das 12 horas, forçando o Banco Central (BC) a intervir no câmbio, vendendo US$ 787 milhões das reservas internacionais à vista. Somente por volta das 13 horas, a cotação passou a cair, passando a operar em baixa no restante do dia.


No mercado de ações, o dia também foi marcado pela cautela. O índice Ibovespa, da B3, fechou o dia com recuo de 2,72%, aos 93.952 pontos. O indicador acumulou queda de 7,22% na semana, o pior desempenho para uma semana desde março.

O Ibovespa, que vinha numa trajetória de alta e chegou a operar acima dos 100 mil pontos na semana passada, despencou nesta semana, revertendo os ganhos recentes. Em outubro, o índice acumulou queda de 0,69%.

O avanço nos casos de covid-19 na Europa abalou os mercados globais nos últimos dias. A imposição de novas medidas de lockdown em diversos países do continente influenciou as projeções de recuperação da economia europeia.


O mercado também está sendo influenciado pelas tensões com a proximidade das eleições norte-americanas, na próxima terça (3). A indefinição no resultado e a possibilidade de contestação de votos enviados pelos correios tem deixado os investidores nervosos em todo o planeta.



>>> Sobre o Café
>>> Sobre o Jornalista
>>> Cafeinado
>>> Maringá
>>> Política
>>> Economia
>>> Geral
>>> Entrevistas
>>> Artigos
>>> Imprensa

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição. 

sexta-feira, 30 de outubro de 2020

O que acontece com o candidato que tem o pedido de candidatura indeferido pela Justiça Eleitoral?

30/10/2020_

Café com Jornalista – Este blog publicou, recentemente, a notícia de que o candidato a prefeito de Sarandi (PR) De Paula (PP) teve sua candidatura indeferida pela Justiça Eleitoral. O caso dele é apenas um em centenas (milhares, talvez) Brasil afora. Mas, o que acontece com um candidato que se encontra nessa situação? Ele pode continuar fazendo campanha? Pode ser votado?

Essa é uma dúvida recorrente dos eleitores.

Nesta eleição, a urna eletrônica dará lugar ao voto em papel, por conta da pandemia – Foto: José Cruz/Agência Brasil
O indeferimento ocorre quando um juiz eleitoral concorda com uma impugnação, que é o questionamento feito contra um candidato ou candidata por outros candidatos, partidos ou mesmo pelo Ministério Público. Se o candidato impugnado for indeferido, ele pode recorrer ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de seu Estado, tornando-se "indeferido com recurso".


Em última instância, ainda cabe recurso junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Por isso, enquanto o julgamento dos recursos não é concluído, o candidato indeferido segue normalmente na disputa do pleito. De Paula e outros tantos prefeituráveis nessa situação, por exemplo, podem ser votados no dia 15 de novembro – apesar das fake news que dizem o contrário.

"Enquanto o julgamento dos recursos não for concluído, o interessado pode desenvolver normalmente atos de campanha eleitoral, como aparecer no horário eleitoral gratuito de rádio e TV, e inclusive ter seu nome na urna eletrônica", explica o TRE-SP.
Ainda de acordo com o tribunal, caso o indeferido seja eleito, os votos ficam "congelados" (não sendo descartados) até a decisão final, quando não couber mais recurso.

Não confundir

Muita gente confunde o verbo impugnar como sendo uma decisão judicial, o que é um equívoco. Impugnar significa questionar. Portanto, fala-se que um candidato questionado na Justiça Eleitoral por outro candidato, partido ou pelo MP está impugnado – mesmo quando a Justiça Eleitoral ainda não se posicionou pelo deferimento ou indeferimento da candidatura.

Assim, a expressão "pedido de impugnação" está incorreta. 



Maringá

Até a publicação desta matéria, 12 dos 13 prefeituráveis de Maringá haviam sido deferidos pela Justiça Eleitoral. Não há indeferidos. O único caso que consta como "aguardando julgamento" é do prefeito Ulisses Maia (PSD), que concorre à reeleição.

A informação consta do sistema de Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais do TSE. Na lista de candidatos, pode-se escolher entre as opções "Prefeito", "Vice-prefeito" e "Vereador" para saber a situação de cada candidato. Clicando no nome do candidato, o eleitor tem acesso a uma gama de informações, como valores gastos e recebidos pela campanha.




>>> Sobre o Café
>>> Sobre o Jornalista
>>> Cafeinado
>>> Maringá
>>> Política
>>> Economia
>>> Geral
>>> Entrevistas
>>> Artigos
>>> Imprensa

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição. 

quinta-feira, 29 de outubro de 2020

Micro e pequenas empresas de turismo terão crédito de R$ 2 bilhões

 29/10/2020_

Agência Brasil – O Ministério do Turismo liberou R$ 2 bilhões em crédito para empreendedores do setor, principalmente micro e pequenas empresas. Com isso, foram preservados mais de 26 mil empregos na área.

O valor, já autorizado pela pasta às instituições financeiras participantes do Fundo Geral do Turismo (Fungetur), representam aumento de 602% em relação ao total ofertado em 2018 (R$ 286,4 milhões).

Medida deve contribuir para preservar mais de 26 mil empregos no setor. Café com Jornalista
Medida deve contribuir para preservar mais de 26 mil empregos no setor – Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil
Também pelo Fungetur, outros R$ 3 bilhões estão disponíveis para o turismo. Além do Fungetur, o governo federal concedeu, neste ano, R$ 10,9 bilhões em linhas de crédito para capitalizar serviços turísticos.


Os recursos, que já estão na conta dos empreendedores, foram liberados pelo Banco do Brasil, pela Caixa Econômica Federal, pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Banco do Nordeste e Banco da Amazônia.

Ao todo, desde o ano passado, considerando os recursos do Fungetur e de outras linhas de crédito liberadas por bancos públicos, mais de R$ 20 bilhões foram assegurados pelo governo federal para apoiar e impulsionar o setor do turismo. Destes recursos, 80% já estão na conta dos empreendedores, e o restante continua disponível para atender o setor de turismo no país.


Pandemia

No início da pandemia da covid-19, o setor calculava perdas bilionárias. Em março, as receitas do turismo brasileiro caíram 16,7% em relação ao mesmo período do ano passado, o que representou perda equivalente a R$ 2,2 bilhões.

A crise provocada pela pandemia fez com que o setor perdesse 49,9 mil estabelecimentos, com vínculos empregatícios, entre março e agosto deste ano, informou a Confederação Nacional do Comércio de Bens Serviços e Turismo (CNC). Segundo a CNC, em sete meses (de março a setembro), o turismo no Brasil perdeu R$ 207,85 bilhões.




>>> Sobre o Café
>>> Sobre o Jornalista
>>> Cafeinado
>>> Maringá
>>> Política
>>> Economia
>>> Geral
>>> Entrevistas
>>> Artigos
>>> Imprensa

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição. 

Mais Mulheres no Poder reúne quatro das cinco candidatas a vice-prefeita de Maringá

29/10/2020_

Das assessorias – Quatro das cinco candidatas a vice-prefeita de Maringá – Cristiane Tazinafo (PTC), Lilian Moraes (DC/DEM), Lu Peder (Avante) e Vanessa Paludetto Lollato (PSDB) – confirmaram participação na live organizada pelo Movimento Mais Mulheres no Poder. O evento on-line está programado para esta quinta (29), às 19 horas. 

Eliane Silva (Patriota) também foi convidada, aceitou o convite mas, posteriormente, cancelou sua participação. Por isso, seu nome e foto aparecem na arte da live (abaixo). 

Live com as candidatas a vice-prefeita de Maringá. Café com Jornalista
Clique na imagem para assistir
De acordo com a organização, o objetivo da live é abrir espaço para que todas as candidatas se apresentem aos eleitores, expondo seus projetos e prioridades, refletindo sobre as propostas encabeçadas pelo movimento e demonstrando que a política também é campo de ação e transformação para as mulheres.


Entre os assuntos a serem debatidos na live, as candidatas farão considerações sobre os diversos temas que envolvem a administração municipal para os próximos quatro anos, especialmente no que se refere às políticas públicas voltadas para o enfrentamento da violência contra a mulher nas diversas instâncias.

A live será conduzida pela advogada Naiara Coelho, voluntária do Movimento Mais Mulheres no Poder, e pela jornalista Silvia Calciolari.




>>> Sobre o Café
>>> Sobre o Jornalista
>>> Cafeinado
>>> Maringá
>>> Política
>>> Economia
>>> Geral
>>> Entrevistas
>>> Artigos
>>> Imprensa

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição. 

quarta-feira, 28 de outubro de 2020

Série de entrevistas do Conselho de Leigas e Leigos prossegue com Ulisses e Scabora

28/10/2020_

Café com Jornalista – O prefeito Ulisses Maia (PSD) e o vice-prefeito Edson Scabora (MDB) – que concorrem à reeleição – são os candidatos da vez na série de entrevistas realizadas pela Equipe Municipal de Intervenção Social do Conselho de Leigas e Leigos de Maringá. A live tem início às 20 horas desta quarta (28), com transmissão pelos canais da Arquidiocese de Maringá no YouTube e Facebook.

Assista
De acordo com organizadores das entrevistas com os prefeituráveis, a ordem foi definida em sorteio. Em negrito, as entrevistas por vir são:

  • 21 de outubro às 10h - Professor Edmilson e Osmar Jahmaica.
  • 21 de outubro às 20h - José Luiz Bovo e César Moreno.
  • 23 de outubro às 20h - Rogério Calazans e Lu Peder.
  • 26 de outubro às 10h - Eliseu Fortes e Eliane Silva.
  • 26 de outubro às 20h - Evandro Oliveira e Vanessa Paludetto.
  • 28 de outubro às 10h - Valdir Pignata e professor José Vilchenski.
  • 28 de outubro às 20h - Ulisses Maia e Edson Scabora.
  • 30 de outubro às 10h - Dr. Batista e professora Lilian Moraes.
  • 30 de outubro às 20h - Carlos Mariucci e professor Peluso.
  • 04 de novembro às 10h - Coronel Audilene e Marco Meger.
  • 04 de novembro às 20h - Annibal Bianchini e Cristiane Tazinafo.
  • 06 de novembro às 10h - Homero Marchese e coronel Fahur.
  • 06 de novembro às 20h - Akemi Nishimori e Zé Português.

As entrevistas já realizadas podem ser vistas, a qualquer momento, no canal da Arquidiocese de Maringá (veja aqui). 

"Cidades como Paiçandu, Jandaia do Sul, Mandaguari, Marialva, Sarandi, Maringa, Mandaguaçu entre outras estão desenvolvendo ações para qualificar e empoderar o eleitorado de nossa arquidiocese, tendo em vista as orientações da Doutrina Social da Igreja e também a Cartilha de Orientações Políticas da CNBB para 2020", diz nota da organização do evento.



>>> Sobre o Café
>>> Sobre o Jornalista
>>> Cafeinado
>>> Maringá
>>> Política
>>> Economia
>>> Geral
>>> Entrevistas
>>> Artigos
>>> Imprensa

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição. 

Dia do Servidor Público tem mobilizações contra a militarização das escolas

28/10/2020_

Café com Jornalista – Professores da rede estadual de ensino dizem não, nesta quarta-feira (28), à militarização das escolas. Organizada pela APP-Sindicato, a mobilização ocorrerá em frente ao Palácio Iguaçu, em Curitiba, com início às 9 horas.

No interior, os atos serão realizados em frente aos Núcleos Regionais de Educação (NREs), no mesmo horário. Em Maringá, no NRE fica na Avenida Carneiro Leão, 93, no Centro.

Ato em Maringá ocorrerá em frente ao NRE
Além da militarização da escolas, os professores também se posicionam contra a prova para profissionais do Processo Seletivo Simplificado (PSS) e o retorno das atividades extracurriculares presenciais no período da pandemia. As mobilizações no Estado ocorrem no Dia do Servidor Público, comemorado nesta quarta.

 'Revoadas' chamam atenção em campanha eleitoral

Também está na pauta das manifestações contra o governador Ratinho Júnior (PSD) e o secretário de Estado da Educação, Renato Feder, a terceirização dos funcionários de escola, o congelamento de promoções e progressões, e as alterações na lei de eleição para diretores de escolas.

"Este dia 28 de outubro é o dia mais importante de toda história, de mais de 70 anos do dia do servidor público no nosso país. Faremos uma manifestação, junto com lideranças de outras categorias, primeiro para com a falta de diálogo do governador Ratinho para com os trabalhadores do Estado e segundo aos direitos dos servidores", comenta o professor Hermes Leão, presidente da APP-Sindicato. 
Segundo a APP-Sindicato, uma reunião com Ratinho Júnior foi solicitada para esta quarta. Para os atos nas principais cidades do Estado, o sindicato orienta ainda que os participantes utilizem máscaras e levem álcool em gel, prezando pela segurança dos participantes em prevenção à covid-19.




>>> Sobre o Café
>>> Sobre o Jornalista
>>> Cafeinado
>>> Maringá
>>> Política
>>> Economia
>>> Geral
>>> Entrevistas
>>> Artigos
>>> Imprensa

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição. 

terça-feira, 27 de outubro de 2020

Faltam 19 dias: Conheça as normas que regem as Eleições 2020

27/10/2020_

Do TSE – Esta será a segunda vez que ocorrerá uma eleição municipal após a Reforma Eleitoral de 2015 (Lei 13.165/2015). A reforma introduziu uma série de mudanças nas Leis 9.504/1997 (Lei das Eleições), 9.096/1995 (Lei dos Partidos Políticos) e 4.737/1965 (Código Eleitoral).


Foram alterados os prazos para as convenções partidárias, a filiação partidária e o tempo de campanha e horário eleitoral gratuito. Também foi proibido o financiamento eleitoral por pessoas jurídicas, entre outras medidas.

A reforma eleitoral mudou o período para a realização das convenções para a escolha dos candidatos pelos partidos e para a deliberação sobre coligações. Diante do cenário de pandemia de covid-19 e da transferência de vários prazos eleitorais a fim de se preservar a saúde de todos os envolvidos no processo eleitoral, neste ano, o período para realização de convenções ocorreu de 31 de agosto a 16 de setembro.

Quanto ao financiamento de campanhas, desde 2016, elas são financiadas exclusivamente por doações de pessoas físicas e pelos recursos do Fundo Partidário e do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC). Antes da aprovação da Reforma Eleitoral de 2015, o Supremo Tribunal Federal (STF) já havia decidido pela inconstitucionalidade das doações de empresas a partidos e candidatos.

Outra mudança promovida pela Lei 13.165/2015 se refere à alteração do prazo de filiação partidária para concorrer a um cargo eletivo. Desde as últimas Eleições Municipais, o candidato deve se filiar a um partido político seis meses antes da data do primeiro turno das eleições, que este ano, em razão da pandemia de Covid-19, será realizado no dia 15 de novembro. Pela regra anterior, para disputar uma eleição, o cidadão precisava estar filiado a uma legenda um ano antes do pleito.

Nas Eleições 2020, os políticos também puderam se apresentar como pré-candidatos sem que isso configurasse propaganda eleitoral antecipada, desde que não tivessem realizado pedido explícito de voto. A regra está prevista na Reforma Eleitoral de 2015, que também permite que os pré-candidatos divulguem posições pessoais sobre questões políticas e possam ter suas qualidades exaltadas, inclusive em redes sociais ou em eventos com cobertura da imprensa.


A reforma também reduziu o tempo da campanha eleitoral de 90 para 45 dias, e o período de propaganda gratuita dos candidatos no rádio e na TV também foi diminuído, de 45 para 35 dias. No pleito deste ano, a propaganda eleitoral, inclusive na internet, começou no dia 27 de setembro. Já o horário eleitoral gratuito vai de 9 de outubro a 12 de novembro.


 É possível 'escolher candidato segundo a palavra de Deus'


>>> Sobre o Café
>>> Sobre o Jornalista
>>> Cafeinado
>>> Maringá
>>> Política
>>> Economia
>>> Geral
>>> Entrevistas
>>> Artigos
>>> Imprensa

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição. 

Editor

Minha foto
Graduado em Jornalismo e pós-graduado em Jornalismo Digital, o editor do Café com Jornalista tem 20 anos de experiência na profissão. Especialista na cobertura de política, o jornalista trabalhou nos jornais Diário do Sudoeste, Jornal de Beltrão, Diário do Norte, O Diário de Maringá e Notícias do Dia, onde foi editor-chefe. Foi estagiário na Deutsche Welle (DW), em Bonn (Alemanha), e colaborador da Folha de S.Paulo e Gazeta do Povo. É escritor autor de três e-books: Orfeu e Violeta, Quero Café! e Nas Curvas de Maringá (pesquise na Amazon). Siga no Twitter: @LF_jornalista