"Jornalismo é publicar aquilo que alguém não quer que se publique. Todo o resto é publicidade" George Orwell

quarta-feira, 2 de setembro de 2020

Prefeitura de Maringá paga terceira parcela da trimestralidade a servidores

02/09/2020_

Café com Jornalista – A Prefeitura de Maringá pagou, nesta quarta (2), a terceira parcela da trimestralidade aos servidores municipais. O anúncio foi feito pelo prefeito Ulisses Maia (PSD), no início da noite, em suas redes sociais. 

Repasse da Trimestralidade. Café com Jornalista
Imagem divulgada pelo prefeito nas redes sociais
Na terceira de um total de sete parcelas anuais, são R$ 10,5 milhões a serem destinados aos 3.798 servidores – e aos herdeiros daqueles que já faleceram – que têm direito na ação da trimestralidade. O repasse aos beneficiários é feito pelo Sindicato dos Servidores Municipais de Maringá (Sismmar).


"Não dá para acreditar que foram 27 anos de luta para receber esse reajuste. Diversas gestões se passaram até que a nossa, mais uma vez, resolvesse um problema antigo. Isso reforça nosso respeito e responsabilidade com servidor público", comentou Ulisses.
Havia a expectativa de que a parcela fosse paga em outubro, como já havia contado o Café com Jornalista. Contudo, Ulisses antecipou o pagamento, assim como ocorreu em 2019, na segunda parcela. Por conta da pandemia, havia a dúvida da administração se a antecipação seria possível desta vez.

A primeira parcela anual foi paga aos servidores em 2018, um ano após o acordo histórico assinado entre Ulisses e a gestão da ex-presidente do Sismmar Iraídes Baptistoni. "Sinto-me realizada [pelo anúncio do pagamento], porque sei o quanto muitos servidores esperaram para receber este dinheiro. Muitos morreram e não conseguiram receber em vida", disse Iraídes.


Gerente executivo da Evoa Aceleradora, o economista Matheus Cesco disse ao Café, em julho, que esse repasse dará uma sobrevida ao comércio local, tão prejudicado pela crise decorrente da pandemia do novo coronavírus. A tendência, segundo o economista, é que o dinheiro seja empregado, primeiramente, no pagamento de contas. Leia a matéria aqui

Até a publicação desta matéria, a atual direção do Sismmar ainda não havia se posicionado em seu site e rede social sobre o repasse anunciado por Ulisses. 

Imbróglio

De acordo com o livro "Sismmar 30 Anos de Luta!", a ação da trimestralidade levou 27 anos, chegando ao fim após amplo diálogo entre a gestão "Novos Rumos" do Sismmar e o prefeito Ulisses Maia (PSD, à época no PDT). A homologação do acordo para o pagamento da dívida ocorreu em 27 de outubro de 2017, na Justiça do Trabalho.


A ação foi impetrada pelo jurídico do Sismmar em 1991, na gestão do presidente Claudemir Romancini. "O passivo foi criado quando o prefeito Ricardo Barros deixou de pagar o reajuste salarial trimestral, necessário em tempos de inflação galopante", diz trecho da página 22 do livro.

Após a assinatura do acordo que encerrou a ação, o último entrave para o pagamento foi superado em setembro de 2017, quando a Câmara Municipal aprovou no orçamento corrente a abertura de crédito adicional para o pagamento da primeira parcela. Infelizmente, ao longo de quase três décadas, cerca de 800 servidores morreram antes de receber o dinheiro.





>>> Sobre o Café
>>> Sobre o Jornalista
>>> Cafeinado
>>> Maringá
>>> Política
>>> Economia
>>> Geral
>>> Entrevistas
>>> Artigos
>>> Imprensa

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição. 

Live do Observatório das Metrópoles de Maringá discute o direito à cidade

02/09/2020_

Café com Jornalista – O Observatório das Metrópoles de Maringá promove, na noite desta quarta (2), debate sobre o "Direito à Cidade versus Segregação e Desencontro". A live terá início às 20h30, com transmissão pela página do Observatório no Facebook.

Live do Observatório das Metrópoles de Maringá. Café com Jornalista
Assista aqui!
O tema da live foi abordado em livro homônimo da professora da Universidade Estadual de Maringá (UEM) Ana Lúcia Rodrigues, publicado em conjunto com seus orientandos do mestrado: Caroline Pagamunici Pailo, Priscila de Almeida Souza, Josivaldo Souza Reis, Naiara Sandi de Almeida Alcantara, Pollyana Larissa Machiavelli, Ingrid Spagnol Pereira, Hebert de Paula Giesteira Villela e Domingos Trevizan Filho. 

"Vamos prosear sobre o livro. Será um momento muito emocionante, pois são pesquisadores que eu vi se formando, ali, ao meu lado. Vamos falar de direitos para que, quem sabe, de tanto falar, os direitos deixem de ser letra morta nesse país", diz Ana Lúcia.
Na verdade, trata-se de um e-book publicado recentemente. Durante a live, diz Ana Lúcia, o e-book será disponibilizado no site do Observatório das Metrópoles. São ao todo nove capítulos sobre temas de grande relevância sobre o direito à cidade e o desenvolvimento urbano de Maringá. 





>>> Sobre o Café
>>> Sobre o Jornalista
>>> Cafeinado
>>> Maringá
>>> Política
>>> Economia
>>> Geral
>>> Entrevistas
>>> Artigos
>>> Imprensa

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição. 

Lobo-guará de 'duzentão' já está em circulação

02/09/2020_

Pedro Vilela, Agência Brasil – O Banco Central (BC) apresentou, nesta quarta (2), a nova cédula de R$ 200, que passa a ter valor legal imediatamente e começa a circular conforme a demanda. Ao todo, serão disponibilizadas 450 milhões de unidades da nota até o fim do ano.

Nova nota de R$ 200 – Foto: Raphael Ribeiro/BCB
Para o presidente do BC, Roberto Campos Neto, a introdução da nova cédula era fundamental para evitar um eventual desabastecimento do papel-moeda frente ao aumento da demanda por dinheiro em espécie desde o início da pandemia do novo coronavírus.

"O momento singular que estamos vivendo trouxe os mais diversos desafios, e um deles foi um aumento expressivo na demanda da sociedade brasileira por dinheiro em espécie. O aumento foi verificado no Brasil desde o início da pandemia (...). Em momentos de incerteza, é natural que as pessoas busquem a garantia de uma reserva em dinheiro", disse Campos Neto.
Ao também justificar a necessidade da nova cédula, a diretora de administração do BC, Carolina de Assis Barros, explicou que a estimativa de papel-moeda projetada pelo Banco Central tornaria inviável a reposição com a impressão de novas notas de R$ 100.


A nota de R$ 200 traz cores cinza e sépia predominantes e homenageia o lobo-guará, animal típico da fauna do cerrado brasileiro, e atualmente ameaçado de extinção. A nota tem o mesmo formato e dimensões da cédula de R$ 20 (14,2cm x 6,5cm). A decisão de manter o formato, segundo o BC, é para melhor adaptação aos caixas eletrônicos e demais equipamentos automáticos que aceitam e fornecem cédulas de dinheiro.

A nova célula é impressa em papel fiduciário, que tem uma textura mais firme e áspera que o papel comum. Pelo tato, é possível sentir um alto-relevo em algumas áreas da nota, como nas legendas "Banco Central do Brasil" e "República Federativa do Brasil", nos numerais impressos na frente e no verso, na faixa vertical de folhas, nas flores e no fruto, na efígie da República (frente) e no lobo-guará (verso).

Sob luz ultravioleta, é possível enxergar o número 200 na frente e a numeração vermelha do verso aparece na cor amarela. Além disso, pequenos fios coloridos se tornam visíveis. Ao colocar a nota na altura dos olhos, na posição horizontal, é possível ver o número 200 sob o desenho de um arbusto, no canto direito inferior da cédula, em sua face frontal.


A marca-d'água da nova cédula permite visualizar, se colocada contra a luz, a figura de um lobo-guará e o número 200, em tons que variam do claro ao escuro. Também ao posicionar a cédula contra a luz, o fio de segurança fica visível, próximo ao meio da nota.

A partir de hoje e até o final de setembro, o governo federal vai veicular uma campanha publicitária de apresentação da nova cédula de R$ 200 nos meios de comunicação e na internet.




>>> Sobre o Café
>>> Sobre o Jornalista
>>> Cafeinado
>>> Maringá
>>> Política
>>> Economia
>>> Geral
>>> Entrevistas
>>> Artigos
>>> Imprensa

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição.

Músico de Paranavaí assina com gravadora de produtor que lançou Charlie Brown Jr.

02/09/2020_

Café com Jornalista – Com 1,99 metro de altura, Américo de Castro não é grande só no tamanho. No fim de agosto, o músico de Paranavaí teve seu talento reconhecido por uma das maiores gravadoras independentes do país. E o que isso significa? Que Américo tende a ser visto (e ouvido), em breve, na cena musical nacional.

Américo de Castro com equipe da gravadora: Hélio Leite (marketing), Rick Bonadio (produtor) e Gabi Bonadio (marketing) – Foto: Divulgação
De acordo com o Portal da Cidade, Américo assinou com a Midas Music em 21 de agosto. Ele foi recebido pela cúpula da gravadora em São Paulo capital, onde conheceu a estrutura do estúdio. Os contatos entre o cantor e a gravadora haviam começado um mês antes. 

"São 20 anos de amor à música, de tentativas e aprendizado. Então, o sentimento é de felicidade e, ao mesmo tempo, de consciência de que tem um grande trabalho pela frente e, se Deus quiser, vamos conseguir o sucesso através da música e representar a cidade poesia", disse Américo, em entrevista exclusiva ao Portal da Cidade.
O entusiasmo do músico de Paranavaí é pertinente. Empresário e produtor musicial, Rick Bonadio é conhecido por ser o responsável por lançar sucessos como Mamonas Assassinas, Charlie Brown Jr. e Titãs. 


Ainda de acordo com o portal de Paranavaí, "Sou Meu Próprio Exército" (clique para ouvir) foi a música que chamou a atenção de Bonadio. Composta em parceria com o irmão, João de Castro, de Maringá, a canção foi lançada nas plataformas digitais em maio deste ano – mês em que Américo iniciou o contato com gravadoras.

"Escrevi o refrão e a melodia de 'Sou Meu Próprio Exército', o restante da letra é do Américo", conta João, que também é músico. A partir de agora a gravadora Midas Music será a responsável por coordenar o repertório, o marketing e o aprimoramento da identidade visual do cantor e compositor paranavaiense. 





>>> Sobre o Café
>>> Sobre o Jornalista
>>> Cafeinado
>>> Maringá
>>> Política
>>> Economia
>>> Geral
>>> Entrevistas
>>> Artigos
>>> Imprensa

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição.