"Jornalismo é publicar aquilo que alguém não quer que se publique. Todo o resto é publicidade" George Orwell

quinta-feira, 30 de julho de 2020

Lideranças políticas lamentam perda do vereador Chico Caiana, vítima de AVC

30/07/2020_

Café com Jornalista – Familiares, amigos, autoridades e populares – de quem Chico Caiana era tão próximo – se despedem do vereador, que sofreu uma parada cardiorrespiratória, na quarta (29), após complicações de um AVC hemorrágico. O velório ocorre na Câmara Municipal até as 14h desta quinta (30). O sepultamento será no período da tarde, no Cemitério Municipal. 

Vereador Chico Caiana #Luto. Café com Jornalista
Mensagem publicada pelo vereador Mário Hossokawa
Desde a confirmação da morte, lideranças políticas têm prestado homenagens a Caiana e condolências aos seus familiares. O prefeito de Maringá, Ulisses Maia (PSD), decretou luto oficial de três dias. "Caiana teve uma história de vida dedicada à comunidade", comentou Ulisses.


Com a mensagem "Obrigado, Chico (1964 - 2020)", o presidente da Câmara de Maringá, Mário Hossokawa (PP), compartilhou uma nota da Casa que relembra a trajetória do colega. Entre várias causas em prol da comunidade, Caiana foi autor da lei que criou o Restaurante Popular de Maringá, que atende cerca de mil pessoas por dia. 

Vice-presidente da Câmara, Mário Verri (PT) lembrou que o colega estava internado desde sábado (25) e que ele deixou esposa, dois filhos e uma neta. "Nos conhecemos em 2005, quando iniciamos nosso primeiro mandato como vereador", lembrou o petista. "Ele sempre lutou pela população dos conjuntos Guaiapó e Requião, que agora perdem uma liderança importante no Legislativo", acrescentou.

Presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia, da qual Caiana era um dos cinco membros, Flávio Mantovani (Rede) disse que o colega deixará exemplos de boa conduta. "Chico era um homem de bem, pai de família, companheiro de bancada, legislador honrado e preocupado com os menos favorecidos", disse.


Todos os demais vereadores prestaram condolências e cancelaram eventos pré-agendados, em luto pela morte do colega. A reunião da CPI desta semana, que teria oitiva com o secretário Jair Biatto (Saúde), foi adiada. Para evitar a extinção da comissão por falta de quórum – porque vereadores indicados para a quinta vaga se esquivaram da responsabilidade – Caiana se ofereceu para integrar a CPI

Velório de Chico Caiana na Câmara de Maringá. Café com Jornalista
Velório de Chico Caiana na Câmara de Maringá – Foto: Marquinhos Oliveira/CMM
Ex-vereador e hoje deputado estadual, Do Carmo (PSL) também usou as redes sociais para manifestar pesar pela morte de Caiana. "Maringá perde um grande líder, eu perco um grande amigo", escreveu.

A família Barros também se manifestou. "Perdemos um amigo (...), um homem íntegro e que fará muita falta", disse o deputado federal Ricardo Barros (PP). "Que dia triste. Caiana contribuiu muito na resolução de problemas em Maringá, especialmente para os bairros em que tinha uma atuação ainda mais forte", escreveu a ex-governadora do Paraná Cida Borghetti (PP). "Uma grande perda para o município. Que Deus conforte a família para encarar esse momento tão difícil", disse o ex-prefeito Silvio Barros (PP).




>>> Sobre o Café
>>> Sobre o Jornalista
>>> Cafeinado
>>> Maringá
>>> Política
>>> Economia
>>> Geral
>>> Entrevistas
>>> Artigos
>>> Imprensa
* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição. 

Voluntários viabilizam movimento 'Mais Mulheres no Poder'

30/07/2020_

Das assessorias – O movimento suprapartidário "Mais Mulheres no Poder", que já engloba 60 pré-candidatas de várias legendas, vem conquistando novos participantes e apoios a cada dia. Voluntários de diferentes setores e entidades estão se unindo ao movimento na defesa de uma bancada feminina na Câmara de Maringá – atualmente, composta apenas por homens. 


As primeiras adesões foram da cientista social e pesquisadora de contextos digitais Jéssica Cafisso e da jornalista Juliana Daibert. Logo, foram seguidas pela advogada e ativista Naiara Coelho, pela jornalista e historiadora Regina Daefiol e pelo cineasta João Rodrigues Peralta.

Participando das atividades desde o início, Jéssica é responsável pelas transmissões virtuais do movimento, Juliana pela assessoria de imprensa, Naiara responde pela articulação das pré-candidatas, Regina contribui com a divulgação das ações e Peralta assina as produções audiovisuais – sendo a de maior destaque, até o momento, o "Manifesto do Movimento Mais Mulheres No Poder".


Lançado oficialmente em reunião das pré-candidatas, em 7 de julho, e logo divulgado nas redes sociais do movimento, o vídeo de pouco mais de cinco minutos apresenta 43 pré-candidatas engajadas no movimento e as propostas do grupo para a eleição de uma bancada de vereadoras em novembro. Uma semana depois, foi ao ar nova versão incluindo as pré-candidatas impossibilitadas de participar da primeira.

Com a divulgação do manifesto, outras mulheres aderiram ao movimento, entre elas as psicólogas Camila Sabater e Bárbara Dalvanna, que agora estão no time de voluntárias. O vídeo do manifesto já teve 5.200 visualizações no Facebook.

Mais apoios

Entre as entidades que apoiam as mulheres dedicadas ao desafio de efetivar a representatividade feminina na Câmara, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), subseção Maringá, foi a primeira a endossar as ações e propostas do movimento "Mais Mulheres no Poder".


Além de oferecer um curso sobre a atividade parlamentar a todas as pré-candidatas, em agosto, a OAB Maringá dará atendimento e encaminhamento às participantes na pré-campanha e na campanha (especialmente) sobre assédio de qualquer ordem. O Fórum Maringaense de Mulheres, apoiador de primeira grandeza, assina embaixo da proposta que defende mulheres na chefia de 50% dos cargos de primeiro e segundo escalão do executivo municipal.


O mais novo apoio formal vem do Conselho Municipal da Juventude (CMJ). "Para enfrentar essa desigualdade que está posta basta olhar para a bancada atual da Câmara de Maringá. O CMJ deliberou por apoiar o movimento suprapartidário, sinalizando que esse atual cenário precisa mudar. As mulheres devem e precisam estar representadas na Câmara", comenta Fernanda Pires, secretária executiva do CMJ.


Segundo Fernanda, o apoio foi deliberado em reunião realizada no dia 22 de julho e a nota está sendo elaborada pelo grupo de trabalho de comunicação do CMJ. Para ela, os esforços do movimento podem incentivar mais mulheres jovens a se interessar por política.

O CMJ é constituído por 15 cadeiras titulares, sendo cinco governamentais e dez não governamentais. Atualmente, apenas quatro cadeiras titulares são ocupadas por mulheres. Ao menos uma conselheira do CMJ é pré-candidata a vereadora em Maringá.




>>>
>>>
>>>
>>>
>>>
>>>
>>>
>>>
>>>
>>>

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição.