"Jornalismo é publicar aquilo que alguém não quer que se publique. Todo o resto é publicidade" George Orwell

domingo, 26 de julho de 2020

Em nova campanha, TSE leva ao ar mensagem por 'Mais Mulheres na Política'

26/07/2020_

Do TSE – Em sua próxima campanha de rádio e TV, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) levará aos eleitores uma nova mensagem sobre a importância de ampliar o espaço das mulheres na política. Na campanha anterior, com a mensagem "Na dúvida, não compartilhe", o TSE alertou sobre as fake news.

Campanha #participaMulher do TSE. Café com Jornalista

A voz dessa mensagem será da atriz Camila Pitanga, embaixadora da ONU Mulheres no Brasil e ativista sobre o tema. Com a mensagem "Mais mulheres na política: a gente pode, o Brasil precisa", a ideia é inspirar mulheres a ocuparem cargos políticos e mostrar que o aumento de lideranças femininas é bom para toda a sociedade.


Camila Pitanga foi uma das participantes da live promovida pelo TSE, em junho, sobre o assunto. Durante o primeiro debate da série "Diálogos Democráticos", que também teve a participação da filósofa, escritora e professora Djamila Ribeiro, da senadora Simone Tebet e a mediação do presidente da Corte, ministro Luís Roberto Barroso, ela afirmou que era uma honra debater esse ponto nevrálgico, não apenas na política brasileira, mas no mundo.

“Tive a chance de aprender com a minha família a importância da vocação política. Sempre tive voz em casa. São séculos de disparidade. A mulher faz a diferença na política. Ela traz uma possibilidade de mudar o modus operandi quando ocupa espaços decisórios”, afirmou Camila. Ela ainda lembrou que educação é instrumento de poder.


O debate fez parte das ações do projeto "Participa Mulher", criado pelo TSE para incentivar o protagonismo feminino na política. O portal dessa campanha permanente da Justiça Eleitoral reúne informações sobre a história do voto feminino, das primeiras mulheres a conquistar espaços de relevância no meio político e notícias que abordam a atualidade dessa participação.


Tanto a live quanto a escolha de Camila Pitanga para protagonizar a campanha de incentivo à participação feminina na política estão em sintonia com as ações do projeto "Participa Mulher".

O tema está alinhado com o que o presidente do TSE defende desde seu discurso de posse, quando destacou que “numa democracia, política é gênero de primeira necessidade”. Na ocasião, o ministro registrou a importância do engajamento da juventude e das mulheres na política com o objetivo sempre de promover a diversidade na vida pública do país.

 Artigo: A empatia está fora de moda




>>> Sobre o Café
>>> Sobre o Jornalista
>>> Cafeinado
>>> Maringá
>>> Política
>>> Economia
>>> Geral
>>> Entrevistas
>>> Artigos
>>> Imprensa

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição.

Ex-presidente Dorival Fidélis teve papel importante na história do Sismmar

26/07/2020_

Café com Jornalista – Maringá perdeu, neste sábado (25), o servidor municipal aposentado Dorival Fidélis, que lutava contra um câncer. O ex-dirigente sindical faz parte da história de lutas da categoria, tendo presidido o Sindicato dos Servidores Municipais de Maringá (Sismmar) por uma gestão, de 1996 a 1999.

Dorival Fidélis, ex-presidente do Sismmar. Café com Jornalista
Dorival Fidélis foi o segundo presidente da história do Sismmar – Foto: Reprodução
A foto de Fidélis, com as principais ações de sua gestão, está na galeria de presidentes do Sismmar, no hall de entrada da sede do sindical. Inaugurada em novembro de 2018, na gestão da ex-presidente Iraídes Baptistoni, a galeria foi uma das ações comemorativas dos 30 anos da entidade.


De acordo com o livro "Sismmar 30 Anos de Luta!", Fidélis teve papel importante na história da entidade. "Coube a ele o desafio de manter – após três mandatos de Claudemir Romancini – o espírito de lutas e o caráter combativo do sindicato. Naquela época, o prefeito [de Maringá] era Jairo Gianoto (PSDB)", diz trecho do livro.

Galeria ex-presidentes do Sismmar. Café com Jornalista
A galeria dos presidentes do Sismmar observado pela ex-presidente Solante Marega (à esq.) – Foto: Valter Baptistoni/Arquivo/Sismmar
Em declaração publicada no livro, o historiador da Universidade Estadual de Maringá (UEM) Reginaldo Dias lembrou que Gianoto "se blindava com o discurso da paz política", postura que dificultava a vida dos opositores. Isso incluía as demandas dos servidores municipais na gestão de Fidélis.

"Ainda assim, essas dificuldades foram dribladas pela gestão sindical da época. A credibilidade do sindicato junto à categoria foi mantida, tanto é que a gestão de Fidélis ajudou na manutenção da corrente Cutista na direção da entidade, com o retorno de Romancini à presidência [em 1999]", diz trecho do livro "Sismmar 30 Anos de Luta!" na página 53, dedicada à Fidélis.
Nas redes sociais, a página "Somos Todos Sismmar" – de ex-dirigentes ligados à CUT – publicou nota com condolências aos familiares e amigos. "Dorival foi presidente da entidade nos anos de 1996 a 1999, na gestão Cutista 'O Sismmar é Você'. Valoroso militante das causas sociais, sempre esteve na linha de frente em defesa da classe trabalhadora", disse a nota.


Ex-presidente do Sismmar, Solange Marega lembra que Fidélis foi um servidor da Secretaria Municipal dos Serviços Públicos (Semusp, antiga Saop) que amava o que fazia e que gostara do que era certo. "Ele trabalhou com meu pai na Semup, e sempre defendeu o servidor, tanto é que chegou à presidência do sindicato", diz.

Solange acrescenta que Fidélis era sério e que, por isso, algumas pessoas pensavam que ele era bravo. "Era um grande homem. Só acho que foi muito cedo defender os trabalhadores em outra dimensão, deixando pra nós o exemplo", comenta a ex-presidente. 


A atual diretoria do sindicato, presidido por Priscila Guedes, também publicou nota de pesar. "A gestão 'Sindicato é pra Lutar' presta suas mais sinceras condolências e solidariedades aos familiares e amigos", disse a nota, que informou o horário do velório e sepultamento, ambos ocorridos no sábado (25). 


>>> Sobre o Café
>>> Sobre o Jornalista
>>> Cafeinado
>>> Maringá
>>> Política
>>> Economia
>>> Geral
>>> Entrevistas
>>> Artigos
>>> Imprensa

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição.