"Jornalismo é publicar aquilo que alguém não quer que se publique. Todo o resto é publicidade" George Orwell

quinta-feira, 9 de julho de 2020

Brasil registra em junho mais de 653 mil pedidos de seguro-desemprego

09/07/2020_

Kelly Oliveira, Agência Brasil – Os pedidos de seguro-desemprego chegaram a 653.160 em junho, informou nesta quinta (9) o Ministério da Economia. O resultado representa uma queda de 32% na comparação com maio, em que foram contabilizados 960.309 requerimentos, havendo, portanto, uma diferença de 307.149. 

Na comparação com junho de 2019, com 508.886 pedidos, houve aumento de 28,4%.

Seguro-desemprego. Café com Jornalista
SP, MG e RJ tiveram o maior número de pedidos – Foto: Marcello Casal/Agência Brasil
Do total de pedidos de junho, 443.492 (67,9%) foram realizados via web, seja por meio do portal gov.br ou por meio da Carteira de Trabalho Digital.


Os três Estados com maior número de requerimentos foram São Paulo, com 199.066 pedidos; Minas Gerais, com 70.333, e Rio de Janeiro com 52.163 requerimentos. Quanto ao perfil dos solicitantes, 39,6% são mulheres e 60,4% homens. A faixa etária que concentrava a maior proporção de requerentes é de 30 anos a 39 anos de idade, com 32,1% dos pedidos. Em termos de escolaridade, 59,9% têm ensino médio completo.

Em relação aos setores econômicos, os pedidos estiveram distribuídos entre serviços (41,7%), comércio (25,4%), indústria (18,7%), construção (10,1%) e agropecuária (4,1%).


No ano

No acumulado de janeiro a junho, foram contabilizados 3.950.606 pedidos de seguro-desemprego. O número representa aumento de 14,8% em comparação com o acumulado no mesmo período de 2019, de 3.442.780 pedidos. Do total de requerimentos em 2020, 53,1%, o equivalente a 2.096.532, foram realizados pela internet, seja por meio do portal gov.br ou pela Carteira de Trabalho Digital.

No mesmo período de 2019, um percentual de apenas 1,4% dos pedidos (49.752) foi realizado via internet.

Livro Orfeu & Violeta. Amazon. Luiz Fernando Cardoso. Café com Jornalista

Atendimento

Segundo o Ministério da Economia, as superintendências regionais do Trabalho do governo federal ampliaram os esforços para garantir o atendimento não presencial aos cidadãos durante o período da pandemia da covid-19. Foram disponibilizados canais adicionais de atendimento remoto. Para dúvidas e esclarecimentos, o empregado pode acionar as superintendências por meio de formulário on-line.

 Leia as matérias publicadas no Café sobre os decretos municipais




>>> Sobre o Café
>>> Sobre o Jornalista
>>> Cafeinado
>>> Maringá
>>> Política
>>> Economia
>>> Geral
>>> Entrevistas
>>> Artigos
>>> Imprensa

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição.

Entidades representantes dos servidores lamentam morte do médico Jorge Karigyo por covid-19

09/07/2020_

Até o boletim desta quarta (8), Maringá registrou 25 óbitos pela covid-19 – doença respiratória causada pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2). Uma das recentes vítimas foi o médico Jorge Karigyo, que atendia na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Zona Sul e na Unidade Básica de Saúde (UBS) Quebec.

Médico Jorge Karigyo. Café com Jornalista
Médico Jorge Karigyo – Foto: Portal do Rigon
Entidades representantes da categoria, a Federação dos Sindicatos dos Servidores Municipais Cutista do Paraná (Fessmuc) e o Sindicato dos Servidores Municipais de Maringá (Sismmar) emitiram notas de pesar pela morte. O prefeito Ulisses Maia (PSD) também se manifestou.

"A Fessmuc recebe com imenso pesar a notícia sobre a primeira morte de um trabalhador municipal de Maringá vítima de coronavírus (covid-19). Prestamos nossa solidariedade aos familiares e amigos do servidor vítima do vírus e estendemos nossas condolências às outras 24 famílias que perderam seus entes queridos para essa terrível doença", manifestou-se a federação, em nota divulgada na página Somos Todos Sismmar.
Nas redes sociais, Ulisses enalteceu a atuação incansável dos profissionais da saúde na batalha contra o coronavírus. "Doutor Jorge Karigyo era um herói que partiu. Ele fará falta. Assim como as famílias e amigos sentem a perda das outras 24 vidas, da nossa gente, que não estão mais conosco", escreveu o prefeito.


Karigyo, 69 anos, foi internado em 29 de junho. Segundo informações da Prefeitura de Maringá, seu quadro piorou e ele precisou ir para a unidade de terapia intensiva (UTI), na terça (7). Diabético, o médico foi uma das cinco pessoas que morreram em decorrência da covid-19 nas últimas 24 horas (considerando o boletim de quarta, veja abaixo).

Boletim da covid-19 em Maringá. Café com Jornalista
Boletim registrou 64 novos casos de covid-19 – Fonte: PMM
Entre os cinco óbitos por covid-19 registrados no boletim desta quarta, apenas uma mulher, de 71 anos, que tinha comorbidades (neoplasia). Internada desde 19 de junho, ela morreu no último dia 5. A confirmação da morte por covid ocorreu apenas ontem.

As demais mortes foram de homens com 62, 85 e 87 anos. Todos tinham problemas cardiovasculares e dois também eram diabéticos, entre outras comorbidades. 


Cobranças

Além do pesar, as entidades cobraram mais segurança para os servidores municipais, em especial os da saúde, que estão na linha de frente no combate à covid-19. Segundo a Fesmmuc, desde o início da pandemia a federação "vem alertando e cobrando da administração e do Sismmar EPIs (equipamentos de proteção individual) para os trabalhadores do município".

O Sismmar disse que tem defendido o isolamento social como única forma de preservar vidas. No caso dos profissionais que combatem o vírus, o sindicato diz ter cobrado EPIs da Prefeitura. A entidade informa que chegou a Justiça e o Ministério Público do Trabalho para que essa medida de prevenção seja cumprida.

Livro Orfeu & Violeta. Amazon. Luiz Fernando Cardoso. Café com Jornalista

De acordo com o sindicato, até o momento, 225 profissionais da saúde de Maringá foram infectados pelo novo coronavírus (covid-19).

Ulisses pediu a união de todos no combate à covid-19. "Não há como sair dessa pandemia sem união. Já higienizamos espaços públicos. Criamos normas para reduzir a circulação de pessoas. Elaboramos fiscalizações especiais para conter aglomerações. Mas nada disso vai funcionar se nós não respeitarmos a vida", disse.




>>> Sobre o Café
>>> Sobre o Jornalista
>>> Cafeinado
>>> Maringá
>>> Política
>>> Economia
>>> Geral
>>> Entrevistas
>>> Artigos
>>> Imprensa

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição.