"Jornalismo é publicar aquilo que alguém não quer que se publique. Todo o resto é publicidade" George Orwell

quarta-feira, 1 de julho de 2020

20º decreto de Maringá na pandemia mantém bares fechados por mais sete dias

01/07/2020_

O prefeito de Maringá, Ulisses Maia (PSD), publicará no Órgão Oficial do Município (OOM), nesta quarta (1º), um novo decreto referente à pandemia do coronavírus (covid-19). O Decreto 919/2020 prorrogará por mais sete dias as medidas preventivas impostas pelos decretos municipais 862/2020 e 889/2020.

Maringá em alerta com a covid-19. Café com Jornalista
Maringá soma 18 óbitos pela covid-19 – Foto: Luiz Fernando Cardoso
O novo decreto valerá entre esta quinta (2) e 8 de julho. As principais medidas restritivas são o fechamento dos bares, que ficam autorizados a abrir apenas no horário do meio-dia para venda de refeições, e a exigência de que os ônibus do transporte público circulem apenas com passageiros sentados.

Este é o 20º decreto (leia aqui na íntegra) da Prefeitura de Maringá nesta pandemia – veja a lista com os documentos. O Café tem acompanhado as ações preventivas adotadas na cidade, confira as matérias relacionadas aqui.

Objetivo

De acordo com a Prefeitura, as medidas adotadas visam também ao distanciamento social, com estratégia de intercalação no horário de funcionamento de serviços, prevendo menor circulação de pessoas nas ruas no mesmo horário e no transporte público. O uso de máscara segue como item obrigatório, com seu descumprimento punido com multa. 


A Secretaria de Saúde permanece monitorando a evolução do coronavírus e suas consequências, como taxas de positividade e ocupação de leitos de UTIs e enfermarias, o que pode justificar a adoção de novas medidas restritivas a qualquer momento. Como disse anteriormente ao Café, se a situação piorar, Ulisses não descarta lockdown na cidade.

Livro Orfeu & Violeta. Amazon. Luiz Fernando Cardoso. Café com Jornalista

A decisão de manter os bares fechados em Maringá surge um dia após o governo do Estado baixar um decreto de amplo isolamento social em 134 das 399 cidades paranaenses. Nos municípios de sete regionais da Saúde, apenas serviços essenciais podem funcionar. 

Maringá não está incluída no decreto do governo do Estado, mas, caso o quadro da doença piore na cidade, isso não está descartado. De acordo com o boletim de terça (30), a Cidade Canção soma 18 óbitos pela covid-19 e 1.520 casos confirmados.




>>> Sobre o Café
>>> Sobre o Jornalista
>>> Cafeinado
>>> Maringá
>>> Política
>>> Economia
>>> Geral
>>> Entrevistas
>>> Artigos
>>> Imprensa

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição.

Conheça as medidas preventivas impostas do decreto estadual aos municípios de sete regionais de saúde do PR

30/06/2020_

Com AEN – Publicado pelo governo do Estado nesta terça (30), com o objetivo de conter o rápido avanço do novo coronavírus (covid-19), o Decreto 4.942/2020 impõe quarentena obrigatória a 134 cidades do Paraná. As medidas preventivas entraram em vigor nesta quarta.

Covid-19. Café com Jornalista
Decreto vale para sete das 22 regionais de saúde do Paraná
A principal medida adotada pelo governo é a suspensão das atividades não essenciais por 14 dias, prazo que poder ser prorrogado por mais 7 dias. A regra se aplica também a shoppings centers, galerias comerciais, comércio de rua, feiras livres, salões de beleza, barbearias, clínicas de estética, academias, clubes, bares e casas noturnas. 

Restaurantes e lanchonetes poderão atender somente no sistema drive-thru, delivery ou take away (retirada no balcão). O funcionamento do sistema buffet nas empresas deverá ser revisto ou suspenso para evitar a circulação do vírus.


Outras medidas

O funcionamento dos mercados e supermercados ficará restrito de segunda-feira a sábado, das 7h às 21h. O fluxo será limitado a 30% da capacidade total, devendo ser controlado com a distribuição de senhas. O acesso será limitado a uma pessoa da família. Crianças menores de 12 anos também não poderão entrar nesses estabelecimentos.

Também fica suspenso o funcionamento de serviços de conveniência em postos de combustíveis, exceto aqueles das rodovias, devido a escassez de serviços nessas regiões, e parques, praças, passeios, equipamentos de musculação e demais áreas de atividades coletivas ao ar livre.


O transporte público poderá atender somente os funcionários dos serviços considerados essenciais, e os veículos só poderão circular com quantidade limitada de assentos.

As prefeituras também poderão instalar barreiras sanitárias nos limites dos seus territórios. Os municípios podem, ainda, adotar medidas mais restritivas se julgarem necessário. Com regras rígidas de higiene e distanciamento social são regra até o término da pandemia.

O decreto também orienta que reuniões de caráter pessoal devem ser realizadas de maneira virtual e, quando imprescindíveis, com quantidade máxima de cinco pessoas, desde que com afastamento de dois metros entre si.

Livro Orfeu & Violeta. Amazon. Luiz Fernando Cardoso. Café com Jornalista

Fiscalização

Ficará a cargo da Secretaria de Segurança Pública, em parceria com as guardas municipais. Haverá multas para infratores, de R$ 106,60 (uma Unidade Padrão Fiscal do Paraná) a R$ 533 para pessoas físicas; e entre R$ 2.132 a R$ 10.660 para pessoas jurídicas. O valor poderá ser dobrado em caso de reincidência.


Saúde

Também serão suspensas todas as cirurgias eletivas ambulatoriais e hospitalares em face da escassez de medicamentos anestésicos e relaxantes musculares, preservando sua utilização para terapias intensivas e procedimentos emergenciais.

O disposto não se aplica a intervenções cardiológicas, oncológicas e nefrológicas, além de exames considerados essenciais por prescrição médica.


Preocupação

Segundo o boletim epidemiológico da Secretaria da Saúde, 77% dos casos e 69% dos óbitos foram registrados no Paraná em junho, na análise de novas confirmações em 24h até esta segunda-feira (29), o que mostra curva ascendente em alguns lugares. O Estado também registou o número mais alto de novos casos (1.536) e óbitos (36) em um único dia, nesta terça-feira (30).

A taxa de ocupação das UTIs também está alta no Paraná, em torno de 66%. Algumas macrorregionais de Saúde, no entanto, estão com lotação acima de 70%: Oeste e Leste. Segundo a Secretaria de Estado da Saúde, nove hospitais estão com capacidade máxima atingida.

"Nos últimos 15 dias tivemos um crescimento na velocidade de casos, o que culminou também com a diminuição do índice de isolamento social, que está baixo, menos de 40% durante a semana. Temos que buscar um índice entre 50% e 55%", disse o secretário estadual de Saúde, Beto Preto.




>>> Sobre o Café
>>> Sobre o Jornalista
>>> Cafeinado
>>> Maringá
>>> Política
>>> Economia
>>> Geral
>>> Entrevistas
>>> Artigos
>>> Imprensa

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição.

Saiba quais são as cidades obrigadas a cumprir a quarentena do governo do Paraná

01/07/2020_

Com AEN – Publicado pelo governo do Estado nesta terça (30), com o objetivo de conter o rápido avanço do novo coronavírus (covid-19), o Decreto 4.942/2020 impõe quarentena obrigatória a 134 cidades do Paraná. As medidas preventivas entraram em vigor nesta quarta.

Ratinho Junior na reunião que informou sobre o novo decreto. Café com Jornalista
Governador Ratinho Junior (PSD) na reunião que informou, nesta terça (30), sobre o novo decreto. Foto: Rodrigo Felix Leal/AEN
As cidades compreendidas pelo decreto estadual fazem parte de sete regionais de saúde: Cascavel, Cianorte, Cornélio Procópio, Região Metropolitana de Curitiba, Londrina, Foz do Iguaçu e Toledo. Às outras 15 regionais o governo recomenda (sem obrigação) a adoção das medidas previstas no decreto.

A quarentena, que suspente atividades não essenciais por 14 dias, pode ser prorrogada por mais sete. Haverá avaliações periódicas, e novas regionais podem ser enquadradas. Isso dependerá da evolução dos casos e dos critérios técnicos e científicos adotados.


Por enquanto, são obrigadas a cumprir o decreto as seguintes cidades:

Regional Metropolitana de Curitiba

Adrianópolis
Agudos do Sul
Almirante Tamandaré
Araucária
Balsa Nova
Bocaiúva do Sul
Campina Grande do Sul
Campo do Tenente
Campo Largo
Campo Magro
Cerro Azul
Colombo
Contenda
Curitiba
Doutor Ulysses
Fazenda Rio Grande
Itaperuçu
Lapa
Mandirituba
Piên
Pinhais
Piraquara
Quatro Barras
Quitandinha
Rio Branco do Sul
Rio Negro
São José dos Pinhais
Tijucas do Sul
Tunas do Paraná

Regional de Foz do Iguaçu

Foz do Iguaçu
Itaipulândia
Matelândia
Medianeira
Missal
Ramilândia
Santa Terezinha de Itaipu
São Miguel do Iguaçu
Serranópolis do Iguaçu

Regional de Cascavel

Anahy
Boa Vista da Aparecida
Braganey
Cafelândia
Campo Bonito
Capitão Leônidas Marques
Cascavel
Catanduvas
Céu Azul
Corbélia
Diamante do Sul
Espigão Alto do Iguaçu
Formosa do Oeste
Guaraniaçu
Ibema
Iguatu
Iracema do Oeste
Jesuítas
Lindoeste
Nova Aurora
Quedas do Iguaçu
Santa Lúcia
Santa Tereza do Oeste
Três Barras do Paraná
Vera Cruz do Oeste

Regional de Cianorte

Cianorte
Cidade Gaúcha
Guaporema
Indianópolis
Japurá
Jussara
Rondon
São Manoel do Paraná
São Tomé
Tapejara
Tuneiras do Oeste

Regional de Londrina

Alvorada do Sul
Assaí
Bela Vista do Paraíso
Cafeara
Cambé
Centenário do Sul
Florestópolis
Guaraci
Ibiporã
Jaguapitã
Jataizinho
Londrina
Lupionópolis
Miraselva
Pitangueiras
Porecatu
Prado Ferreira
Primeiro de Maio
Rolândia
Sertanópolis
Tamarana

Regional de Cornélio Procópio

Abatiá
Andirá
Bandeirantes
Congonhinhas
Cornélio Procópio
Itambaracá
Leópolis
Nova América da Colina
Nova Fátima
Nova Santa Bárbara
Rancho Alegre
Ribeirão do Pinhal
Santa Amélia
Santa Cecília do Pavão
Santa Mariana
Santo Antônio do Paraíso
São Jerônimo da Serra
São Sebastião da Amoreira
Sapopema
Sertaneja
Uraí

Regional de Toledo

Assis Chateaubriand
Diamante D'Oeste
Entre Rios do Oeste
Guaíra
Marechal Cândido Rondon
Maripá
Mercedes
Nova Santa Rosa
Ouro Verde do Oeste
Palotina
Pato Bragado
Quatro Pontes
Santa Helena
São José das Palmeiras
São Pedro do Iguaçu
Terra Roxa
Toledo
Tupãssi

Livro Orfeu & Violeta. Amazon. Luiz Fernando Cardoso. Café com Jornalista

Alto risco

Na reunião de terça (30), o governador Ratinho Junior (PSD) informou que os municípios abrangidos pelo decreto concentram 75% dos casos de infecção registrados no Paraná. Segundo o governador, com o inverno e a curva ascendente de contágio pelo novo coronavírus, é preciso "reativar o isolamento social para que esse sistema de saúde não colapse".





>>> Sobre o Café
>>> Sobre o Jornalista
>>> Cafeinado
>>> Maringá
>>> Política
>>> Economia
>>> Geral
>>> Entrevistas
>>> Artigos
>>> Imprensa

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição.