"Jornalismo é publicar aquilo que alguém não quer que se publique. Todo o resto é publicidade" George Orwell

segunda-feira, 8 de junho de 2020

Cafeinado: Consórcio de veículos de imprensa faz levantamento diário da covid-19

08/06/2020_

A falta de transparência do Ministério da Saúde – com ordem do presidente Jair Bolsonaro para restringir o acesso aos dados das mortes e do total de casos confirmados na pandemia – resultou numa parceria inédita. Os jornais Folha de S.Paulo, Estadão e O Globo, juntamente com os portais G1 e UOL, formaram um consórcio para a publicação do levantamento diário da covid-19

Com a pasta ocupada por militares após o esvaziamento de perfis técnicos, incluindo os dois ex-ministros médicos, Nelson Teich e Luiz Henrique Mandetta, os veículos passam a prestar o importante serviço de compilação dos dados das secretarias de saúde dos 26 Estados e do Distrito Federal. Pela falta de transparência, os boletins do Ministério da Saúde estão, agora, sob suspeição.

Por esse motivo, seguindo o exemplo de centenas (talvez milhares) de sites de notícias, o Café com Jornalista passa a se pautar pelo boletim diário divulgado pelo consórcio.

Mortes por coronavírus nos Estados. Café com Jornalista
Mortes por covid-19 nos Estados. Clique na imagem para ver os detalhes

Especialistas

Um dos motivos do Café na opção pelos dados dos veículos de comunicação foram as críticas de especialistas à postura do Ministério da Saúde. Ao Jornal Nacional desta segunda (8), Mandetta comparou a falta de transparência do governo Bolsonaro, na pandemia, ao que ocorre em ditaduras como da Coreia do Norte e da Venezuela, que fazem a maquiagem de dados ao bel-prazer. 

Boletim

Nas últimas 24 horas, o Brasil registrou 849 novas mortes e 19.631 novos casos de covid-19, somando agora 37.312 vítimas fatais e 710.887 infectados. O boletim do consórcio de veículos de comunicação, desta segunda (8), fechado às 20 horas, é baseado em informações coletadas das secretarias estaduais de saúde. 

Disparidade

O levantamento mais recente do Ministério da Saúde mostra que foram registrados 15.654 novos casos de covid-19 e 679 novas mortes. Segundo os jornais, a pasta não incluiu os números de Alagoas e Santa Catarina, alegando que as duas secretarias "não divulgaram os seus dados até o momento da conclusão do boletim". O curioso é que a Agência Brasil (ligada ao governo) omite essa informação na matéria sobre o boletim desta segunda.

Charge



Nova Zelândia 1

O Café já mostrou aqui na coluna o ótimo exemplo das governantes mulheres no combate ao coronavírus. Uma delas, a primeira-ministra neozelandesa Jacinda Ardern fez exatamente o oposto de Bolsonaro nesta pandemia. Ela levou a covid-19 a sério, ouviu as autoridades de saúde e colocou seu país num verdadeiro lockdown. "Gripezinha" nunca esteve no dicionário de lá.

Nova Zelândia 2

Resultado: o país da Oceania erradicou o coronavírus, tendo registrado apenas 22 mortes. Nesta segunda, Jacinda anunciou que o país volta ao normal após 17 dias sem nenhum novo caso de covid-19. Sem máscaras, sem distanciamento e com uma única restrição: a Nova Zelândia segue impondo o isolamento de 15 dias para quem entrar no país.

Livro Orfeu & Violeta. Amazon. Luiz Fernando Cardoso. Café com Jornalista

"Zé Carioca"

O empresário Luciano Hang, dono da Havan, parece ter gostado de ter sido chamado de "Zé Carioca" e "palhaço" pelo ideólogo Olavo de Carvalho – conforme análise do historiador Marco Antonio Villa (assista aqui). O empresário gravou vídeo em defesa do guru da família Bolsonaro que, na madrugada de domingo (7), detonou o atual governo por não ajudá-lo diante de ataques na web e processos judiciais.

Para refletir

Racismo é inveja. Café com Jornalista



>>> Saiba mais sobre o colunista
>>> Veja os destaques dos demais colunistas


>>> Sobre o Café
>>> Sobre o Jornalista
>>> Cafeinado
>>> Maringá
>>> Política
>>> Economia
>>> Geral
>>> Entrevistas
>>> Artigos
>>> Imprensa

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição.

Após cobrança do Sinttromar, empresa inicia teste de covid-19 nos motoristas

08/06/2020_

Do Sinttromar – As empresas TCCC (transporte urbano) e Cidade Verde (metropolitano) começaram a fazer a testagem do novo coronavírus (covid-19) nos motoristas. Desprovido de altruísmo, o procedimento ocorre somente depois de o Sindicato dos Motoristas Rodoviários de Maringá (Sinttromar) exigir os exames preventivos e de o assunto repercutir na imprensa.
 
Testagem covid-19 no Terminal Intermodal. Café com Jornalista
Testagem teve início nesta segunda (8) no Terminal Intermodal – Foto: Bandeirantes/Sinttromar

Na semana passada, um motoristada Cidade Verde, residente em Paiçandu, testou positivo para a covid-19. Ele trabalha numa linha da empresa contratada para levar trabalhadores para um abatedouro de Maringá. Aquele foi o primeiro caso confirmado da doença na categoria, ainda assim, não o suficiente para alertar a empresa.

Olavo detona Bolsonaro e ameaça derrubar 'essa merda de governo'

De imediato, o Sinttromar cobrou que todos os demais motoristas, que prestam o mesmo serviço, fossem testados, de modo a retirar da ativa, temporariamente, outros profissionais que porventura tenham sido infectados. O sindicato também pediu que a empresa desse toda a assistência ao trabalhador, de 45 anos, que está com a covid-19 – ele se recupera em casa.

No entanto, para espanto da diretoria do Sinttromar, na quarta-feira (3), a empresa se negou a receber uma notificação extrajudicial entregue por um sindicalista. Diante da relutância da empresa em assumir sua responsabilidade, o sindicato precisou encaminhar nova notificação cobrando providências da TCCC e Cidade Verde, desta vez via cartório.

☕ Caso do menino Miguel espanta pelo desprezo à vida


Livro Orfeu & Violeta. Amazon. Luiz Fernando Cardoso. Café com Jornalista

Por conta do elevado risco de contágio, o Sinttromar levou o caso à imprensa. “A empresa não tomando nenhuma providência, o sindicato vai tomar as ações jurídicas e políticas, incluindo até a paralisação total do transporte para cobrar que a empresa assuma a responsabilidade”, comentou o dirigente Emerson Viana Silva, em entrevista à rádio CBN.

☕ Ocultação do total de mortes pela covid-19 é abuso de autoridade

A CBN procurou a direção da empresa na quinta-feira (4), data em que a matéria foi ao ar, mas até aquele momento a empresa não havia definido quais medidas seriam tomadas.

Pressionada, e sob risco de uma paralisação da categoria, na sexta-feira (5), a direção das empresas TCCC e Cidade Verde (que pertencem a um mesmo grupo) informou em nota que realizaria o teste de covid-19, por amostragem, em 200 dos seus funcionários. Por meio de um convênio com o Sest/Senat, a testagem começou nesta segunda (8), no Terminal Intermodal.

☕ Leia as matérias do especial Maringá 73 anos



>>> Sobre o Café
>>> Sobre o Jornalista
>>> Cafeinado
>>> Maringá
>>> Política
>>> Economia
>>> Geral
>>> Entrevistas
>>> Artigos
>>> Imprensa

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição.