"Jornalismo é publicar aquilo que alguém não quer que se publique. Todo o resto é publicidade" George Orwell

sábado, 14 de março de 2020

Cafeinado: Dois anos depois, quem mandou matar Marielle?

14/03/2020

Parece repetitiva essa pergunta, mas não é. Neste sábado (14), completa dois anos anos da emboscada que matou a vereadora do Rio de Janeiro Marielle Franco (PSOL) e seu motorista, Anderson Gomes. Desde então, as investigações não apontaram o mandante do crime, o que levanta a suspeita de que gente muito poderosa esteja envolvida.

A data serve para reflexão. Se uma vereadora – uma pessoa com cargo eletivo, uma autoridade – é executada friamente, muito provavelmente por razões políticas, e o mandante segue solto, que mensagem isso passa para a sociedade? A impunidade é o principal combustível para a violência endêmica que assola o país.

Sob sigilo, as investigações apontaram apenas os dois acusados pela execução do crime, presos desde março de 2019 e aguardando julgamento pelo Tribunal do Júri, ainda sem data definida. São eles o policial Ronie Lessa, ex-integrante do Bope, e o ex-PM Élcio de Queiroz, que negam o crime. Será que um dia saberemos quem mandou matar? Será que esse alguém tem hoje imunidade parlamentar?

Imagem do documentário sobre Marielle produzido pela Globo
Balanço
O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) divulgou, nesta sexta (13), um balanço das investigações, informando que as buscas pelo mandante estão em curso. Segundo o MP, nesses dois anos já foram ouvidas mais de 200 testemunhas, além de solicitações de medidas cautelares, buscas e apreensões, perícias, entre outras ações.

Documentário
O assassinato ganhou as telinhas na produção "Marielle – o documentário", produzida pela Rede Globo para a plataforma de streaming Globoplay. São seis capítulos, sendo que o primeiro deles foi transmitido na TV aberta, quinta (12). A série inicia com relatos dos minutos anteriores ao assassinato. Neste sábado, vários atos pelo Brasil pedirão por justiça no caso Marielle.       


Campanha Salarial
Em assembleia geral realizada pelo Sindicato dos Servidores Municipais de Maringá (Sismmar) no Auditório Luzamor, na noite desta sexta (13), os servidores municipais aceitaram a proposta feita pelo governo Ulisses Maia (PDT) para os salários e para o vale-alimentação. Com isso, está encerrada a campanha salarial da categoria. Veja as propostas aprovadas aqui.

Bovo candidato
Está tudo acertado, inclusive a data. Jose Luiz Bovo será candidato a prefeito de Maringá pelo Podemos dos senadores Alvaro Dias e Oriovisto Guimarães, que estarão no lançamento da pré-candidatura do ex-secretário da Fazenda nas gestões Silvio Barros e Roberto Pupin. O evento será realizado em 21 de março, às 9 horas, no Sindicato dos Bancários. Antigo Partido Trabalhista Nacional (PTN), o Podemos utiliza o número 19. 

Prefeituráveis
A previsão do historiador Reginaldo Dias, de que Maringá terá um número recorde de candidatos a prefeito, deve mesmo se confirmar. Bovo é um exemplo disso, lançando-se à Prefeitura antes mesmo da definição do candidato apoiado pela família Barros. Se demonstrar viabilidade eleitoral, nada impede que ele mesmo, Bovo, receba esse apoio.

Novo livro
Por falar em Reginaldo Dias, o historiador e professor da Universidade Estadual de Maringá (UEM) está trabalhando em seu novo livro, sobre o Novo Centro de Maringá. São tantos os "pais" desse projeto que um apanhado histórico se faz necessário. "Participam quatro pesquisadores da área de história, geografia e urbanismo", comenta Dias. O lançamento está previsto para o fim do ano.

Altamir da Web
O vereador Altamir Antonio dos Santos (PSD), o Altamir da Lotérica, está mais ativo do que nunca nas redes sociais. Antigamente pouco assíduo na internet, agora, ele está com postagens diárias em seu perfil no Facebook, inclusive com vídeos no qual aparece comentando ações de seu mandato. Praticamente, um "Altamir da Web".

Candidatas
Nas chapas de vereadores, a legislação eleitoral exige o mínimo de 30% de candidatas mulheres. Contudo, o mesmo não ocorre na disputa majoritária. Em tempos de luta por mais representatividade nas mulheres na política, há o risco de Maringá não ter nenhuma candidata à Prefeitura nas eleições deste ano. Nesta sexta (13), Maria Iraclézia (DEM) garantiu ao Café que não disputará o pleito.

Sérgio Moro
Está confirmada para a próxima sexta (20) a homenagem da Unicesumar e do Rotary Club Maringá Leste ao ministro da Justiça, Sérgio Moro, que receberá o distintivo Paul Harris (safira 3) do Rotary International. A solenidade ocorrerá no ginásio objetivo, às 19 horas, com presença do ex-juiz maringaense (segundo a organização).

Coronavírus
A Secretaria de Saúde de Maringá elaborou uma videoaula sobre o protocolo de atendimento para casos suspeitas do novo coronavírus (Covid-19). No vídeo, a gerente de Epidemiologia, Jussara Titato, explica como o vírus surgiu, quais os procedimentos de recepção de pacientes, o tratamento indicado, cuidados no manejo das suspeitas e outros tópicos orientados pelo Ministério da Saúde.


Boa notícia I
O primeiro paciente diagnosticado com coronavírus no Brasil está curado, segundo informações do Comitê de Contingência do Coronavírus do Estado de São Paulo. Trata-se de um homem que contraiu o vírus na Itália e que foi tratado no Hospital Albert Einstein. Até o fim da tarde desta sexta (13), o Ministério da Saúde contabilizava 98 casos confirmados da doença, seis deles no Paraná. Não há mortes pelo Covid-19 no Brasil.

Boa notícia II
Orgasmos fortalecem o sistema imunológico, ajudando a prevenir o coronavírus. É o que informa matéria do site colombiano Blu Radio, baseado em estudo da Clínica Universitária de Essen, na Alemanha. Até o momento, a informação não foi desmentida por nenhum site especializado em fast-checking.

Fake News
É preciso ficar atento às notícias falsas envolvendo o coronavírus. Se o conteúdo parecer duvidoso, pesquise no Google informando o assunto seguido da palavra "boato". Aliás, alguns políticos não tiveram esse cuidado, caindo na fake news de que Cuba teria desenvolvido uma vacina contra o coronavírus. O ex-presidenciável Guilherme Boulos (PSOL) compartilhou o boato e, depois, se retratou.

Boulos, no Twitter
A verdade
Segundo matéria da Veja, na verdade, Cuba forneceu à China um medicamento, o Interfon alfa B2, que é utilizado no combate a problemas respiratórios e tem se mostrado eficaz no tratamento do novo coronavírus. No entanto, ainda não há no mundo nenhuma vacina capaz de evitar a doença. O Ministério da Saúde apresenta uma lista de fake news sobre o coronavírus, vale a pena conferir.

CNN Brasil
Estreia neste domingo (15), às 20 horas, o canal de TV por assinatura CNN Brasil. Com grandes nomes do jornalismo brasileiro, muitos dos quais ex-globais, como William Waack, surgirá para fazer frente à Globo News. Na Net (Claro TV), o canal 577 já está rodando ininterruptamente comerciais da CNN Brasil.

Stand-up
Sabadão! Para descontrair, nada melhor do que rir um pouco. Fechamos esta coluna com um stand-up do ótimo Fábio Rabin.





>>> Saiba mais sobre o colunista
>>> Veja os destaques dos demais colunistas


>>> Sobre o Café
>>> Sobre o Jornalista
>>> Cafeinado
>>> Maringá
>>> Política
>>> Economia
>>> Geral
>>> Entrevistas
>>> Artigos
>>> Imprensa

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



Artigo: Abraçar ou não abraçar Suzy: o que faria Jesus?

14/03/2020

* Por Rubem Almeida Mariano

Jesus disse aos apedrejadores de uma prostituta: "Quem não tem nenhum pecado, atire a primeira pedra"; e a um criminoso: "Ainda hoje estará comigo no paraíso". Sobre o polêmico abraço entre o médico Dráuzio Varella e uma apenada trans exibido no programa Fantástico (Rede Globo), o que faria Jesus?

Essas são passagens bíblicas muito conhecidas, devem concordar comigo, principalmente, os leitores da Bíblia.

Interpretação do momento em que Jesus salva a vida da prostituta que seria apedrejada: "Quem não tem nenhum pecado, atire a primeira pedra"
Interpretação do momento em que Jesus salva a vida da prostituta que seria apedrejada: "Quem não tem nenhum pecado, atire a primeira pedra"
Apresento essas passagens bíblicas para refletir sobre a atitude de centenas de pessoas e milhares de robôs programados para criticar, de forma veemente, o médico Dráuzio Varella pelo fato dele ter dado um abraço em uma criminosa, de nome Suzy, uma transexual. Ela se encontra presa, pagando pelos seus crimes, conforme prescreve o Código Penal Brasileiro. Após ser julgada, tendo sido culpada, foi condenada a cumprir sua pena em regime fechado, num presídio.

Quero ressaltar – pois nem sempre o óbvio é tão óbvio assim – que nós, cristãos e cristãs, que cremos na graça e no amor de Deus, simples assim, não compactuamos ou aprovamos ou, melhor ainda, repudiamos veementemente toda e qualquer ação criminosa. Não concordamos com quaisquer atos antiéticos, ilegais e ilícitos ou crimes de psico ou sociopatas, mas entendendo que, numa sociedade democrática de direitos, toda e qualquer pessoa que nascer nesta terra tem amplos direitos à defesa, segundo a nossa Constituição, a Carta Cidadã.

Contudo, é profundamente estarrecedor saber que há pessoas que se intitulam cristãs piedosas, tementes a Deus e seguidoras de Jesus Cristo, seja ela católica ou evangélica, tendo uma atitude de escarnecer publicamente seja ele quem for, crente ou ateu, pela atitude de dar um abraço numa pessoa como símbolo de solidariedade ao sofrimento daquela pessoa: refiro-me ao abraço entre um médico e uma criminosa. Sem dúvida, é muito difícil concebermos, principalmente, quando se sabe da violência do crime cometido pela apenada.

Momento do abraço de Dráuzio em Suzy, em reportagem exibida pelo programa Fantástico (Globo)
Pondere comigo: será que esquecemos ou faltamos às aulas de catequese ou de discipulado, onde “supostamente” aprendemos que o Senhor Jesus Cristo conversou, e não somente isso, mas comeu, bebeu, foi à casa de pessoas desqualificadas, guerrilheiras, prostitutas, criminosas e até corruptas – os políticos da época, eles não eram criminosos? –. Jesus foi mais ousado ainda, fez amizade com toda essa gente. Loucura!

Jesus se sentia muito à vontade para falar com as pessoas desse “naipe”, um criminoso, por exemplo, que havia sido julgado e condenado pela Justiça romana a ser executado (pena de morte de cruz), assim como Jesus foi também condenado (eu acredito que Jesus foi condenado injustamente). Ressalto, porém, que não existe um único cristão, no mundo inteiro, que não acredite que Jesus foi condenado e morto de forma injusta. Todos nós cremos assim. Mas, certamente, quem não é cristão pode até afirmar: “Se foi condenado é porque devia”. Você já pensou nisso?

Mas Jesus, diante da atitude de arrependimento daquele criminoso, que havia sido condenado pela Justiça, disse: "Ainda hoje estarás comigo no Paraíso". Como assim? Que critério Jesus usou para contrariar a Justiça romana, a qual é norma normata do Direito até aos nossos dias?

Sinceramente, acredito que aqueles que se dizem cristãos e apedrejaram o dr. Dráuzio, que é um médico, certamente nunca haviam lido ou ouvido essa história ou não conhecem as tantas histórias de Jesus e a sua proposta libertadora de uma nova vida para o ser humano. Esquecemos que a Justiça pode falhar?

Por isso, nessa perspectiva, cabe questionar: que cristianismo é esse que está sendo propagado com uma mensagem “do não amor ao próximo”, a ponto de dizer que não há absolutamente nenhuma possibilidade de saída para o ser humano, seja ele quem for, de reconstruir a sua vida e existência.

A verdade tem de ser dita: não se pode considerar que uma pessoa seja seguidora de Jesus Cristo, o salvador do mundo, e negue essa possibilidade: “Todos pecaram e carecem da Glória de Deus”, e o novo mandamento que nos foi dado pelo próprio Jesus: "Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo."

Seja quem for, pessoa de bem, do lar e recatada, ou um cristão de direita ou nós, cristãos de esquerda, sempre, todos nós teremos que nos arrepender e viver segundo o evangelho, se assim se quisermos ser seguidores fieis de Jesus. Há uma boa notícia aos que estão cansados, oprimidos e sobrecarregados pelos seus pecados: uma vida nova, mudança de direção, a favor da vida, no seu sentido mais amplo possível!

Por isso, quem tem ouvido ouça, o que diz Espírito à Igreja e à sociedade: "Quem não tem pecado atire a primeira pedra", e mais: "Pegue a sua cruz e siga o Senhor Jesus!". O Espírito Santo está nos dizendo: viva de fato o projeto de Jesus em seu dia-a-dia!

Por que todo aquele que nele crê (mensagem para nós cristãos), ou seja, necessariamente devem viver como Jesus viveu, aí sim, este será salvo! Porque bandido (político, militante, militar, médico, psicólogo, pastor e padre) bom, nessa perspectiva, é bandido arrependido e transformado pelo amor que vem do Senhor Jesus, em ações de testemunho vivo e de novas práticas que revelam a sua transformação a favor da vida!

Lembremos o que o apóstolo Paulo disse, no fim de sua carreira apostólica, em Gálatas: “Eu sou o maior pecador entre todos os pecadores”. Assim, inclusive, ele se considerava mais pecador do que o Dr. Dráuzio e a criminosa Suzy. Pergunto, diante disso: você acha que o apóstolo Paulo foi um indigno, um nojento, um excremento, um desprezível, escória ou qualquer coisa parecida? Certamente, não! Mas ele, Paulo, com sua visão celestial em Jesus Cristo, tinha a clareza de sua condição humana diante de Deus e dos outros seres humanos.

Pense nisso! Difícil? Também acho. Mas é simples assim. Um forte e caloroso abraço da paz, em Cristo Jesus, nosso Senhor para você e sua família!


* Teólogo, filósofo e psicólogo e mestre em Ciências da Religião, Mariano é autor dos livros "Alcoolismo e Pastoral" (Editora Voz) e "Aconselhamento Cristão" (Editora Unicesumar). Atualmente, cursa doutorado em História pela Universidade Estadual de Maringá (UEM).



>>> Sobre o Café
>>> Sobre o Jornalista
>>> Cafeinado
>>> Maringá
>>> Política
>>> Economia
>>> Geral
>>> Entrevistas
>>> Artigos
>>> Imprensa

* Os artigos não refletem, necessariamente, a opinião do Café com Jornalista, que os reproduz em exercício da atividade jornalística e amparado pela liberdade de expressão. (Do editor)



Assembleia dos servidores aceita 4,3% de reajuste e encerra campanha salarial

14/03/2020

Em assembleia geral realizada pelo Sindicato dos Servidores Municipais de Maringá (Sismmar) no Auditório Luzamor, na noite desta sexta (13), os servidores municipais aceitaram a proposta feita pelo governo Ulisses Maia (PDT) para os salários e para o vale-alimentação. Com isso, está encerrada a campanha salarial da categoria.

Com o Sismmar proibido de usar o plenário da Câmara, a assembleia desta sexta (13) e as anteriores da campanha salarial foram realizadas no Auditório Luzamor
Com o Sismmar proibido de usar o plenário da Câmara, a assembleia desta sexta (13) e as anteriores da campanha salarial foram realizadas no Auditório Luzamor
Em decisão dividida, a categoria aceitou a reposição salarial de 4,3%, equivalente à inflação de janeiro do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que baliza as negociações da categoria. O percentual ficou bem abaixo do reajuste de 14,11% aprovado na primeira assembleia, em 27 de fevereiro.

Em 16 anos, servidores tiveram ganho real três vezes; veja o histórico

No vale-alimentação, a categoria reivindicava o aumento dos atuais R$ 337,50 para R$ 500, com redução da contrapartida de 18,5% para 1%. No entanto, a proposta aprovada nesta sexta resultou em reajuste de 10%, sem alteração da contrapartida. Com isso, o vale passará a ser de R$ 371,25 bruto (R$ 302,57 líquido). Havia ainda o pedido de auxílio saúde para aposentados, o que não foi contemplado.

Apresentadas pela presidente do Sismmar, Priscila Guedes, as propostas trazidas da mesa de negociação com a administração, horas antes, foram duramente criticadas pela ex-dirigente Cibele Campos e pela ex-presidente Iraídes Baptistoni. "Se eu não estivesse aqui, não iria acreditar", disse Cibele, sob aplausos, a respeito do resultado das negociações com o governo.

O principal alvo das críticas foi a fala de uma das advogadas do Sismmar que, na primeira assembleia da campanha salarial, defendera o reajuste de 14,11%, o qual estaria baseado em estudos do Instituto Latino Americano de Estudos Socioeconômicos (Ilaese). "Vocês [direção sindical] se comprometeram a colocar o estudo no site [do Sismmar], e não colocaram", reclamou Iraídes. "Nós [oposição] poderíamos ter analisado esse estudo", disse.

No vale-alimentação – que, ao contrário dos salários, não impacta na folha de pagamento da Prefeitura – o reajuste de 10% foi considerado ruim. Segundo Cibele, havia a expectativa de um avanço maior, o que poderia ter ocorrido com a redução na contrapartida. Caso ela tivesse sido reduzida de 18,5% para 1%, como reivindicava a categoria, o valor líquido do benefício passaria a ser de R$ 367,54 (R$ 65 a mais que o líquido aprovado pela assembleia).

Nem todas as falas foram contrárias às propostas da administração. A ex-presidente Solange Marega lembrou que a lei eleitoral proíbe o governo de conceder qualquer tipo de vantagem após 3 de abril. "Se a gente continuasse negociando, seria apenas até o fim deste mês", disse. "Penso que, neste momento, temos de aceitar essa proposta, para negociar ganhos no primeiro e segundo ano do [próximo] governo", acrescentou.

Poderia ser pior: proposta apresentada no telão informou que o INPC de fevereiro fechou em 3,92%
Parte dos servidores presentes à assembleia deixou o Auditório Luzamor frustrada. Foi o caso do servidor do Hospital Municipal de Maringá Gilson Moreira da Silva. "Estou muito entristecido por essa decisão. Uma minoria foi contra porque, no nosso entender, dava para conquistar um pouco mais, ao menos na contrapartida do vale-alimentação", comentou.

O Café com Jornalista não cobriu in loco a assembleia, mas recebeu de fontes vários áudios dos argumentos prós e contra a proposta da administração. Até a publicação desta matéria, à 00:35, o site do Sismmar não havia publicado o resultado da assembleia (concluída por volta das 20h30).




>>> Sobre o Café
>>> Sobre o Jornalista
>>> Cafeinado
>>> Maringá
>>> Política
>>> Economia
>>> Geral
>>> Entrevistas
>>> Artigos
>>> Imprensa

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)