quinta-feira, 17 de dezembro de 2020

Salário mínimo de 'incríveis' R$ 1.088 segue para sanção do presidente Bolsonaro

 17/12/2020_

Café com Jornalista, com Agência Brasil – Ao que tudo indica, o salário mínimo nacional passará dos atuais R$ 1.045 para R$ 1.088 em 2021. O reajuste, sem ganho real, o equivalente a um saco de arroz a mais para o trabalhador assalariado ao fim do mês. 

Salário mínimo de 2021 será de 'incríveis' R$ 1.088
Novo valor teve apenas reajuste pela inflação
O valor proposto pelo governo na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) repõe a inflação do salário mínimo pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). A lei, que já havia sido aprovada pela Câmara dos Deputados, passou também no Senado Federal, sendo encaminhada agora para sanção do presidente da República, Jair Bolsonaro.


A LDO define as metas e prioridades do governo para o ano seguinte, orienta a elaboração da lei orçamentária anual e fixa limites para os orçamentos dos poderes Legislativo e Judiciário e do Ministério Público.

A regra que previa aumento real, ou seja, acima da inflação, deixou de vigorar em 2019, primeiro ano o governo Bolsonaro.


Livro Orfeu & Violeta. Amazon. Luiz Fernando Cardoso. Café com Jornalista

>>> Eleições 2020

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição. 
Merece:

0 comentário(s):

Postar um comentário