quarta-feira, 23 de dezembro de 2020

Malha cicloviária de Maringá vai chegar a 55 km com novas ciclovias

23/12/2020_

Café com Jornalista, com PMM – Para incentivar o transporte individual e não poluente, a Prefeitura de Maringá estuda a implantação de novos 15 km de ciclovias. Atualmente, a malha cicloviária já conta com 40 km (entre ciclovias e ciclofaixas) – com várias delas já precisando de reparos, como a da Avenida Brasil, no trecho da Vila Operária.

Bicicletário na Avenida Brasil - Foto: Aldemir de Moraes/PMM
Secretário de Mobilidade Urbana, Gilberto Purpur conta que as próximas ciclovias a serem construídas serão as das avenidas Riachuelo, Mario Clapier Urbinati, Tuiuti e Guaiapó. A três primeiras têm obras para 2021 e a última, para 2022.

"A ciclovia da Riachuelo já está licitada, e começa nos próximos dias. Outro projeto pronto é a da Mario Urbinati. E o da Tuiuti está quase concluído, faltando apenas o projeto de iluminação. A Guaiapó será a próxima a ter estudos realizados", relata Purpur.
Principal avenida no sentido norte-sul da Vila Operária (Zona 3), a Riachuelo ganhará ciclovia em toda sua extensão: da Avenida Brasil ao Largo Senadinho, na Juscelino Kubitschek. Segundo a Prefeitura, essa ciclovia integra um conjunto de obras executadas no bairro, como a reforma da praça Emiliano Perneta (onde fica a Igreja São José) e a implantação do projeto Meu Campinho no Brinco da Vila.


Bicicletários

Segundo matéria do site da Prefeitura, investimentos também estão sendo feitos em bicicletários, incluindo os distritos de Iguatemi e Floriano. "Já são quase vagas para bicicletas disponíveis pela cidade", informa a Semob.

Os bicicletários estão sendo instalados nos novos pontos de ônibus, em canteiros de avenidas, no Terminal Intermodal, na rodoviária, nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), teatros, unidades do Meu Campinho, praças, entre outros espaços públicos.


Livro Orfeu & Violeta. Amazon. Luiz Fernando Cardoso. Café com Jornalista

>>> Eleições 2020

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição. 

0 comentário(s):

Postar um comentário

Editor

Minha foto
Graduado em Jornalismo e pós-graduado em Jornalismo Digital, o editor do Café com Jornalista tem 20 anos de experiência na profissão. Especialista na cobertura de política, o jornalista trabalhou nos jornais Diário do Sudoeste, Jornal de Beltrão, Diário do Norte, O Diário de Maringá e Notícias do Dia, onde foi editor-chefe. Foi estagiário na Deutsche Welle (DW), em Bonn (Alemanha), e colaborador da Folha de S.Paulo e Gazeta do Povo. É escritor autor de três e-books: Orfeu e Violeta, Quero Café! e Nas Curvas de Maringá (pesquise na Amazon). Siga no Twitter: @LF_jornalista