terça-feira, 17 de novembro de 2020

Sidnei Telles ficou com a última vaga das sobras por diferença de 121 votos

17/11/2020_

Café com Jornalista – Com 414 candidatos a vereador homologados para o pleito deste ano, as 15 vagas da Câmara de Maringá tiveram uma concorrência de 27,6 candidatos por vaga. A analogia com o vestibular serve para ilustrar uma das principais dificuldades que, segundo o vereador Sidnei Telles (Avante), marcaram as eleições deste ano.

"Foi uma eleição diferente, onde vereadores que representam segmentos tiveram dificuldades (...). Passamos de um pouco mais de 250 para mais de 400 candidatos, o que tornou difícil para a população sequer reconhecer o nome das pessoas [candidatos]", disse Telles.

Vereador de Maringá Sidnei Telles (Avante). Café com Jornalista
Veja a fala de Sidnei Telles na sessão – Foto: Marquinhos Oliveira/CMM
O vereador do Avante foi um dos reeleitos a discursar na tribuna da Câmara, nesta terça (17), primeira sessão ordinária da Câmara de Maringá após as eleições. Décimo primeiro colocado no pleito, o engenheiro civil obteve 2.039 votos.

Telles falou da alta concorrência com a propriedade de quem obteve a última das vagas das sobras por apenas 121 votos. Essa foi a diferença de votos da primeira cadeira do Avante – que não atingiu o quociente eleitoral – para uma eventual segunda vaga do Podemos, que elegeu Altamir da Lotérica e acabou ficando com Jean Marques na primeira suplência. O cálculo é do assistente legislativo Adriano Marquioto, especialista em Política e Eleições.


Outra dificuldade mencionada por Telles foi a covid-19. "Isso [pandemia] nos afastou de falar com a população e de contar o que a gente tinha feito. Essa foi a nova realidade", comentou.

O vereador também criticou o discurso sem embasamento da "renovação pela renovação", algo muito recorrente nas redes sociais. Segundo Telles, a Câmara de Maringá foi marcada por grandes debates, e isso foi reconhecido por "uma votação bastante considerável". 

Ao fim de sua fala, o vereador parabenizou o candidato a prefeito Rogério Calazans (Avante). Com pouquíssimo tempo de TV, Calazans foi o oitavo colocado na disputa pela Prefeitura de Maringá, somando 3.065 votos (1,69%). 



Cobertura da apuração



>>> Sobre o Café
>>> Sobre o Jornalista
>>> Cafeinado
>>> Maringá
>>> Política
>>> Economia
>>> Geral
>>> Entrevistas
>>> Artigos
>>> Imprensa

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição. 
Merece:

0 comentário(s):

Postar um comentário