sexta-feira, 13 de novembro de 2020

Artigo: Por uma Maringá com vereadoras na Câmara Municipal

13/11/2020_

Por Tânia Tait* – Infelizmente, a Câmara Municipal de Maringá tem ZERO vereadoras na atual Legislatura. Apenas uma mulher (suplente) assumiu a vereança, por dois meses, em substituição ao vereador titular que foi candidato a deputado estadual.
 
É incompreensível que uma cidade com mais de 420 mil habitantes, com uma população feminina de 52%, não tenha representantes no Legislativo.

Card do Movimento Mais Mulheres no Poder Maringá
As mulheres atuam em todos os setores da sociedade e, ainda, são as que mais acompanham os filhos nas reuniões das escolas, cuidam dos doentes das famílias, usam o transporte coletivo e movimentam a economia local e do centro das cidades. Entretanto, as mulheres não estão na Câmara de Vereadores, que é o local onde as leis sobre o funcionamento de cada serviço são aprovadas. Assim, nós mulheres nos tornamos "invisíveis" na sociedade.

Mesmo detendo o conhecimento dos serviços, sabendo dos problemas e das soluções, as mulheres precisam se organizar muito para serem ouvidas e atendidas. Certamente, quando temos vereadoras, ganhamos tempo na etapa de convencimento e de explicação das nossas necessidades.

Por mais que alguns vereadores nos atendam bem nas solicitações do Conselho da Mulher ou das entidades de direitos da mulher, nós não nos sentimos representadas como mulheres, pois na composição do Legislativo maringaense vemos apenas homens discutindo os problemas da cidade.

A representatividade é fundamental para a busca da igualdade de direitos entre mulheres e homens, para que as demandas das mulheres estejam na ordem do dia e sejam respeitadas. Portanto, mulheres, sejamos decididas! 

Pense na situação das mulheres que necessitam do atendimento público na saúde, educação e moradia; na situação das mulheres vítimas de violência, que precisam de rede de atendimento aperfeiçoada cada vez mais; pense nas leis que facilitam a vida das mulheres no transporte público, na mobilidade urbana ou no meio ambiente.


Escolha uma mulher pra votar para vereadora. A menos que um candidato a vereador seja o único candidato do partido que você é filiada, seja seu irmão, parente, marido ou coisa parecida, você não tem motivo e nem precisa votar nele. Muitas mulheres estão preparadas para nos representar na Câmara, pois conhecem bem a nossa realidade. 

Livro Orfeu & Violeta. Amazon. Luiz Fernando Cardoso. Café com Jornalista

Eleger vereadoras é sanar essa lacuna vergonhosa que marcou a atual Legislatura, sem mulheres. Afinal, temos o direito de ocupar esse espaço da elaboração e aprovação de leis, e de fiscalização do poder público municipal.


Esperamos que, ao fim da apuração deste 15 de novembro, a nossa representatividade enquanto mulheres esteja restabelecida na Câmara Municipal de Maringá. Por todas nós!


*Coordenadora da ONG Maria do Ingá Direitos da Mulher, Tania Tait é escritora e professora aposentada da UEM, com doutorado em Engenharia de Produção pela UFSC e pós-doutorado em História pela UEM. Seu mais recente livro é "As Mulheres na Luta Política" (2020).

Outros artigos

☕ Coronavírus, inteligência emocional, convivência dentro de casa
☕ Abraçar ou não abraçar Suzy: o que faria Jesus?
☕ Reportagem de Drauzio para o Fantástico cometeu três erros crassos


>>> Sobre o Café
>>> Sobre o Jornalista
>>> Cafeinado
>>> Maringá
>>> Política
>>> Economia
>>> Geral
>>> Entrevistas
>>> Artigos
>>> Imprensa

* Os artigos não refletem, necessariamente, a opinião do Café com Jornalista, que os reproduz em exercício da atividade jornalística e amparado pela liberdade de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição. 
Merece:

0 comentário(s):

Postar um comentário