sexta-feira, 2 de outubro de 2020

Cafeinado: TSE reúne nove agências de fact-checking em ofensiva contra fake news nas Eleições 2020

02/10/2020_

Numa ação sem precedentes no combate às fake news, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) firmou parceria com nove agências de fact-cheking: AFP, Agência Lupa, Aos Fatos, Boatos.org, Comprova, E-Farsas, Estadão Verifica, Fato ou Fake e UOL Confere.

A ofensiva contra as notícias falsas foi batizada pelo TSE de "Coalizão para Checagem - Eleições 2020". O objetivo é identificar os boatos eleitorais e encontrar, da forma mais ágil possível, respostas verdadeiras e precisas. As checagens serão publicadas na página Fato ou Boato, que já está no ar.

Site Fato ou Boato
Site Fato ou Boato

É boato

"É falso que 7,2 milhões de votos foram anulados pelas urnas na eleição de 2018", diz uma das chamadas da página Fato ou Boato. A chamada é acompanhada de uma série de links (com logos) para matérias das agências que já desmentiram o boato em questão. Vale a pena conferir.

Má-fé

Fake news são notícias falsas criadas com o intuito de prejudicar terceiros ou de desinformar a população de forma deliberada. Nem sempre quem as compartilha o faz por má-fé. Às vezes, trata-se de pura ignorância. Quando você se deparar com a fake divulgada por um conhecido, informe-o a respeito, compartilhando o link de notícias desmentindo o boato. Se a pessoa se recusar a deletar a postagem, mesmo informado que se trata de notícia falsa, não restará dúvida de que a fake foi compartilhada de má-fé.

Imprensa

Na cerimônia de formalização da "Coalizão para Checagem", o presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, destacou o papel da imprensa e das agências de checagem para promover eleições limpas. O esforço conjunto, disse o ministro, tem o objetivo de minimizar o impacto da desinformação – veja aqui como foi o lançamento.

Debate na Band

A TV Maringá (Band) realizou, na noite desta quinta (1º), debate entre os prefeituráveis Akemi Nishimori (PL), Homero Marchese (Pros), Evandro Oliveira (PSDB), Eliseu Alves Fortes (Patriota), Dr. Batista (Democratas) e Valdir Pignata (Cidadania). O confronto entre os demais candidados ficou para a próxima quinta (8). O debate pode ser assistido aqui

Formato

Confesso que eu estava ansioso pelo formato proposto pela TV Maringá para o debate, com cada um dos candidatos tendo um bloco inteiro para responder às perguntas dos adversários. O formato permitiu o confronto direto entre todos os prefeituráveis, o que, no entanto, não ajudou a produzir fortes emoções. Salvo algumas perguntas mais apimentadas de Eliseu Fortes, o debate foi morno. 

Quem perdeu?

Na manhã seguinte ao debate da TV Maringá (Band), as inevitáveis perguntas nos bate-papos de política: Quem venceu? Quem perdeu? Não ousaria apontar um perdedor, apenas que eu esperava um pouco mais da participação de Akemi, Evandro Oliveira e Pignata. Este, aliás, ficou em saia justa quando confrontado por Fortes sobre o apoio dado à renovação do contrato da TCCC (transporte coletivo urbano) por 20 anos, renováveis por mais 20. O ideal, à época, teria sido a quebra do monopólio.

Quem ganhou?

Se eu preferisse pensar com fígado, pelos ataques sofridos há alguns anos pelo ex-vereador (no exercídio do jornalismo), teria todos os motivos para apontar Marchese como perdedor. Mas a crítica política não deve ser passional. Penso que o deputado estadual do Pros venceu o debate por ter sido aquele, entre os prefeituráveis, que mais se preocupou em apresentar dados. Marchese demonstrou, ainda, ter se preparado melhor para o confronto que seus adversários. Deu azar de cair numa data ruim. 

Prefeito

A presença de quem disputa a reeleição torna o debate mais interessante. O prefeito Ulisses Maia (PSD) certamente ouvirá dos adversários perguntas sobre promessas não cumpridas. O debate de quinta (8), que promete bem mais, contará também com a presença de Rogério Calazans (Avante), Carlos Mariucci (PT), Professor Edmilson (Psol), José Luiz Bovo (Podemos) e Coronel Audilene (PP). Dos nove candidatos a prefeito de Maringá, apenas Annibal Bianchini (PTC) ficará de fora. Seu partido não conquistou representatividade no Congresso na Eleição de 2018. 

Sua opinião

A opinião sobre o desempenho dos candidatos no debate é muito pessoal e, como tal, não consiste numa verdade absoluta. Por isso, a coluna quer saber qual sua opinião sobre quem venceu e quem perdeu o debate desta quinta (1º) da TV Maringá. Opine escrevendo nos comentários desta matéria ou, ainda, nas redes sociais. 

Feira

Aberta a temporada de políticos comendo pastel na feira. A sugestão aos marqueteiros dos candidatos que não são lá muito dados às guloseimas dos pobres – como aquele fabuloso pão com ovo na chapa, com cafezinho no copo americano – é evitar essa "estratégia" nas eleições. O risco de virar meme é alto.

O famoso meme do pastel de feira

Vacina

Tem bolsonarista com dor de cotovelo com a notícia de que o governo de São Paulo começará a vacinar os paulistas, contra o novo coronavírus, em 15 de dezembro deste ano. O contrato com a chinesa Sinovac foi assinado pelo governador João Doria (PSDB) na quarta (30). Pra que a preocupação? Quem tem cloroquina e toma ozônio no *** não precisa de vacina. 

Pode isso?

Vereador Dr. Jamal (PSB) foi flagrado num supermercado de Maringá sem máscara, que é item obrigatório na pandemia. Ao invés de pedir desculpas pelo péssimo exemplo, buscou na Justiça liminar para obrigar o comunicador Gilmar Ferreira a deletar a notícia de seu site. O vereador, que é médico, não obteve êxito em sua tentativa, como reporta o jornalista Angelo Rigon. Teria sido mais fácil pedir desculpas. 



>>> Sobre o Café
>>> Sobre o Jornalista
>>> Cafeinado
>>> Maringá
>>> Política
>>> Economia
>>> Geral
>>> Entrevistas
>>> Artigos
>>> Imprensa

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição. 
Merece:

0 comentário(s):

Postar um comentário