sábado, 19 de setembro de 2020

Onze partidos completam chapa para vereador em eleição com recorde de candidatos

19/09/2020_

Café com Jornalista – Os 24 partidos políticos com chapas para a disputa das eleições proporcionais, em Maringá, somam 416 candidatos a vereador. Do total de legendas, 11 delas (46%) homologaram nas convenções o número máximo de 23 candidatos permitidos pela legislação eleitoral. O levantamento é do cientista político Tiago Valenciano.

Campanha só pode ser feita a partir de 27 de setembro
Os partidos com chapa completa de vereador são: Progressistas, PT, PSL, Podemos, PSC, PL, PTC, Patriota, PSD, Avante e Pros. A lista de siglas na disputa por cadeiras na Câmara de Maringá tem ainda: PDT (22 candidatos), PSB (22), PTB (21), Republicanos (20), Democratas (20), MDB (19 candidatos), Rede (17), PRTB (6), Novo (5), Cidadania (4), PSDB (4), Psol (3) e PCdoB (2).


As 24 legendas disputarão a preferência dos 279.500 maringaenses aptos a votar, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O total de 416 candidatos a vereador supera em 23,8% o recorde anterior, de 2012, quando 336 nomes disputaram uma das 15 vagas na Câmara de Maringá.

O número de prefeituráveis também é recorde, com 13 nomes na disputa, como já havia mostrado o Café com Jornalista. Veja o histórico de candidaturas em Maringá no infográfico abaixo.

Segundo Valenciano, um dos motivos que levou mais da metade das legendas a não completarem a lista de 23 candidatos é a falta de candidatas mulheres em seus quadros. Pela regra do percentual de gênero (70% / 30%), por exemplo, um partido que tenha apenas seis candidatas poderá lançar um total de 20 candidatos (na soma dos gêneros) no máximo.

"A lei prevê que pelo menos 30% das vagas destinadas à Câmara Municipal sejam de um dos gêneros. Na conta de Maringá, para simplificar, é assim: uma mulher a menos, dois homens a menos. Por isto, essa dificuldade [de completar a chapa com 23 nomes]", diz Valenciano.
Para o cientista político, outro motivo que resultou em chapas minguadas pode ter sido o alto custo de uma campanha eleitoral. Segundo Valenciano, os recursos do fundo eleitoral nem sempre são suficientes e, aí, o candidato precisa tirar do próprio bolso para realizar a campanha.

Outros limitadores foram a redução no período entre o prazo de filiação e a data da convenção, e a obrigatoriedade de chapas próprias. Esta será a primeira eleição sem a possibilidade de coligação na proporcional, ou seja, com chapas próprias dos partidos. 


Uma das lideranças do movimento "Mais Mulheres no Poder", Ana Lúcia Rodrigues diz que a obrigatoriedade de chapas próprias na proporcional representou um avanço, pois obrigou os partidos a se organizarem. "Isso significa desenvolvimento do processo democrático. Não basta ser legenda de puxadinho, numa relação clientelista na coligação majoritária [para prefeito]", diz.

Candidata a vereadora pelo PDT, Ana Lúcia comemora o número recorde de inscritos no pleito. Para ela, a ampliação do processo democrático passa pela participação ativa no processo eleitoral. "Isso permite a estruturação e o amadurecimento dos partidos", opina. 

Por conta da pandemia do novo coronavírus (covid-19), a Emenda Constitucional 107 adiou as Eleições de 2020 para novembro. Os dois turnos serão realizados nos dias 15 e 29 daquele mês.






>>> Sobre o Café
>>> Sobre o Jornalista
>>> Cafeinado
>>> Maringá
>>> Política
>>> Economia
>>> Geral
>>> Entrevistas
>>> Artigos
>>> Imprensa

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição. 
Merece:

0 comentário(s):

Postar um comentário