sexta-feira, 28 de agosto de 2020

Hossokawa chama atenção de Jamal por conduta de assessor comissionado

28/08/2020_

Café com Jornalista – Na reta final de uma Legislatura marcada por vários atritos entre os vereadores – com direito a abertura de Comissão Processante contra um deles, por quebra de decoro –, a Câmara viveu, esta semana, mais um triste (e talvez inédito) episódio: o ataque de um assessor comissionado contra um representante eleito do povo. 

Presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia, Flávio Mantovani (Rede) foi o alvo do ataque. Quem saiu em sua defesa, na sessão ordinária desta quinta (27) – durante a apresentação do relatório final da CPI – foi o presidente da Casa, Mário Hossokawa (PP). 

Vereadores de Maringá Mário Hossokawa e Dr. Jamal. Café com Jornalista
Vereadores Mário Hossokawa e Dr. Jamal – Fotos: Arquivo/CMM

"Quero deixar registrado meu repúdio pela divulgação que o assessor do vereador Dr. Jamal fez, chamando até vereador de cachorro. Até vou citar o nome, é o Jota Silva. Não importa se foi de noite, fora de expediente, porque servidor da Câmara é servidor 24 horas", disse Hossokawa, ao chamar a atenção de Jamal para o episódio.
Ainda segundo Hossokawa, o referido assessor desrespeitou os vereadores ao dizer que "a pizza iria demorar", referindo-se aos trabalhos da CPI da Pandemia. "É lamentável o senhor [Jamal], como vereador, permitir que um assessor seu ataque os vereadores da forma tão baixa como ele fez nesse episódio", disse o presidente.

Por ter sido mencionado, Dr. Jamal (PSB) pediu a palavra para dizer que seu assessor, fora do gabinete, "pode fazer o que quiser". Jamal emendou, ainda, uma acusação. "Tem vereador aqui que pagava ele [assessor] por fora. Fico indignado de vocês falarem isso agora", disparou, sem citar nomes.

Hossokawa demonstrou indignação diante da resposta. "Se for desse jeito, ele pode atacar o senhor também, porque não é assessor seu lá fora? É brincadeira o que o senhor está falando. Deixo registrado meu aborrecimento pela forma como o senhor pensa. Não consigo aceitar esse tipo de coisa", comentou o presidente.

Em tréplica, Jamal defendeu seu assessor, dizendo que os demais parlamentares compreenderam errado a situação e que, na verdade, não houve ofensa. "O Flávio defende a causa animal. Ele não chamou os vereadores de cachorro. Vocês que entenderam errado", disse. Mantovani não participou da discussão.

 CPI da Pandemia apresenta relatório final




>>> Sobre o Café
>>> Sobre o Jornalista
>>> Cafeinado
>>> Maringá
>>> Política
>>> Economia
>>> Geral
>>> Entrevistas
>>> Artigos
>>> Imprensa

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição. 
Merece:

0 comentário(s):

Postar um comentário