terça-feira, 14 de julho de 2020

Cafeinado: Brasil mantém média superior a mil mortes/dia pela covid-19

14/07/2020_

A média móvel de mortes por dia pela covid-19 se mantém em níveis preocupantes no Brasil, num platô que está custando a baixar – em parte pela falta de responsabilidade da população, que insiste em descumprir as medidas básicas de prevenção nesta pandemia. Lembra das imagens bizarras dos bares superlotados no Leblon? É isso.

Só nesta segunda (13), a doença respiratória causada pelo novo coronavírus levou mais 770 pacientes a óbito. De acordo com dados do consórcio dos veículos de comunicação (Folha, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo, G1 e UOL), a média móvel de mortes pela covid-19 foi de 1.052 entre os dias 6 e 13 de julho. Poderia ser bem menos, com certeza, se 100% das pessoas usassem máscara ao sair de casa.

Consórcio

Já são 72.921 mortes pela covid-19, com um total de quase 1,9 milhão de pessoas infectadas (21.783 apenas nas últimas 24 horas). Em números absolutos, o Brasil só tem menos casos e mortes nesta pandemia que os Estados Unidos. Os dados do consórcio da imprensa, compilados das secretarias estaduais de Saúde, foi divulgado às 20h.

Ministério

De acordo com o Ministério da Saúde, o total de óbitos é de 72.833, com 733 mortes nas últimas 24 horas. Mais de 1,1 milhão de pessoas já se recuperaram. No boletim epidemiológico do governo, os dados de óbitos e de novos casos no dia seguem divulgados de forma discreta. Veja abaixo (com o destaque em verde).

Boletim Epidemiológico do Ministério da Saúde. Café com Jornalista
Boletim Epidemiológico do Ministério da Saúde

Medicamentos

A Câmara de Comércio Exterior (Camex) zerou o Imposto de Importação de 34 medicamentos usados no combate à covid-19. A resolução foi publicada nesta segunda (13) no Diário Oficial da União. Entre os medicamentos beneficiados pela medida, estão: Ivermectina, Fondaparinux, Varfarina, Nitazoxanida, Edoxabana e Rivaroxabana. No total, já foram zeradas as tarifas de 549 produtos nesta pandemia. O benefício vale até 30 de setembro.

Combustível

Uma notícia boa e outra ruim. A boa: a partir de 3 de agosto, a gasolina vendida do Brasil terá de seguir novas especificações da Agência Nacional de Petróleo (ANP). O objetivo é melhorar o rendimento dos veículos. A notícia ruim: o preço nas bombas, que já está salgado, deve aumentar. Mais um motivo (para quem pode) para ir de bike ao trabalho.

Centrão

Conforme matéria da Agência Brasil, o vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) classificou como um avanço a aproximação recente do governo com o partidos de centro no Congresso Nacional (o chamado Centrão), que podem garantir a construção de uma base legislativa para aprovação de projetos de interesse do Executivo. "O presidente [Bolsonaro] já compreendeu, desde há algum tempo, que em qualquer presidencialismo você precisa ter uma base dentro do Congresso", disse Mourão.

Campanha

O discurso de Bolsonaro nas Eleições de 2018 foi um, mas na prática as ações do governo são bem diferentes. O presidente, que cansou de criticar o "toma lá dá cá" praticado pelo Centrão, agora faz uso desse expediente – com o apoio garantido por meio de cargos no governo. É questão de sobrevivência. Lideranças do governo Bolsonaro sabem que sem o apoio do Centrão as chances de impeachment aumentam... e muito!

Meme

A live de Bolsonaro tomando comprimido da hidroxicloroquina virou meme

E-book

O recém-publicado "Formação Prática do Preço de Venda", novo livro do empresário, palestrante e escritor Gilmar Duarte da Silva, ganhou sua versão de digital. O e-book Kindle foi publicado na Amazon nesta segunda (13) – veja aqui. Gilmar é mais um escritor maringaense a publicar e-book na Amazon.

Edição

O e-book de Gilmar foi editado por este colunista, a partir da versão impressa editada pela jornalista Juliana Daibert e publicada pela Clichetec Gráfica e Editora. Para quem tiver curiosidade, tenho três e-books de crônicas publicados na Amazon: "Orfeu & Violeta", "Quero Café!" e "Nas Curvas de Maringá".  

Messias

Deu o que falar o artigo "Não, essa culpa não lhe cabe, Ulisses Maia", por meio do qual o jornalista Messias Mendes explica por que ele considera que o presidente Jair Bolsonaro tem mais culpa do que os prefeitos pelas dificuldades enfrentadas nesta pandemia. Muita gente mal educada partiu para a agressão verbal. São os imbecilizados de sempre, que não sabem conviver com o contraditório.



>>> Sobre o Café
>>> Sobre o Jornalista
>>> Cafeinado
>>> Maringá
>>> Política
>>> Economia
>>> Geral
>>> Entrevistas
>>> Artigos
>>> Imprensa

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição.
Merece:

0 comentário(s):

Postar um comentário