"Jornalismo é publicar aquilo que alguém não quer que se publique. Todo o resto é publicidade" George Orwell

sexta-feira, 31 de julho de 2020

Movimento por bancada feminina na Câmara reúne 62 pré-candidatas de 17 legendas

31/07/2020_

Das assessorias – Lançado oficialmente em 24 de junho, o movimento "Mais Mulheres no Poder" em Maringá já reúne 62 pré-candidatas de 17 legendas de todo o espectro político-partidário. Essa inusitada união em tempos de intolerância política é possível graças ao foco num objetivo maior: a conquista de uma bancada feminina na Câmara Municipal.

Live do movimento "Mais Mulheres no Poder". Café com Jornalista
Próxima live do movimento será na terça (4) 
Os partidos com mais pré-candidatas ligadas ao movimento são: PDT (10), PSD (9), MDB (5), Rede (5), PT (5), PP (4), PSB (4) e Podemos (4). Das 17 legendas, 15 delas têm duas ou mais integrantes no "Mais Mulheres No Poder".


Quando esta matéria for lida esse número talvez tenha mudado porque, diariamente, o movimento tem recebido a adesão de mais pré-candidatas e o apoio de voluntárias e entidades comprometidas com a causa. São mulheres que desejam mudar a triste realidade de um Legislativo ocupado apenas por homens e sem representatividade feminina.

Veja a lista das pré-candidatas ligadas ao movimento:



Candidaturas laranjas

Por isso, a intenção do movimento suprapartidário não é apenas encorajar as candidaturas femininas, mas dar o devido suporte para que as pré-candidatas disputem de fato o pleito, com o objetivo de ocupar espaços na política. Para lideranças do movimento, esse é o caminho para minimizar o problema das candidaturas fictícias.


Também conhecidas como candidaturas laranjas, estas constituem uma espécie de fraude eleitoral. Para atender à lei que exige a composição da chapa com, no mínimo, 30% de um gênero, muitos partidos lançam candidatas de fachada que, nas urnas, não são votadas. Houve casos em que as mulheres inscritas sequer souberam que eram candidatas.

Iniciativas como a do movimento "Mais Mulheres no Poder", portanto, são importantes para mudar essa realidade. E as lideranças femininas do movimento trabalham para isso com o apoio de voluntárias e entidades.


Próxima live

As candidaturas fictícias, aliás, serão tema da próxima live do movimento. Será na terça-feira (4), às 19 horas, com a participação de seis pré-candidatas a vereadora em Maringá.

Com mediação da professora Ana Lúcia Rodrigues (PDT), a live terá no time de debatedoras pré-candidatas de outros cinco partidos: Kátia Lopes (PL), Elaine Regina (PSB), Vera Lopes (PSD), Cristiane Neme (Pros) e Aline Casado (Rede). 


Professora da Universidade Estadual de Maringá (UEM) há 32 anos; Ana Lúcia é coordenadora e pesquisadora do Observatório das Metrópoles – Núcleo UEM/Maringá.

Kátia Lopes é diretora da Casa Solidária Maringá e missionária há 25 anos; Eliane Regina é advogada há 26 anos; Vera Lopes é servidora municipal e diretora do Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Irmã Antona.

Cristiane Neme é secretária da Comissão de Franchising e membro das comissões de Direito Tributário, de Direito Agrário e de Enfrentamento à Violência de Gênero da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) – Subseção Maringá; e Aline Casado é advogada e professora universitária.

A live poderá ser acompanhada na página do movimento das redes sociais.



>>> Sobre o Café
>>> Sobre o Jornalista
>>> Cafeinado
>>> Maringá
>>> Política
>>> Economia
>>> Geral
>>> Entrevistas
>>> Artigos
>>> Imprensa

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição. 

Duas chapas disputam eleição do Sinttromar

31/07/2020_

Duas chapas estão inscritas para a eleição do Sindicato dos Motoristas Rodoviários de Maringá (Sinttromar). O pleito está previsto para os dias 18, 19 e 20 de agosto de 2020.

Eleições do Sinttromar. Café com Jornalista
 
Pela Chapa 1, denominada “Rodoviários na Luta – A Chapa do Trabalhador”, o presidente Ronaldo José da Silva disputa a reeleição. Pela Chapa 2, “Renovação”, o candidato presidente é Claudivam Leal.

As inscrições ocorreram nos dias 14 e 15 de julho. Cada chapa conta com 22 candidatos, incluindo os delegados juntos à federação. O mandato é de cinco anos.





>>> Sobre o Café
>>> Sobre o Jornalista
>>> Cafeinado
>>> Maringá
>>> Política
>>> Economia
>>> Geral
>>> Entrevistas
>>> Artigos
>>> Imprensa

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição. 

Câmara de Maringá vai empossar bancário Luiz Pereira na sessão de terça

31/07/2020_

Café com Jornalista – O presidente da Câmara de Maringá, Mário Hossokawa (PP), confirmou que o ex-vereador e dirigente do Sindicato dos Bancários de Maringá Luiz Pereira (PP) será empossado no cargo na terça-feira (4), às 9h30. Será a primeira sessão ordinária após o recesso parlamentar. A informação é da assessoria de comunicação da Casa.

Diploma do suplente de vereador Luiz Carlos Pereira. Café com Jornalista
Juíza encaminou à Câmara o diploma de Luiz Pereira
O suplente ocupará a cadeira de Chico Caiana (PTB), que morreu na quarta (29). O vereador sofreu uma parada cardiorrespiratória após complicações de acidente vascular cerebral (AVC) hemorrágico. Velório e sepultamento ocorreram na quinta (30)


Primeiro suplente do PTB nas Eleições de 2016, com 2.235 votos, Pereira se filiou recentemente ao PP. Isso gerou dúvidas se, de fato, ele poderia assumir a cadeira. Há jurisprudência no entendimento de que, nas eleições proporcionais, o mandato pertence ao partido. 

Contudo, Pereira teria trocado de partido durante a janela eleitoral, que permite a migração para outra legenda sem a perda do mandato. Segundo e terceiro suplentes do PTB, respectivamente, Da Silva (1.852 votos) e Pastor Sandro (1.709) fizeram o mesmo.


A quarta suplente do PTB seria a ex-vereador Márcia Socreppa (1.014 votos), que morreu há três anos, aos 62 de idade. Havia a dúvida, portanto, se a cadeira não deveria ser ocupada pela quinta suplente, Maria Isabel Nogueira (915 votos). Se isso ocorresse, ela se tornaria a única vereadora da atual legislatura, dominada por homens. 


A dúvida era tamanha que, entre advogados ouvidos pelo Café, havia tanto quem apontasse que a vaga pertencia a Pereira – apesar da troca de partido – quanto quem afirmasse que a cadeira deveria ficar com Maria Isabel. A incerteza levou a Câmara de Maringá a comunicar oficialmente a Justiça Eleitoral, na quarta, sobre a morte de Caiana e a questionar qual suplente deveria assumir a vaga.


A resposta da Justiça Eleitoral ao ofício da Câmara foi dada no dia seguinte. Parecer da juíza Roberta Carmem Scramim de Freitas, da 66ª Zona Eleitoral, manifestou condolências pela morte de Caiana e informou que a cadeira deve ser ocupada por Luiz Pereira. Em anexo, a juíza enviou o diploma do suplente.

Segundo apurou o jornalista Angelo Rigon junto a advogados, Maria Isabel pode requerer a vaga na Justiça. Por enquanto, com a posse de Pereira, o PP passará a ter duas cadeiras na Câmara. O PTB, que contava com Caiana e William Gentil, perde sua representatividade no Legislativo municipal. Na janela eleitoral, Gentil migrou para o PSB.

 Câmara propõe acordo de R$ 12 mil para indenizar servidora com licença-maternidade interrompida "sem base legal"



>>> Sobre o Café
>>> Sobre o Jornalista
>>> Cafeinado
>>> Maringá
>>> Política
>>> Economia
>>> Geral
>>> Entrevistas
>>> Artigos
>>> Imprensa

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição. 

quinta-feira, 30 de julho de 2020

Lideranças políticas lamentam perda do vereador Chico Caiana, vítima de AVC

30/07/2020_

Café com Jornalista – Familiares, amigos, autoridades e populares – de quem Chico Caiana era tão próximo – se despedem do vereador, que sofreu uma parada cardiorrespiratória, na quarta (29), após complicações de um AVC hemorrágico. O velório ocorre na Câmara Municipal até as 14h desta quinta (30). O sepultamento será no período da tarde, no Cemitério Municipal. 

Vereador Chico Caiana #Luto. Café com Jornalista
Mensagem publicada pelo vereador Mário Hossokawa
Desde a confirmação da morte, lideranças políticas têm prestado homenagens a Caiana e condolências aos seus familiares. O prefeito de Maringá, Ulisses Maia (PSD), decretou luto oficial de três dias. "Caiana teve uma história de vida dedicada à comunidade", comentou Ulisses.


Com a mensagem "Obrigado, Chico (1964 - 2020)", o presidente da Câmara de Maringá, Mário Hossokawa (PP), compartilhou uma nota da Casa que relembra a trajetória do colega. Entre várias causas em prol da comunidade, Caiana foi autor da lei que criou o Restaurante Popular de Maringá, que atende cerca de mil pessoas por dia. 

Vice-presidente da Câmara, Mário Verri (PT) lembrou que o colega estava internado desde sábado (25) e que ele deixou esposa, dois filhos e uma neta. "Nos conhecemos em 2005, quando iniciamos nosso primeiro mandato como vereador", lembrou o petista. "Ele sempre lutou pela população dos conjuntos Guaiapó e Requião, que agora perdem uma liderança importante no Legislativo", acrescentou.

Presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia, da qual Caiana era um dos cinco membros, Flávio Mantovani (Rede) disse que o colega deixará exemplos de boa conduta. "Chico era um homem de bem, pai de família, companheiro de bancada, legislador honrado e preocupado com os menos favorecidos", disse.


Todos os demais vereadores prestaram condolências e cancelaram eventos pré-agendados, em luto pela morte do colega. A reunião da CPI desta semana, que teria oitiva com o secretário Jair Biatto (Saúde), foi adiada. Para evitar a extinção da comissão por falta de quórum – porque vereadores indicados para a quinta vaga se esquivaram da responsabilidade – Caiana se ofereceu para integrar a CPI

Velório de Chico Caiana na Câmara de Maringá. Café com Jornalista
Velório de Chico Caiana na Câmara de Maringá – Foto: Marquinhos Oliveira/CMM
Ex-vereador e hoje deputado estadual, Do Carmo (PSL) também usou as redes sociais para manifestar pesar pela morte de Caiana. "Maringá perde um grande líder, eu perco um grande amigo", escreveu.

A família Barros também se manifestou. "Perdemos um amigo (...), um homem íntegro e que fará muita falta", disse o deputado federal Ricardo Barros (PP). "Que dia triste. Caiana contribuiu muito na resolução de problemas em Maringá, especialmente para os bairros em que tinha uma atuação ainda mais forte", escreveu a ex-governadora do Paraná Cida Borghetti (PP). "Uma grande perda para o município. Que Deus conforte a família para encarar esse momento tão difícil", disse o ex-prefeito Silvio Barros (PP).




>>> Sobre o Café
>>> Sobre o Jornalista
>>> Cafeinado
>>> Maringá
>>> Política
>>> Economia
>>> Geral
>>> Entrevistas
>>> Artigos
>>> Imprensa
* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição. 

Voluntários viabilizam movimento 'Mais Mulheres no Poder'

30/07/2020_

Das assessorias – O movimento suprapartidário "Mais Mulheres no Poder", que já engloba 60 pré-candidatas de várias legendas, vem conquistando novos participantes e apoios a cada dia. Voluntários de diferentes setores e entidades estão se unindo ao movimento na defesa de uma bancada feminina na Câmara de Maringá – atualmente, composta apenas por homens. 


As primeiras adesões foram da cientista social e pesquisadora de contextos digitais Jéssica Cafisso e da jornalista Juliana Daibert. Logo, foram seguidas pela advogada e ativista Naiara Coelho, pela jornalista e historiadora Regina Daefiol e pelo cineasta João Rodrigues Peralta.

Participando das atividades desde o início, Jéssica é responsável pelas transmissões virtuais do movimento, Juliana pela assessoria de imprensa, Naiara responde pela articulação das pré-candidatas, Regina contribui com a divulgação das ações e Peralta assina as produções audiovisuais – sendo a de maior destaque, até o momento, o "Manifesto do Movimento Mais Mulheres No Poder".


Lançado oficialmente em reunião das pré-candidatas, em 7 de julho, e logo divulgado nas redes sociais do movimento, o vídeo de pouco mais de cinco minutos apresenta 43 pré-candidatas engajadas no movimento e as propostas do grupo para a eleição de uma bancada de vereadoras em novembro. Uma semana depois, foi ao ar nova versão incluindo as pré-candidatas impossibilitadas de participar da primeira.

Com a divulgação do manifesto, outras mulheres aderiram ao movimento, entre elas as psicólogas Camila Sabater e Bárbara Dalvanna, que agora estão no time de voluntárias. O vídeo do manifesto já teve 5.200 visualizações no Facebook.

Mais apoios

Entre as entidades que apoiam as mulheres dedicadas ao desafio de efetivar a representatividade feminina na Câmara, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), subseção Maringá, foi a primeira a endossar as ações e propostas do movimento "Mais Mulheres no Poder".


Além de oferecer um curso sobre a atividade parlamentar a todas as pré-candidatas, em agosto, a OAB Maringá dará atendimento e encaminhamento às participantes na pré-campanha e na campanha (especialmente) sobre assédio de qualquer ordem. O Fórum Maringaense de Mulheres, apoiador de primeira grandeza, assina embaixo da proposta que defende mulheres na chefia de 50% dos cargos de primeiro e segundo escalão do executivo municipal.


O mais novo apoio formal vem do Conselho Municipal da Juventude (CMJ). "Para enfrentar essa desigualdade que está posta basta olhar para a bancada atual da Câmara de Maringá. O CMJ deliberou por apoiar o movimento suprapartidário, sinalizando que esse atual cenário precisa mudar. As mulheres devem e precisam estar representadas na Câmara", comenta Fernanda Pires, secretária executiva do CMJ.


Segundo Fernanda, o apoio foi deliberado em reunião realizada no dia 22 de julho e a nota está sendo elaborada pelo grupo de trabalho de comunicação do CMJ. Para ela, os esforços do movimento podem incentivar mais mulheres jovens a se interessar por política.

O CMJ é constituído por 15 cadeiras titulares, sendo cinco governamentais e dez não governamentais. Atualmente, apenas quatro cadeiras titulares são ocupadas por mulheres. Ao menos uma conselheira do CMJ é pré-candidata a vereadora em Maringá.




>>>
>>>
>>>
>>>
>>>
>>>
>>>
>>>
>>>
>>>

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição. 

quarta-feira, 29 de julho de 2020

Cafeinado: Brasil pode ultrapassar 100 mil mortes pela covid-19 em uma semana

29/07/2020_

O Brasil superou, nesta quarta (29), a marca de 90 mil mortes pela covid-19. Nunca é demais lembrar que, por inúmeras vezes, a doença causada pelo novo coronavírus foi tratada como uma simples "gripezinha" pelo presidente "com histórico de atleta" Jair Bolsonaro (sem partido).

São 90.134 óbitos, segundo o Ministério da Saúde, e 90.188 nas contas do consórcio da imprensa. Considerando que a média móvel (soma dos dados nos últimos sete dias, dividida por sete) de contágio vem se mantendo acima dos mil óbitos, levará menos de uma semana para o país superar as 100 mil vítimas fatais da covid-19.

Estados

As unidades da federação com mais mortes por covid-19 são: São Paulo (21.676), Rio de Janeiro (13.033), Ceará (7.643), Pernambuco (6.484) e Pará (5.694). Aquelas com menos falecimentos são: Mato Grosso do Sul (328), Tocantins (364), Roraima (493), Acre (510) e Amapá (449). Detalhes no infográfico abaixo.

Covid-19 nos Estados. Café com Jornalista
Covid-19 nos Estados – Infográfico: Ministério da Saúde

São Paulo I

Foram anotadas 1.595 e 1.554 mortes pelo ministério e pelo consórcio, respectivamente, nas últimas 24 horas. O número não condiz com a realidade porque São Paulo não havia divulgado seus dados na terça (28). Portanto, o número de óbitos desta quarta inclui as últimas 48 horas do Estados mais populoso do Brasil. 

São Paulo II

Só pra aproveitar a deixa do nome próprio, "que faaaaaaase"! O São Paulo foi eliminado pelo Mirassol, por 3 a 2, nas quartas de final do Paulistão. Um verdadeiro vexame no Morumbi. Por causa da pandemia, o time do interior perdeu 18 jogadores, precisando refazer o elenco às pressas. O são-paulino Milton Ravagnani não deve ter curtido.

Vacina

Assunto que não quer (e não pode) calar é a vacina contra a covid-19. Dela depende a volta à normalidade e o longo processo de retomada da economia. A novidade da vez vem da Rússia, que promete ter a vacina pronta para distribuição (para os russos) em duas semanas. A venda para outros países deve ocorrer só em setembro (leia aqui). O Paraná está de olho nessa vacina.

Charge


Caiana

Maringá lamenta a morte do vereador Chico Caiana, de 56 anos, por complicações após um AVC hemorrágico. Parlamentar de causas populares, foi dele o projeto de lei que criou o Restaurante Popular de Maringá. Caiana era figura importante na CPI da Pandemia, por ser o único vereador de oposição na comissão parlamentar de inquérito que investiga supostas irregularidades nos contratos da Saúde.

Despedida

O velório de Chico Caiana (PTB) está marcado para esta quinta (30), das 8h às 14h, na Câmara de Maringá. Serão respeitadas as regras de distanciamento social e o uso obrigatório de máscara. O prefeito Ulisses Maia (PSD), que foi colega de Caiana no Legislativo, decretou luto oficial por três dias.  

Crônica

Gostei muito do texto "Uma Crônica para Chico Caiana", publicada pelo jornalista Victor Simião, que conta três passagens suas com o vereador (leia aqui). Assim como Simião, cobri a Câmara de Maringá por vários anos. Sempre tive meu trabalho, como jornalista profissional, respeitado por Caiana. Essa virtude, que ele tinha, anda muito em falta em políticos mais jovens e até em servidores da Casa, infelizmente. 



Novos refeitórios

A Prefeitura de Maringá anuncia a implantação de três refeitórios populares no Conjunto Ney Braga, Tuiuti e Honorato Vechi. O investimento nas novas unidades deve dobrar a oferta no município de alimentação de alto valor nutritivo com um preço acessível. 

Refeições

As três unidades, juntamente com o Restaurante Popular, servirão em média 2 mil refeições diárias. O convênio entre a gestão Ulisses Maia (PSD) e a Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento (Seab) prevê investimento de R$ 3,28 milhões, sendo R$ 333,8 mil de contrapartida do município.

Em tempo

Meu Palmeiras bateu o Santo André por 2 x 0, no Allianz Parque, avançando no Paulistão. Os quatro grandes tipes do Estado estarão nas semifinais. 






>>> Sobre o Café
>>> Sobre o Jornalista
>>> Cafeinado
>>> Maringá
>>> Política
>>> Economia
>>> Geral
>>> Entrevistas
>>> Artigos
>>> Imprensa

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição.

Banco Central anuncia lançamento da nota de R$ 200

29/07/2020_

Com Agência Brasil – No fim de agosto, a moeda brasileira ganhará uma nova cédula, a de R$ 200. Aprovada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), a nova nota foi anunciada, nesta quarta (29), pelo Banco Central (BC). A tiragem inicial, até o fim de 2020, será de 450 milhões de unidades, equivalentes a R$ 90 bilhões.

Banco Central anuncia lançamento da nota de R$ 200. Café com Jornalista
Lançamento da cécula de R$ 200 está prevista para o fim de agosto
 A cédula de R$ 200 terá como personagem o lobo-guará. A espécie da fauna brasileira havia ficado em terceiro lugar em uma pesquisa realizada pelo BC sobre quais animais em extinção deveriam ser representadas em novas cédulas. 


Diretora de administração do BC, Carolina de Assis Barros disse que o lançamento da nova nota é uma forma de a instituição agir preventivamente para a possibilidade de aumento da demanda da população por papel moeda. "Estamos vivendo, neste momento, um período de entesouramento, efeito derivado da pandemia", explicou Carolina.

Segundo o BC, entre março e julho deste ano, um dos efeitos econômicos da pandemia o novo coronavírus (covid-19) foi o aumento de R$ 61 bilhões no entesouramento de moeda. Em outras palavras, mais notas deixaram de circular porque a população deixou o dinheiro em casa. 


Em entrevista coletiva, Carolina explicou que a imagem da nota de R$ 200 – em fase final de testes de impressão – ainda não está disponível. O lançamento está previsto, segundo ela, para o fim de agosto deste ano.


O anúncio da nota de R$ 200 foi acompanhado de uma apresentação técnica do BC à imprensa (veja aqui). Uma das curiosidade apresentadas é o valor em dólar da maior cédula de algumas das principais moedas correntes. Atualmente, a nota de R$ 100 vale US$ 19, como mostra o infográfico do BC, abaixo.

Quanto valem as maiores notas de outras moedas em dólar. Café com Jornalista
Nota de R$ 200 valerá cerca de US$ 40

 Câmara propõe acordo de R$ 12 mil para indenizar servidora com licença-maternidade interrompida "sem base legal"




A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do