terça-feira, 16 de junho de 2020

Decreto que fecha bares por sete dias entra em vigor nesta quinta

16/06/2020_

Ao assinar o decreto que impôs isolamento parcial durante o feriadão de Corpus Christi, o prefeito Ulisses Maia (PSD) não descartou que novas medidas poderiam ser adotadas caso o quadro da covid-19 em Maringá piorasse. Isso ocorreu, motivando o decreto publicado nesta terça-feira (16) no Órgão Oficial do Município. 

Decreto 862/2020 covid-19. Café com Jornalista
Decreto foi publicado nesta terça (16) no Órgão Oficial do Município
O aumento da taxa de ocupação dos leitos de UTI da taxa de positividade de testes realizados na cidade estão entre os principais argumentos do Decreto 862/2020, que visa a frear o ritmo de contágio pelo novo coronavírus. As medidas restritivas afetam, principalmente, bares e o transporte público. As regras entram em vigor em 18 de junho.

"O objetivo é aumentar a taxa de isolamento e evitar aglomerações como recursos essenciais no combate ao vírus. Permanecem as recomendações para uso de máscara, distanciamento entre as pessoas e higienização frequente das mãos. Não há margem segura de prevenção fora desses protocolos", diz Ulisses Maia. 
As medidas são orientadas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde, da Secretaria Municipal de Saúde. Os dados oficiais apontam que a cidade alcançou a "condição laranja", que significa risco alto de contágio. 


As rescrições previstas no decreto valerão por sete dias a contar da vigência, ou seja, até quinta-feira (25). No entanto, o quadro da covid-19 será reavaliado por técnicos da Prefeitura de Maringá no início da semana que vem, podendo resultar na flexibilização das medidas adotadas ou, ainda, no avanço das restrições. 

Bares

Antes da publicação do decreto, donos de bares se reuniram com o chefe de Gabinete, Domingos Trevisan, para tentar convercer a administração de recuar na intenção de fechar estabelecimentos do setor. Segundo reportagem da CBN, foi alegado que outros setores causam mais aglomeração que os bares, como é o caso do transporte coletivo. 


Poderia ser pior. Comentava-se que o decreto taria uma restrição de 15 dias, e não sete (conforme publicado). Além disso, para amenizar o prejuízo financeiro, a medida adotada pela Prefeitura permite que os bares atendam das 11h às 15h, de segunda a sexta, como serviços de alimentação. 

Permanecem suspensas as seguintes atividades: 1) casas noturnas, pubs, lounges, tabacarias, boates e similares; 2) teatros, cinemas e demais casas de evento; 3) clubes, associações recreativas e afins; 4) áreas de lazer públicas, tais como quadras esportivas, complexos de esporte e lazer, Academias da Terceira Idade (ATIs), pista de skate e complexos esportivos "Meus Campinhos".

Transporte e multas

De acordo com o decreto, os ônibus do transporte coletivo passam a ser obrigados a circular apenas com passageiros sentados. Essa é considerada uma das principais medidas de prevenção adotadas pela Prefeitura, uma vez que as circulares superlotadas contribuem e muito para a disseminação do vírus.


Há várias regras impostas pelo novo decreto, com multas variadas, dependendo do tipo de infração. O aluguel de chácaras para festas, por exemplo, será punido em R$ 10 mil. O uso de ATIs ou do Meu Campinho, porém, em R$ 300. Por isso, o Café recomenda a leitura do decreto na íntegra

Livro Orfeu & Violeta. Amazon. Luiz Fernando Cardoso. Café com Jornalista

A Prefeitura lembra que o artigo 14 do decreto 637, publicado no Órgão Oficial no dia 8 de maio, instituiu o gatilho automático para paralisação de atividades ou lockdown (confinamento total), acionado pela Secretaria de Saúde caso os indicadores de risco alcancem estágio de alerta. "No momento, a situação exige medidas pontuais, e permanece o rígido monitoramento de aglomerações e taxas. Se necessário, vamos ser mais rigorosos", avisa o secretário municipal de Saúde, Jair Biatto.




>>> Sobre o Café
>>> Sobre o Jornalista
>>> Cafeinado
>>> Maringá
>>> Política
>>> Economia
>>> Geral
>>> Entrevistas
>>> Artigos
>>> Imprensa

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.


Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição.

Merece:

0 comentário(s):

Postar um comentário