terça-feira, 19 de maio de 2020

Cafeinado: Com mais de mil mortes em 24h, brincadeira com a covid-19 é inadmissível

19/05/2020_

Pela primeira vez, o Brasil superou a marca de mil mortes pela covid-19 num único dia. Segundo levantamento do Ministério da Saúde, divulgado nesta terça (19), em apenas 24 horas foram 1.179 óbitos decorrentes da doença respiratória causada pelo novo coronavírus. O mais assustador não é o número em si, mas o fato de que, segundo especialistas, esse ainda não é pico da pandemia no país.

Dos 271.628 casos confirmados, 17.971 pacientes morreram de covid-19. Todas essas pessoas eram importantes para alguém, amadas pelos seus. Portanto, quem minimiza as mortes – como é o caso do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) – zomba das vítimas, dos ente queridos das vítimas e dos profissionais da saúde que se expuseram ao risco na tentativa de salvar essas vidas.

Cloroquina x Tubaína

Se você votou em Bolsonaro para presidente, e ainda não se arrependeu, você é conivente com o show de horrores vindo do Planalto. Nesta segunda, em live com o jornalista Magno Martins, o presidente brincou com a questão da cloroquina. "Quem é de direita toma cloroquina. Quem é de esquerda toma tubaína", disse. 

Brincadeira

Deixando de lado a cloroquina (mas lembrando que ainda não há provas científicas de que esse medicamento seja eficaz contra a covid-19), nenhuma brincadeira com a pandemia é admissível num cenário de mais de mil mortes por dia. Bolsonaro poderia ter usado as redes sociais para lamentar pelas vidas perdidas, o que ele não fez.

YouTube

Hoje, ao invés de publicar um meme, convido os leitores a acompanharem a reflexão do professor Marco Antonio Villa sobre o comportamento de Bolsonaro diante desta grave crise. Perto dele, este autor do Cafeinado é extremamente moderado.

Live do Villa, publicada no YouTube nesta terça (19)

Não é brincadeira

O comportamento errático do presidente tem passado uma péssima imagem do Brasil para o mundo. Bolsonaro tem culpa disso? Claro que tem! Nenhum brasileiro tem tanta visibilidade no exterior quanto o presidente da República. Essa propaganda negativa de um líder inconsequente não ajuda em nada. O Brasil corre o risco de ser boicotado por outros países por conta do alto índice de contágio.

Voos para os EUA

Um exemplo vem dos Estados Unidos. Nesta terça, o presidente Donald Trump voltou a afirmar que cogita proibir voos de algums países da América Latina, em especial do Brasil. Essas mil mortes/dia causam receio até mesmo nos países que também não fizeram o dever de casa na prevenção à covid-19, como é o caso dos EUA. 

Trump

"O Brasil está tendo um grande surto. Eles foram por um caminho dirente do da maioria da América do Sul. Quando você olha os gráficos, infelizmente percebe o que está acontecendo com o Brasil", disse Trump, em 28 de abril. Os gráficos dizem realmente muito. Até está terça, a Argentina teve 393 mortes no total e o Uruguai, 20 (segundo a Universidade Johns Hopkins). 

Brazil com "Z"


Maringá

Nos últimos dias, Maringá teve uma disparada nos casos confirmados de covid-19. De acordo com o boletim desta terça, já são 189 casos e seis óbitos na cidade. Isso motivou o prefeito Ulisses Maia (PSD) a baixar um novo decreto, retomando o polêmico toque de recolher e endurecendo as regras para os bares e similares (leia aqui).

Caso emblemático

Entre todos os casos de covid-19 em Maringá, o mais emblemático, certamente, é o do ex-secretário municipal Eudes Januário. Após 50 dias na UTI do Hospital Municipal, ele terá alta nesta quarta-feira. Um tapa na cara de quem critica o Sistema Único de Saúde (SUS). O que seria dos brasileiros na pandemia não fosse o SUS!

Homero

A Rádio Jovem Pan Maringá, o jornalista Angelo Rigon e o comunicador Agnaldo Vieira receberam, na semana passada, os valores de multa aplicada pela Justiça ao deputado estadual Homero Marchese (Pros). Entenda o caso no Blog do Rigon.

Sinttromar

Jornal do Sinttromar
Dirigentes sindicais estão entregando aos motoristas, desde a semana passada, a 3ª edição do Jornal do Sinttromar. Entre os destaques estão as ações feitas pelo sindicato durante o período da pandemia.

Jornal impresso

O jornalista autor desta coluna é especialista em jornais impressos. Precisa publicar um jornal de sua empresa, entidade, sindicato, associação etc? Entre em contato conosco. 

☕ Leia as matérias do especial Maringá 73 anos




>>> Saiba mais sobre o colunista
>>> Veja os destaques dos demais colunistas


>>> Sobre o Café
>>> Sobre o Jornalista
>>> Cafeinado
>>> Maringá
>>> Política
>>> Economia
>>> Geral
>>> Entrevistas
>>> Artigos
>>> Imprensa

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.



Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição.

Merece:

0 comentário(s):

Postar um comentário