quinta-feira, 9 de abril de 2020

Procon alerta para aplicativos falsos usados por golpistas para roubar auxílio de R$ 600

09/04/2020

O governo federal começou a pagar, nesta quinta (9), o auxílio emergencial de R$ 600 a trabalhadores informais de baixa renda e a beneficiários do Bolsa Família. Mães solteiras receberão R$ 1.200 – leia mais sobre o benefício aqui. O pagamento será automático aos inscritos no Cadastro Único de Programas Sociais (CadÚnico) e com conta no Banco do Brasil e ou Caixa Econômica Federal.

Fernando Capez, do Procon de São Paulo, em entrevista à Band – Reprodução
Os demais trabalhadores terão de se cadastrar no aplicativo Caixa Auxílio Emergencial ou no site Auxílio Caixa. É aí que mora o perigo. Golpistas têm usado aplicativos falsos para roubar dados dos beneficiários e sacar o valor do benefício, como releva matéria do programa Band Notícias (vídeo abaixo). Muitos, infelizmente, já caíram no golpe.

Mais de 1 milhão cai no golpe de conteúdo aberto do Netflix no isolamento

O Procon de São Paulo alerta que o governo federal não procura ninguém e não manda link para ninguém via redes sociais. "Os golpistas mandam essas porcarias [APPs falsos] para o WhatsApp da pessoa, que preenche o cadastro. Eles [golpistas] ficam sabendo todos os dados, aí pegam esses dados e repetem no cadastro oficial, dando o número de conta. Aí, a pessoa [beneficiário] perde o dinheiro", explica Fernando Capez, secretário de Deesa do Consumidor de São Paulo.



Leia no Café
☕ Entrevista: "As favelas podem ter a maior tragédia de saúde pública no mundo"
☕ Em meio à pandemia, Maringá reabre indústrias a partir de segunda (13)
☕ Artigo: Coronavírus, inteligência emocional, convivência dentro de casa
☕ Psicóloga da PUCPR dá cinco dicas para a adaptação ao isolamento social



>>> Sobre o Café
>>> Sobre o Jornalista
>>> Cafeinado
>>> Maringá
>>> Política
>>> Economia
>>> Geral
>>> Entrevistas
>>> Artigos
>>> Imprensa

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)


Merece:

0 comentário(s):

Postar um comentário