quinta-feira, 23 de abril de 2020

Proibição dos 'serviços de barba' nas barbearias gera críticas e vira meme

23/04/2020

O Decreto 578/2020, que regulamenta a reabertura de feiras livres, salões de beleza, barbearias e o setor hoteleiro em Maringá, traz uma lista enorme de exigências e restrições para o período da pandemia do novo coronavírus (covid-19). São tantos detalhes que a Prefeitura de Maringá acabou errando a mão numa limitação feita às barbearias: a proibição de fazer a barba.

Decreto proíbe barbearias de fazerem o serviço de barba: virou meme!
Entre os barbeiros consultados pelo Café, ninguém entendeu a lógica da proibição. Cortar cabelo, pode; aparar a barba, não pode. A restrição é tão inusitada que, além de ganhar o noticiário local, virou meme nas redes sociais – como esse aí (acima), elaborado pelo gabinete do vereador Jean Marques (Podemos). 

"Isso mesmo que você leu! 😱", escreveu o vereador (com esse mesmo emotion) nas redes sociais, ao compartilhar o meme. "Autorizar uma barbearia a cortar cabelo e não fazer barba causa confusão e estimula atitudes ilegais por parte do prestador de serviço. Aliás, o nome barbearia, por si só, indica a atividade principal do estabelecimento, que foi liberado, mas acabou não liberado", criticou Marques.

☕ Quórum baixo na Câmara pode travar pauta de votação na pandemia
☕ Veja as notícias publicadas sobre a Câmara Municipal

Barbeiro em uma tradicional barbearia na Avenida Brasil, na Zona 3, Wesley Thomazini diz que a restrição, além de não fazer sentido, prejudica os estabelecimentos do ramo por proibir o principal serviço prestado. "É como liberar o funcionamento de um restaurante, mas proibi-lo de vender comida", comenta.

"Tenho plena convicção de que a contaminação é mais fácil no corte de cabelo do que no procedimento da barba", disse um barbeiro em comentário na postagem do vereador. "Teriam de fazer uma análise com profissionais de cada área e chegar a uma conclusão", sugeriu.

☕ Conheça o melhor lugar do mundo para estar durante a pandemia
☕ Conheça sete sites para verificar se a informação é fato ou fake

De acordo com a assessoria de comunicação da Prefeitura de Maringá, em nota ao portal GMC, a proibição dos serviços de barba está associada ao uso obrigatório de máscara. Segundo a informação, não é possível fazer a barba sem tirar a máscara.



>>> Sobre o Café
>>> Sobre o Jornalista
>>> Cafeinado
>>> Maringá
>>> Política
>>> Economia
>>> Geral
>>> Entrevistas
>>> Artigos
>>> Imprensa

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.



Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição.

Merece:

0 comentário(s):

Postar um comentário