domingo, 12 de abril de 2020

Jornalistas dão dicas de livros para o período de isolamento social

12/04/2020

Especialistas apontam o isolamento social como a melhor maneira de se prevenir contra o novo coronavírus (covid-19), ao menos enquanto não existir uma vacina. A medida – que já se mostrou eficaz em Maringá, segundo estudo de pesquisadores da Universidade Estadual de Maringá (UEM) – contribui para o achatamento da curva de contágio, de modo que as unidades de saúde deem conta do grande número de infectados.



Adotado para salvar vidas, o isolamento social não precisa ser chato. Há várias atividades que podem ser feitas para passar o tempo, como fazer uma bela viagem sem sair de casa. Os livros têm essa capacidade.

Por isso, o Café com Jornalista convidou jornalistas e escritores para apresentarem a você, leitor, sugestões de leitura para o período da quarentena. Cada qual sugeriu dois livros. Atenderam ao chamamento os jornalistas Luiz de Carvalho e Juliana Daibert, ex-repórteres do jornal O Diário; a  escritora Tania Tait, professora aposentada da UEM e estudante de Jornalismo; e o professor de Comunicação e Multimeios da UEM, o jornalista Thiago Ramari (também ex-repórter de O Diário).

A seguir, as dicas do quarteto.

  
Conhecida pelo seu perfil crítico, Juliana Daibert recomenda a obra "Sobre a Morte: invariantes culturais e práticas sociais", com artigos compilados pelo antropólogo francês Maurice Godelier. Outra dica é o livro "Fala de bicho, fala de gente", da linguista Cristina Martins Fargetti, com cantigas de ninar do povo juruna.

Veja aqui o comentário de Juliana sobre os livros.



Graduado em Letras e grande conhecedor de obras clássicas da literatura, Luiz de Carvalho inicia com a recomendação de "O Velho e o Mar", obra-prima do escritor norte-americano Ernest Hemingway. Indica, ainda, a leitura de "O Mito do Empreendedor", do americano Michael Gerber – leitura obrigatória para quem está disposto a empreender. 

☕ Veja aqui o comentário de Carvalho sobre os livros.



Coordenadora da ONG Maria do Ingá – Direitos da Mulher, Tania Tait sugere a leitura de "O Mito da Beleza: Como as imagens da beleza são usadas contra as mulheres", da Naomi Wolf. Outra dica é a do livro "Chiquinha Gonzaga", de Dalva Lazaroni, sobre a história de uma mulher à frente do seu tempo. 

☕ Veja aqui o comentário de Tania sobre os livros.



Jornalista da área de Cultura, Thiago Ramari começa com um livro adequado para o momento de pandemia: "A Peste", do escritor franco-argelino Albert Camus, sobre o reaparecimento da peste bubônica na Argélia. Outra dica é “O Filho de Mil Homens”, livro favorito do jornalista, escrito pelo português Valter Hugo Mãe. 

☕ Veja aqui o comentário de Ramari sobre os livros.





>>> Sobre o Café
>>> Sobre o Jornalista
>>> Cafeinado
>>> Maringá
>>> Política
>>> Economia
>>> Geral
>>> Entrevistas
>>> Artigos
>>> Imprensa

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.



Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição.
Merece:

0 comentário(s):

Postar um comentário