quarta-feira, 29 de abril de 2020

Com MBL, Bolsonaro ultrapassa Collor em pedidos de impeachment

29/04/2020

Com o protocolo feito pelo Movimento Brasil Livre (MBL) na Câmara dos Deputados, segunda (27), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) já acumula 31 pedidos de impeachment em apenas 16 meses de governo. Com isso, o atual mandatário supera o ex-presidente Fernando Collor (Pros), que enfrentou 29 representações em 30 meses de governo.

Congresso Nacional – Foto: Marcello Casal/Agência Brasil
Congresso Nacional – Foto: Marcello Casal/Agência Brasil

"Protocolado o impeachment de Jair Bolsonaro. Agora é protestar contra o presidente e pressionar o Congresso no dia 3, 12h com #ForaBolsonaro", tuitou o deputado federal Kim Kataguiri (), líder do MBL.

Ex-governadora do PR Cida Borghetti testa positivo para a covid-19

Assinado pelo advogado Rubens Nunes, o pedido de impeachment feito pelo MBL é baseado nas denúncias feitas pelo ex-ministro da Justiça Sergio Moro, de que Bolsonaro tentava impedir investigações da Polícia Federal. "Já de algum tempo, ele [Bolsonaro] tem sinalizado não ter compromisso com o combate à corrupção, mas tem compromisso em blindar a própria família e os próprios aliados", disse Kataguiri, em entrevista à Istoé.

Na proporção, Bolsonaro também supera a ex-presidente Dilma Rousseff (PT), contra a qual foram apresentados 68 pedidos de impeachment em 67 meses de governo, segundo levantamento do portal Terra. Na média, Bolsonaro tem 1,93 pedidos por mês de governo, contra 1,01 pedidos/mês de Dilma.

Em entrevista ao UOL, Collor comentou a situação atual.. O ex-presidente diz crer que Bolsonaro sofrerá o impeachment, com dúvida sobre a origem: Congresso Nacional ou Supremo Tribunal Federal (STF).





>>> Sobre o Café
>>> Sobre o Jornalista
>>> Cafeinado
>>> Maringá
>>> Política
>>> Economia
>>> Geral
>>> Entrevistas
>>> Artigos
>>> Imprensa

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)



A página do Café no Facebook superou a marca de 3.000 curtidas na Sexta-feira Santa, em 10 de abril, graças aos leitores assíduos que apoiam o blog. Para ser informado sobre novas matérias publicadas, curta você também e convide seus amigos para curtir. Clique aqui.



Para receber as últimas notícias do Café com Jornalista no seu WhatsApp é muito fácil. Basta enviar para o número acima a mensagem "Quero Café", informando seu nome e sua cidade de origem. Seu número será, então, adicionado a uma lista de transmissão dos seguidores do blog. A qualquer momento, você poderá cancelar a inscrição.

0 comentário(s):

Postar um comentário

Editor

Minha foto
Graduado em Jornalismo e pós-graduado em Jornalismo Digital, o editor do Café com Jornalista tem 20 anos de experiência na profissão. Especialista na cobertura de política, o jornalista trabalhou nos jornais Diário do Sudoeste, Jornal de Beltrão, Diário do Norte, O Diário de Maringá e Notícias do Dia, onde foi editor-chefe. Foi estagiário na Deutsche Welle (DW), em Bonn (Alemanha), e colaborador da Folha de S.Paulo e Gazeta do Povo. É escritor autor de três e-books: Orfeu e Violeta, Quero Café! e Nas Curvas de Maringá (pesquise na Amazon). Siga no Twitter: @LF_jornalista