terça-feira, 17 de março de 2020

Na última sessão aberta ao público, vereadores votam 14 projetos de lei e 19 requerimentos

17/03/2020

As sessões ordinárias da Câmara, realizadas às terças e quintas, às 9h30, não serão interrompidas por conta do novo coronavírus, porém, o acesso ao plenário ficará restrito aos vereadores, servidores da Casa e profissionais da imprensa. A medida preventiva é válida por 30 dias, a contar desta quarta (18).

Câmara Municipal: sessões poderão ser acompanhadas pelas redes sociais – Foto: Luiz Fernando Cardoso/Arquivo 
A portaria assinada pelo presidente da Câmara, Mário Hossokawa (PP), e pelo primeiro secretário, Sidnei Telles (PSD), inclui na restrição de 30 dias o cancelamento de homenagens de qualquer natureza e o cancelamento de reservas do plenário feitas por terceiros e suspensão de novas reservas. Nesses casos, as restrições começam já nesta terça (17).

Janaína e Reale Júnior questionam permanência de Bolsonaro na presidência

O documento também recomenda, pelo mesmo prazo, que os atendimentos prestados pelos gabinetes sejam feitos, preferencialmente, via internet ou telefone. O objetivo é evitar a grande circulação de pessoas no prédio do Legislativo municipal.

Nesse período, os eleitores poderão acompanhar as sessões pelas redes sociais da Câmara, que faz transmissões ao vivo pela sua página no Facebook e em canal no YouTube. Abaixo, por exemplo, o vídeo da sessão de quinta (12).


Pauta
A sessão ordinária desta terça (17), portanto, será a última da Câmara antes do início das restrições. Na ordem do dia estão 14 projetos de lei e 19 requerimentos. Entre os destaques estão o projeto que regulamenta o compartilhamento de bikes e patinetes e o projeto que trata da implantação de um sistema on-line para indicação de condutor infrator e apresentação de recursos de multas.





>>> Sobre o Café
>>> Sobre o Jornalista
>>> Cafeinado
>>> Maringá
>>> Política
>>> Economia
>>> Geral
>>> Entrevistas
>>> Artigos
>>> Imprensa

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)


Merece:

0 comentário(s):

Postar um comentário