quinta-feira, 19 de março de 2020

Sindicato fala em greve no transporte coletivo se não forem adotarem medidas de proteção aos motoristas

19/03/2020

Do Sinttromar – O Sindicato dos Motoristas Rodoviários de Maringá (Sinttromar) cobrou das empresas TCCC (transporte urbano) e Cidade Verde (metropolitano) medidas efetivas de proteção aos motoristas diante do avanço do novo coronavírus. As exigências foram feitas em reunião na Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob), nesta quarta (18), com o secretário da pasta, Gilberto Purpur, e com representante das concessionárias.

Reunião na Semob, nesta quarta (18) com o Sinttromar e empresas que operam o transporte público em Maringá – Foto: Luiz Fernando Cardoso/Café com Jornalista
Reunião na Semob, nesta quarta (18) com o Sinttromar e empresas que operam o transporte público em Maringá – Foto: Luiz Fernando Cardoso/Café com Jornalista 
Lideranças sindicais criticaram as ações tomadas pelas concessionárias, como a colocação de apenas quatro pessoas no Terminal Intermodal para fazer a higienização de mais de 130 ônibus. “Isso não é o suficiente, não é medida efetiva coisa nenhuma”, reclamou o dirigente Emerson Viana Silva. “Tem de ter mais respeito com o bem humano. Se não tiver isso, vai ter paralisação sim”, acrescentou.

Procon fecha duas farmácias por venda de álcool em gel a preços abusivos

A reunião foi motivada por demandas levadas ao sindicato pela categoria, que tem reclamado por ter de trabalhar de forma insegura. Até esta quarta, segundo o Sinttromar, o álcool em gel ainda não havia sido disponibilizado para os motoristas.

O Sinttromar reivindicou:

- Frasco de álcool em gel 70° para cada motorista;
- Mais profissionais no terminal para a limpeza e higienização dos ônibus, entre as viagens;
- Disponibilização de máscaras para ampliar a segurança;
- Redução da frota, com desativação temporária das linhas desnecessárias, como aquelas que atendem as instituições de ensino (sem aulas);
- Dispensa do trabalho dos motoristas que façam parte do grupo de risco;
- Reuniões periódicas para avaliar a situação.

Encaminhamentos
O representante da empresa se comprometeu a levar as reivindicações à diretoria da TCCC e Cidade Verde. Purpur, por sua vez, deu esclarecimentos sobre ações adotadas pelo governo municipal, como o fechamento do comércio a partir desta sexta-feira (20), com manutenção apenas dos serviços considerados essenciais.

Janaína e Reale Júnior questionam permanência de Bolsonaro na presidência

Ficou acertada uma nova reunião nesta sexta (20), na sede do Sinttromar, entre dirigentes sindicais e as empresas TCCC e Cidade Verde. No encontro, representantes das concessionárias informarão sobre as medidas adotadas a partir das reivindicações do sindicato. Na terça-feira, já com o comércio fechado e as aulas interrompidas, uma nova reunião entre Semob, Sinttromar e empresas analisará a frota necessária para atender a população.



>>> Sobre o Café
>>> Sobre o Jornalista
>>> Cafeinado
>>> Maringá
>>> Política
>>> Economia
>>> Geral
>>> Entrevistas
>>> Artigos
>>> Imprensa

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)

Merece:

0 comentário(s):

Postar um comentário