terça-feira, 24 de março de 2020

Conheça o melhor lugar do mundo para estar durante a pandemia do novo coronavírus

24/03/2020

Poucos lugares do planeta seguem livres da Covid-19, um vírus da família do coronavírus que causa infecções respiratórias (graves em idosos e pessoas com saúde debilitada). Altamente contagioso, o novo vírus foi descoberto em 31 de dezembro de 2019, com os primeiros casos na China se multiplicando e se espalhando rapidamente pelo mundo.

Placa em Tristão da Cunha apresenta a localidade como a ilha mais isolada do mundo
Placa em Tristão da Cunha apresenta a localidade como a ilha mais isolada do mundo
Em 11 de março, com casos em todos os continentes e milhares de mortes, a Organização Mundial da Saúde (OMS) decretou pandemia da doença. Apesar das medidas tomadas para evitar o avanço da Covid-19, a circulação global de pessoas facilitou a ação do vírus. Por isso, apenas lugares remotos seguem descontaminados.

Um desses lugares é a Tristão da Cunha, um pequeno arquipélago pertencente ao território ultramarino britânico de Santa Helena, Ascensão e Tristão da Cunha. A localidade conta com menos de 300 habitantes, sendo sua capital, Edimburgo dos Sete Mares, a cidade (uma vila, na verdade) mais isolada do mundo.

Não é fácil chegar a esse arquipélago do Atlântico sul. Acessada apenas por barco (não há aeroporto), Tristão da Cunha fica distante 3.550 km da América do Sul e 2.800 km da África. As embarcações partem de Cidade do Cabo (África do Sul) a Edimburgo dos Sete Mares, poucas vezes por ano, numa viagem que leva mais de seis dias (quase 15, em ida e volta). Contudo, a autorização para estrangeiros visitarem a ilha pode levar um ano para sair.

Tristão da Cunha: distante 3.550 km da América do Sul e 2.800 km da África
Tristão da Cunha: distante 3.550 km da América do Sul e 2.800 km da África
Tudo isso faz de Tristão da Cunha o melhor lugar do mundo para escapar do novo coronavírus. Os moradores de lá, na verdade, vivem geração após geração em isolamento. Nem o coronavírus conseguiu chegar ao arquipélago. E para evitar que chegue, as autoridades locais decidiram, em 16 de março, impedir o desembarque de passageiros nos navios de carga que chegam à ilha. A notícia pode ser lida aqui, em inglês.

Entenda o quão o arquipélago de Tristão da Cunha é isolado no vídeo do canal Mundo Desconhecido. O documentário apresenta a capital como sendo "Emburgo" dos Sete Mares, mas o nome correto é Edimburgo. Confira:


☕ Livro com minicontos de todo o País inclui texto de Maringá
☕ Janaína e Reale Júnior questionam permanência de Bolsonaro na presidência
☕ Bolsonaro revoga suspensão de salários por quatro meses
☕ Maringaense na Itália: "Não há lugar para todos nos hospitais"
☕ Adiamento das Eleições 2020 é cogitada no Congresso
☕ Novo coronavírus: entenda a diferença entre Covid-19, resfriado e gripe
☕ Postura de Bolsonaro frente à pandemia rende sete pedidos de impeachment


>>> Sobre o Café
>>> Sobre o Jornalista
>>> Cafeinado
>>> Maringá
>>> Política
>>> Economia
>>> Geral
>>> Entrevistas
>>> Artigos
>>> Imprensa

* Matérias e opiniões publicadas no Café com Jornalista estão compreendidas pela atividade jornalística e amparadas pela liberdade de imprensa e de expressão. (Do editor)


Merece:

0 comentário(s):

Postar um comentário