quinta-feira, 5 de março de 2020

Cafeinado: Bolsonaro usa humorista para se esquivar de perguntas sobre PIBinho

05/03/2020

É de autor desconhecido a frase "Nada é tão ruim que não possa piorar". Ela pode ser aplicada, perfeitamente, a duas situações envolvendo o governo federal nesta quarta (4): a desaceleração da economia e postura do presidente Jair Bolsonaro diante do fato.

No primeiro ano do governo Bolsonaro (sem partido), o Produto Interno Bruto (PIB) fechou com crescimento pífio de 1,1%. Considerando a série histórica do IBGE, o desempenho da economia brasileira, em 2019, ficou abaixo da marca de 1,3% registrada nos dois anos anteriores, durante o governo do ex-presidente Michel Temer (MDB). 

O crescimento do PIB é fundamental, por exemplo, para a retomada do emprego. É assunto sério, mas foi tratado com desdém por Bolsonaro. Ao invés discutir os dados do PIB com a maturidade que se espera de um presidente, o ex-deputado se esquivou do assunto, levando um humorista para responder aos questionamentos da imprensa. O papel de bobo da corte coube ao comediante Carioca, da TV Record.

Carioca e Bolsonaro, no lamentável episódio com a imprensa. Ao fundo, seria aquele o deputado federal Sargento Fahur (PSD) ou é apenas um sósia?
Alvorada
Fantasiado de Bolsonaro, usando faixa presidencial, Carioca deu bananas aos jornalistas que aguardavam uma palavra do presidente, no Palácio da Alvorada, na manhã desta quarta (4). Sem comentar o assunto, Bolsonaro era só risos, em seu corpo de 64 anos e mentalidade de 15. Tratou de seu PIBinho como se fosse uma piada de botequim. Alguns jornalistas deram as costas ao presidente diante do ridículo.

PIB em 2020
O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que o PIB de 1,1% não foi uma surpresa e que reformas levarão o índice a mais de 2%, este ano. Pode ser que a previsão do ministro se materialize, mas, diante dos fatos, eu apostaria que isso é pouco provável. De que forma o comportamento juvenil do presidente pode ajudar a pacificar o país e a atrair investimentos externos?

Repúdio
O Sindicato dos Jornalistas do Distrito Federal repudiou a atitude de Bolsonaro em relação aos profissionais do jornalismo. "Ao transformar jornalistas em alvos de chacota, o presidente Jair Bolsonaro desrespeita não somente os profissionais da imprensa, mas também a própria população que ele governa – que depende do trabalho do jornalista para se informar sobre as ações do governo". Leia a nota.



Impeachment
Vai crescendo aos poucos o percentual de eleitores simpatizantes ao impeachment de Bolsonaro. Culpa do presidente, que não mede esforços para arruinar a imagem de seu governo e dele próprio. Na Folha de S.Paulo, em 21 de fevereiro, Hélio Schwartsman comentou que "não seria difícil enquadrá-lo em vários artigos da lei nº 1.079, que regula o impeachment".

UBS Maringá Velho
O vereador Flávio Mantovani (PPS) gravou vídeo com o prefeito Ulisses Maia (PDT) no qual pergunta sobre a demolição do antigo prédio da Unidade Básica de Saúde (UBS) do Maringá Velho. Ulisses confirmou a demolição e afirmou que, em breve, será feita licitação para a construção do novo prédio do posto de saúde daquele bairro.

Bravin nervoso
Na sessão ordinária de terça-feira (3), Belino Bravin (PP) criticou a falta de viaturas e de policiamento no distrito de Floriano, citando casos de assalto à mão armada. Visivelmente nervoso, o vereador criticou o comando local da Polícia Militar e disse que, quando Cida Borghetti (PP) era governadora, a situação estava melhor. "A culpa cai sempre no vereador, mas eu não sou policial", reclamou.

Olha o coração!
Após as críticas, o presidente da Câmara, Mario Hossokawa (PP), lembrou que, na sessão anterior, Bravin já havia se exaltado ao tecer críticas ao Conselho Municipal de Planejamento. "Vossa excelência tem de tomar cuidado com o coração, não pode ficar nervoso desse jeito não", disparou Hossokawa, com um sorrido niponicamente discreto.

Câmara
Na sessão ordinária desta quinta (5), a partir das 9h30, a Câmara Municipal votará, em segunda discussão, a regulamentação do compartilhamento de bicicletas e patinetes na cidade. São aguardadas emendas ao projeto dos vereadores Sidnei Telles (PSD) e Onivaldo Barris (sem partido) que, caso sejam apresentadas, demandariam uma terceira discussão, na terça (10).

Ela voltou!
A atriz Maria Bopp – esse blend de beleza, inteligência e humor crítico – publicou o segundo vídeo do seu (ainda) discreto canal no YouTube. Depois do estrondoso sucesso do "Bogueirinha do fim do mundo" (assista aqui), ela repete a dose em "Skincare do fim do mundo", novamente com críticas ao atual governo e seus apoiadores.



Verdão
O Palmeiras dos jornalistas Rogério Fischer e José Pedriali e da apresentadora Ana Maria Braga começou com o pé direito na fase de grupos da Libertadores. Na Argentina, na noite desta quarta (4), bateu o modesto Tigre por 2 a 0. Para os mais otimistas, esse foi o primeiro passo do clube paulistano rumo ao bi da Libertadores e do Mundial de Clubes.




>>> Sobre o Café
>>> Sobre o Jornalista
>>> Cafeinado
>>> Maringá
>>> Política
>>> Economia
>>> Geral
>>> Entrevistas
>>> Artigos
>>> Imprensa


Merece:

0 comentário(s):

Postar um comentário